Alimentação,  Uncategorized

Cardamomo

cardamomo

O cardamomo é uma especiaria da família do gengibre muito utilizada na culinária asiática e que possui diversas outras utilidades, além de dar aroma e sabor. Originário do sul da Índia, essa especiaria é considerada um dos mais nobres dos temperos, mas também possui propriedades medicinais.

Quer saber mais? Então confira nosso texto a seguir.

Origem do Cardamomo
Pertencente a família das zingiberáceas, que também está relacionada ao gengibre e a cúrcuma, e é originária da Costa de Malabar, localizada na região sudoeste da Índia, conhecida como a região mais condimentada do mundo. A descoberta desta especiaria tão saborosa ocorreu na época das rotas de exploração do Oriente e sua popularização no mundo ocidental deu-se através do cultivo do cardamomo nos mosteiros na Idade Média.

Como consumir
Pode ser encontrado em casas de temperos, empórios e mercados e o ideal é que ele seja comprado in natura, ou seja, na sua forma original de semente. Suas sementes são envoltas por uma casca, que deve estar bem conservada no momento da compra, sem manchas, furos ou deteriorações, para assegurar que a semente esteja em bom estado, preservando seu aroma e sabor.

Não há uma regra específica sobre o consumo, podendo ser utilizado com ou sem sua casca, inteiro ou moído, na forma de pó ou na forma de óleo, tostado ou seco. Uma boa recomendação é sempre optar pela compra do cardamomo em semente, e não em pó, para evitar a perda do aroma e do sabor e eventuais misturas com outras especiarias que podem encarecer o produto e resultar em um tempero que não seja inteiramente composto desta especiaria.

Uso na culinária
Possui um sabor forte e adocicado, com toques refrescantes e apimentados, o que faz com que ele seja um tempero ideal para diversas receitas doces e salgadas, ou até mesmo em bebidas como café, chá e chocolate quente.

Por ter um sabor marcante e peculiar, é recomendada prudência na sua utilização para não deixar que a receita tenha um gosto predominantemente marcado pelo cardamomo. Nos pratos doces, vale experimentar a mistura entre o cardamomo e a baunilha, para equilibrar seus toques apimentados, e também com a canela, que acentuará o seu lado doce e refrescante.

Combina com o que?
O sabor combina com bolos e doces que levam frutas cítricas, como lima, laranja e limão, ou frutas como a manga, pera e maçã. É claro que o importante na culinária é experimentar outros sabores, então vale a pena se arriscar e diversificar o uso utilizando outras frutas.

Ainda no lado doce da culinária, essa especiaria dá um toque especial a cremes, sorvetes, iogurtes, pudins e bolos cremosos, além de tortas e biscoitos. Já no lado dos salgados, um toque de cardamomo em uma marinada para carnes, frango e frutos do mar pode fazer toda a diferença e dar aquele sabor e aroma extras que estavam faltando.

Uso medicinal
Esta especiaria tem diversas finalidades medicinais e pode ser utilizada tanto para o tratamento de infecções bucais que influenciam na saúde dos dentes, da gengiva e da garganta, quanto para o tratamento de doenças das vias respiratórias como gripes, congestão pulmonar e resfriados ocasionais, bastando consumir uma pequena colher para prevenir e combater estas doenças.

Mas suas propriedades medicinais não se limitam a estas. Possui grande efeito digestivo, auxiliando no combate a dores estomacais, intestino preso, disenteria e outros problemas relacionados ao trato digestivo.

Se quiser, clique no banner abaixo e veja gratuitamente a vídeo aula de uma receita incrível do nosso Chef Cássio Prados: Dadinhos de Salmão com Gergelim Negro! Aprenda a fazer esse prato agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »