Fitoterapia,  Uncategorized

BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE ALHO EM CÁPSULAS E CRU

Óleo de alho

óleo de alho, suplemento nutricional muito popular, tem sido produzido nos últimos 80 anos. Misturado com óleo vegetal – oléo de alho cru – ou sendo processado em forma de cápsulas de óleo de alho.

Possui rica composição de vitaminas A1, B2, B6, C, aminoácidos, adenosina, enzimas e sais minerais como ferro, selênio, silício e iodo, além de alicina, ajoeno e outros compostos. Também é rico em antioxidantes, substâncias que combatem os radicais livres e previnem contra o aparecimento de vários tipos de doenças.

O alho tem sido usado pelo homem há séculos como um remédio natural para uma variedade de problemas médicos, tais como infecções respiratórias, problemas intestinais, doenças de pele e vermes.

Durante as guerras, o alho foi utilizado para o tratamento de feridas e para combater infecções, por meio de aplicação direta.

O óleo de alho cru é feito do alho picado, amassado e marinado em óleo vegetal por pelo menos 24 horas.

O outro método de produzir o óleo de alho é retirando o óleo natural do alho por meio de destilação a vapor. Já a vantagem de se preferir tomar cápsulas de alho se dá justamente pelo fato de que o “bafo de alho” é praticamente inexistente neste caso.

O alho e seus subprodutos são famosos por seus benefícios de saúde.

Benefícios do óleo de alho

O alho ajuda a regular o colesterol, reduzindo os níveis de LDL – o mau colesterol – e aumentando os níveis de HDL – o colesterol bom – fator importante para quem pretende emagrecer, além de beneficiar o sistema imunológico e oferecer proteção contra doenças cardíacas, reduzindo o risco de ataques cardíacos e derrames, fator de risco principalmente para pessoas com sobrepeso. 

O consumo em forma de cápsulas pode evitar problemas de indigestão, que podem ocorrer em algumas pessoas que consomem o alho fresco.

Ambas as variantes do óleo de alho possuem seus próprios benefícios medicinais. O óleo de alho derivado do método de destilação a vapor – alho em cápsulas – contém DADS e DATs (sulfetos antioxidantes).

Os sulfetos contém algumas propriedades antibióticas, ajudam a combater o câncer e fortalecer o sistema imunológico. Esses sulfetos são distribuídos por todo o corpo pelo sistema linfático.

O óleo de alho decorrente do método da marinação não contem muitos sulfetos antioxidantes como as cápsulas de alho, mas em contrapartida, possui grandes quantidades de propriedades antibióticas, assim como uma forte capacidade de inibir a formação de coágulos sanguíneos, devido ao composto químico conhecido como ajoene.

O óleo de alho em forma líquida também proporciona benefícios para o sistema circulatório, além de ajudar o coração.

O óleo de alho possui a capacidade de prevenir o desenvolvimento de tumores. É especialmente eficaz contra o desenvolvimento dos cânceres de próstata e estômago.

Realizado nos Estados Unidos, o “Estudo Iowa de Saúde da Mulher” monitorou 41 mil mulheres e seu consumo de alho. As mulheres que tomaram alho apresentaram 35% de chance menor de contrair cancro do cólon.

Contraindicações e efeitos colaterais do óleo de alho

O consumo de suplementos de alho em combinação com o uso de alguns remédios diluentes de sangue, como a aspirina, pode causar efeitos colaterais adversos, vez que o alho é um afinador natural do sangue, sendo recomendado a cessação imediata do uso ao qualquer sinal aparecimento de sintoma adverso.

O grande perigo da fabricação e consumo do óleo de alho caseiro é que a toxina do botulismo pode se desenvolver no alho cru quando o óleo é armazenado de forma inadequada por longos períodos de tempo.

Fonte: http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/oleo-de-alho-beneficios.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »