Espiritualidade,  Uncategorized

Canalização “A Mônada”

E assim se fez LUZ e o Homem

“Tudo o que existe na terra começou por existir, em estado etérico, no sol. Com efeito, os quatro elementos formaram-se por condensações sucessivas.

No começo, existia o fogo. A partir do fogo, formou-se o ar, a partir do ar formou-se a água e, a partir da água, a terra. Ora, o sol é uma das inúmeras formas do fogo e, portanto, é nele que se encontram, no estado subtil, todos os elementos que formaram a nossa terra e os nossos planetas.

Foi ao afastarem-se do sol que eles se condensaram.

Todas as substâncias minerais ou vegetais que há na terra já existem, pois, em estado subtil no sol.

E a questão que se nos coloca é a de, concentrando-nos no sol, conseguirmos captar na sua pureza original todas as substâncias de que necessitamos para o nosso desenvolvimento físico, psíquico e espiritual.

Aqueles que as procuram somente em baixo, no plano físico, sem fazerem qualquer esforço para se elevar, não ganham nada no plano espiritual.

Mas, se fizerem um trabalho pelo pensamento para irem procurar esses elementos na origem, receberão o alimento dos deuses: a Ambrósia.”

Este excelente texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov relembra-nos a nossa origem enquanto seres humanos.

Todo o projeto humano desenhado para habitar o terceiro planeta do Sistema Solar, algures na periferia da Via Látea uma das inúmeras galáxias que fazem parte do nosso Universo a que alguns chamam de Nebadon.

Assim, o autor explica-nos de forma sublime, que somos todos filhos das estrelas.

Cientificamente hesite a mesmo a teoria de que todos os átomos e moléculas que formam as diferentes substâncias do Mundo material são constituídas a partir das estruturas atômicas mais simples como as do hidrogênio e do hélio que predominam nas explosões constantes de energia de fusão e cisão termonuclear que anima a nossa estrela – o Sol.

Porém, não nos devemos esquecer que toda a energia tem como característica base a dualidade onda/partícula que a física e a mecânica quântica têm vindo a revelar.

Neste domínio quântico, tudo quanto existe tem como base uma intensidade, uma vibração (caracterizada pela frequência e fase) e um significado/consciência.

A vida é pois isso mesmo.

Uma consciência que toma a forma dos elementos base de que fazem parte das estrelas, usando as suas estruturas mais densas que existem nos Planetas.

O ser humano é um projeto de engenharia ousado no contexto de todo o Universo, na medida em que goza do livre arbítrio criacional tal como o seu criador.

Daí se referir em todas as religiões que o ser humano foi criado e concebido à semelhança de Deus.

Mas isso dá-nos uma responsabilidade muito maior pois enquanto criadores as escolhas e as obras que fazemos no mundo material determinam e ecoam em toda a eternidade e por todo o Universo.

O autor do texto revela-nos mesmo no final do seu texto, de como os pensamentos são tão importantes em todo o processo evolutivo em que todos estamos envolvidos.

Deixa-nos mesmo comprometidos com a necessidade de tomarmos consciência de quem verdadeiramente somos a partir da nossa origem, enquanto Deus manifestando-se na materialidade através do que nós somos.

Todos nós somos uma Divina Presença. Uma energia de AMOR e LUZ.

Por isso sintam-se sempre muito amados e deixem fluir essa energia amorosa em tudo o que fizerem, para que se concretize na Terra o Plano Divino Original Crístico.

Fiquem bem…

(A Mônada)

http://nave-azul.blogspot.com/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »