REVISÃO DE JULHO

Julho teve o foco de integrar o Tempo. É parte deste Ano do Soberano Empoderado, quando nos movemos para uma nova espiral de empoderamento que apoia a Ascensão da Humanidade para uma espécie mais conectada e consciente. A compreensão de seu poder com o tempo é do que se trata o domínio da expressão da quarta dimensão (um subconjunto da quarta densidade).

Areon, do Conselho Lyriano do Tempo, diz que o tempo responde a nós e através de nós.

Há leis físicas e leis sutis que nos afetam.
As leis físicas são o que vemos como o efeito “imutável” do tempo.

Por exemplo: horas/dias/estações – o efeito do movimento ao redor do sol. Seu reino sutil é o seu reino interior. Sua ponte sutil – como você se conecta diretamente com o reino sutil – são os seus pensamentos e emoções. Sua ponte sutil responde e interage com o campo da vida, criando invisivelmente o futuro. Porque é sutil, é mutável, mas não pode ser controlado e manipulado como o reino da forma.

Seu momento atual tem o passado e o futuro nele, assim, estar totalmente presente e empoderado, faz fluir fortemente a sua energia em seu momento. Coisas como o medo, o drama e o caos podem tirar um de seus poderes, tirá-lo do seu momento atual.

Esta é a diferença entre desperto e adormecido, empoderado ou incapacitado. Quando você ancora no seu presente, você é capaz de se conectar mais consciente e claramente com a sua ponte sutil.

O verdadeiro trabalho é sempre o seu trabalho interior. É o que determina como você utiliza e responde às experiências externas como os eclipses, influxos, transmissões, portais…

E temos algumas dúzias chegando. Tempo para navegar!

ENERGIAS DE AGOSTO

Agosto é um período poderoso a cada ano, já que a energia de Leão nos inflama em uma fase nova e ardente. Espero que todos tenham um Leão a quem amem em sua vida – eles são mágicos. Na maioria das vezes. Como todos os signos. Temos uma astrologia realmente arrojada nestes tempos, com uma lua negra em Leão, uma série de eclipses que atravessa os Estados Unidos.

Foi-me mostrado uma luz passando rapidamente por toda a Terra e tocando por um segundo alguns lugares, reunindo um impulso com outras luzes, dividindo-se, reunindo um novo impulso. Durante esta visão eu ouvi: “Inflame a sua Alma”. Este é um momento de foco poderoso em sua energia do que você deseja criar em seu futuro.

Areon esteve pregando por algum tempo sobre “Levar a SUA energia ao mundo”. Você é Vida, você tem em seu interior uma centelha poderosa da criação. Use o seu foco para orar pelo futuro da humanidade, você tem uma promessa! A partir dos seus desejos, suas ações serão inspiradas enquanto você participa com os seus momentos desta clareza do que você deseja.

Agosto amplia isto.

ASSISTÊNCIA ANIMAL

Quando estávamos filmando as energias de Agosto, tivemos duas mensagens de animais. A primeira foi a libélula. Ela voou perto de onde estávamos filmando o tempo todo. A mensagem da Libélula é: “O Poder da Luz.” Use a imaginação criativa como uma força em sua vida. A Libélula traz o brilho da transformação e a maravilha da nova visão colorida.

Quando eu terminei a última palavra do vídeo, ouvi um grito. Era um falcão. Falcões não gritam continuamente (exceto quando eles são jovens), assim foi especial ouvir. A mensagem do Falcão é: “O Poder Visionário e a Tutela”. “Ele contém as chaves para níveis mais elevados de consciência. Desperta a nossa visão e nos inspira para um propósito de vida criativo.”

Uau! Que mensagem perfeita do reino animal!

Ambas as mensagens dos animais foram extraídas da “Linguagem dos Animais” por Ted Andrews.

“Os mansos que herdarão a Terra” (Aqueles que são suficientemente fortes em seu interior para operar a partir da compaixão e do equilíbrio, em vez do domínio devido ao medo) começam desta maneira.

Os compassivos rugem o seu Amor silencioso nos éteres. Eles participam de estruturas que estão fora do equilíbrio, de uma forma consciente e equilibrada e eles as mudam a partir do interior, bem como com o seu poderoso foco do Amor.

Inflame a sua alma em Agosto!

INFLAME AS ENERGIAS DE AGOSTO

Os Eclipses nos oferecem uma reposição da energia.
Eles são focos poderosos de duas energias poderosas para nós: o sol e a lua.

Os dois opostos que nos conduzem dia e noite, de modo que nos conectemos com o exterior e o interior, honrando a plena extensão do mecanismo dual da vida, tal como o criamos. Os Eclipses ocorrem em pares de signos opostos. O Eclipse lunar em 7 de Agosto, está em Aquário. O Eclipse Solar, em 21 de Agosto, está em Leão.

Foram-me mostrados dois aspectos do Eclipse para compartilhar. Ele corta os Estados Unidos em uma linha diagonal, dividindo-o em dois. A separação é o reino físico. É um fato experienciar esta realidade, embora apenas parte da história. A separação serve à evolução, pois ela dá uma nova perspectiva. A partir de uma nova perspectiva, você tem a opção de uma nova escolha.

Areon esteve dizendo, desde meados de 2016, que começaríamos a ver mais polarização entre as pessoas. Isto não é novo, mas eu diria que estamos vendo mais disto. Às vezes, as coisas têm que ficar realmente óbvias e desconfortáveis para que as pessoas mudem. (Quando você presta atenção às dicas sutis da vida, você nem sempre precisa aprender através de extremos óbvios).

O Eclipse entra na massa terrestre dos Estados Unidos, no Oregon, um estado que atualmente está bastante progressista. Ele sai pela Carolina do Sul, que tem uma história de escravidão. Foi-me mostrado “Permitam o novo, liberem o velho”.

Lembre-se: estas são generalizações, que podem lhe mostrar um padrão, mas isto não se aplica completamente. Isto não quer dizer que o Oregon tenha uma história perfeita, ou que as pessoas atualmente na Carolina do Sul reflitam esta história. (Eu cresci lá e conheço muitos Trabalhadores da Luz poderosos que lá vivem!).

“Permitam o novo, liberem o velho”.
Construa o futuro, aprenda com o passado.

Trabalhador da Luz, que tipo de futuro você deseja ver para a Humanidade? Toda a vida sendo honrada igualmente? Não se preocupe com a forma ou quando: concentre-se nisto! O como e quando, como se aplica a você, surgirá em seu coração e em sua mente e o inspirará na criação.

Você vê uma dica enorme? Permita o novo, em primeiro lugar. Isto não tem sido no que estivemos trabalhando, quando aprendemos a usar os nossos pensamentos e emoções de forma positiva?

Reconheçamos o nosso desejo pela paz, amor e fluxo abundante para Toda a Vida, então, reajustemo-nos para criar isto – eliminando crenças, hábitos e coisas físicas que nos impeçam isto.

Permita o novo. Está em você. Viva-o, inspire-o em seu mundo. Renove o seu foco no que você deseja criar. Comece interiormente. Temos mais apoio para isto do que parece. A transmissão da Linguagem da Luz me surpreendeu com isto.

Inflame a SUA Alma em Agosto. Passe algum tempo a cada manhã para se concentrar em seus desejos para o futuro, e no futuro da humanidade. Este é o seu tempo, Trabalhador da Luz. Esteja presente e ofereça o futuro com o seu Amor.

Estes são os tempos para os quais estivemos nos preparando.
Tempos poderosos, de fato!

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO –http://www.decoracaoacoracao.blog.br

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com

www.jamyeprice.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

A ciência, recentemente, provou algo que os místicos sabiam há séculos: a realidade que podemos perceber é apenas uma pequena parte do que está lá fora.

Matéria e mundo físico, tudo o que você já observou e tocou, acrescenta menos de 5% do Universo,de acordo com a ciência. Então, somos, literalmente, cegos com nossos 5 sentidos básicos, a mais de 95% de tudo o que existe!

Os místicos conhecem esse fato através do seu conhecimento intuitivo, há séculos. Eles estão conscientes de que há energias sutis, ao nosso redor, que têm um impacto significativo em nossas vidas.

Por que algumas pessoas percebem essas energias sutis?

Os seres humanos começaram a olhar para o mundo através de um espectro mais científico, negando tudo o que não pode ser observado ou provado pela ciência.

Mas a realidade é muito maior e muito diferente do que podemos observar!

Os animais vivem confiando no seu senso natural dessas energias. A maioria dos seres vivos nasce com a habilidade de senti-las.

Somos sensíveis a essas energias sutis, no entanto, a maioria de nós nunca aprendeu a usar os sentidos e confiar neles.

Algumas pessoas nascem com esses sentidos “místicos” altamente ativos. Mas porque outras pessoas ao seu redor atrofiaram seu senso natural para energias sutis, elas pensam que há algo errado com elas, pois são afetadas por coisas que “não podem” perceber.

Se você tiver alguma das 14 características abaixo, você possui um sentido “místico” altamente ativo:

1. Você não se abre para muitas pessoas, e é difícil para você realmente confiar nos outros.

2. Há momentos em que, de repente, você perde sua energia positiva e se sente cansado ao interagir com os outros.

3. Você pensa demais.

4. Você anseia intimidade com os outros, mas raramente se permite chegar perto de alguém.

5. Você pode sentir a energia em um ambiente e saber se algo ruim aconteceu, ou se as pessoas estão experimentando emoções felizes, mesmo que seja cego. Você, muitas vezes, sabe coisas das quais não possui nenhuma prova.

6. Você é muito ansioso, mas aprendeu a manter essa ansiedade sob controle.

7. Sempre que você está caminhando na natureza, sente-se mais seguro e em casa.

8. Você experimenta déjà-vú com mais frequência do que outros.

9. Você tem um talento natural para psicologia e compreensão de conceitos psicológicos.

10. Muitas vezes você sentiu que havia algo errado com alguém e, na maioria das vezes, seu sentido acabou por estar certo.

11. Você está, frequentemente, lá para os outros no momento certo, sem sequer conscientemente saber que eles precisam de sua ajuda.

12. Você sempre encontra padrões entre coisas que as pessoas geralmente não fazem conexão e analisa as coisas em um nível mais enérgico.

13. Você tem, naturalmente, uma boa energia e é altamente positivo, o que, instintivamente, afasta os vampiros de energia.

14. Você se recarrega sob a luz do sol, sob o vento, olhando um cenário profundo de montanhas, deitando-se na praia, e nadando ou mergulhando em grandes e naturais corpos de água.

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Life Coach Code

Estamos vivendo em tempos muito interessantes. Esta mudança na consciência está trazendo à tona TUDO o que nós somos, como indivíduos e como um coletivo, a necessidade para mudar e transformar. Definitivamente, não é o que muitos esperavam, à medida que as energias cósmicas que chegam ficam cada vez mais fortes e o impulso de nossa alma para evoluir se intensifica. 

Nos últimos seis meses, um aumento dramático na intensidade da energia que varre o planeta, iniciou um salto radical em nossa consciência humana. Fomos despertados de nossas próprias ilusões autocriadas e, literalmente, é um show de mudança! 

O Solstício de 21 de Junho trouxe à fruição tudo o que se apresentou para você ao longo dos últimos seis meses. Com um aumento definitivo da frequência da energia desde Dezembro, o ritmo não mostra sinais de desaceleração. 

O caos que ocorre em uma escala global é parte desta mudança evolutiva na consciência. A ruptura do mundo e da consciência de unidade para a qual você está evoluindo, é parte e parcela deste tempo. Enquanto um se dissolve, o outro se desenvolve. 

Se quisermos estabelecer uma nova maneira de ser e uma nova realidade, as antigas estruturas e programas que mantêm o velho mundo precisam ser desmantelados. Como resultado, uma profunda purificação está ocorrendo e todos os aspectos da realidade estão sendo purgados. 

Simultaneamente, um novo plano energético está sendo ativado, que contém novas estruturas e novos sistemas que você deve criar no mundo. Mudanças práticas e reais, que ancoram e que apoiam a nova consciência emergente, devem agora ser feitas. 

O caos e o drama do mundo é somente parte do que está surgindo para cura e liberação. Você está sendo impulsionado pelo fluxo evolutivo da vida, que está dissolvendo os aspectos fragmentados deste mundo e a sua percepção pessoal da realidade. 

Tudo o que você está experienciando atualmente está ajudando a liberar o seu eu individual, áurico e autêntico. Velhos padrões e programas que não mais lhe servem ou ao coletivo, estão sendo desencadeados e desvendados. Os apegos e distrações que o seduziram, estão sendo liberados, e a sua divindade inata e sua autenticidade estão sendo expostos. 

Enquanto este processo se revela, você perceberá que não pode construir sobre o que está se dissolvendo. A instabilidade deste tempo está lhe ensinando como se estabilizar e se ancorar, enquanto navega nas súbitas mudanças e transformações na realidade. 

Ao se assegurar em seu centro cardíaco, você é capaz de se sintonizar e confiar na orientação de sua alma. Você é capaz de observar o drama do mundo com compaixão desapegada, o que o apoia a dominar os seus medos, curar velhas emoções dolorosas, eliminar detritos Kármicos e ver as bênçãos mantidas em cada situação de vida. 

Seu coração está imbuído de energia, o que magnifica e magnetiza o seu campo energético. Quando você permite que esta energia se funda com a sua mente, você cria o espaço para uma resposta autêntica ao mundo. 

Você começa a pensar com o seu coração, tornando o inconsciente, consciente, o que permite que surja um maior senso de totalidade e de unidade. Sua consciência é convertida e você muda para estados expandidos de unidade, de compaixão, amor e aceitação. 

Assegurar-se nesta energia irá impulsioná-lo e irá garantir que você esteja física, mental e emocionalmente preparado para a manifestação do seu eu maior. 

Lembre-se de que você está atualmente sendo sintonizado para receber enormes quantidades de energia cósmica. À medida que você dominar estas vastas energias multidimensionais, você descobrirá uma nova perspectiva e uma nova visão para a sua vida. 

Você verá e compreenderá mais o seu propósito divino e como está sendo chamado para ajudar a criar a nova Terra e uma nova realidade. A sabedoria do seu coração e a verdade de sua alma irão emergir, permitindo a plena expressão do seu eu autêntico. 

Você pode perceber que velhos padrões e programas emocionais e mentais estão surgindo para serem curados e purificados. Permita que eles se manifestem e se dissolvam. Seja receptivo e deliberado neste processo. Não entre no drama da emoção ou do sentimento. Ouça as mensagens destas emoções, padrões e programas que estão presos. 

Concentre-se em libertar-se de qualquer coisa que o mantenha em um estado de sobrevivência. Afaste-se do caos do mundo. Remova todos os obstáculos para a consciência expandida. Reflita sobre as possibilidades ilimitadas que estão disponíveis para você agora, restabeleça a sua confiança no fluxo da vida e você ouvirá a sua verdadeira voz intuitiva. 

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br

DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com

http://www.spiritpathways.co.za

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Fonte: http://www.decoracaoacoracao.blog.br/2017/06/relatorio-da-energia-p…

A jornada entre quem vocês foram outrora e quem estão se tornando agora é onde a dança da vida realmente acontece. Barbara DeAngelis

Meus amados,

Conforme acontece com tudo neste Universo infinito e sábio, sempre se contraindo apenas para dar à luz, novamente, e expandir-se em algo novo, também vimos mantendo internamente a vida que o feminino acolheu para o masculino, a fim de manifestá-la e protegê-la agora no físico, porque a cooperação igualitária de ambas as essências é vital ao processo de dar à luz.

Este é um mês de mudança, do micro para o macro, visto que o nosso Planeta Terra está finalmente se separando da Velha Terra – ocupando um novo tempo-espaço, em uma dimensão mais elevada – um processo que vem ocorrendo intensamente durante este ano, e esses meses últimos meses são vitais para a total desvinculação da terceira dimensão.

Nesta etapa de nosso caminho ascensional, também nos encontramos moldando novas criações e nos expandindo para novo horizonte, porque isso é o que vimos experimentar aqui – um renascimento contínuo do que costumava ser, para o que verdadeiramente somos por natureza. Durante o mês de maio, mantivemos nossas criações em nosso útero, acolhendo-as, enquanto continuávamos optando entre as muitas e diferentes linhas do tempo e possibilidades para manifestar. Junho é o mês em que começamos a respirar – ancorando aquilo que outrora era feito no invisível.

Durante muito tempo, nós, as Almas Ascendentes, vimos nos preparando para este momento único, em nossa história humana, conforme chega o momento de finalmente separar e ancorar nossa nova frequência na Nova Terra. Realmente, o Planeta Terra encontra-se realocando a si mesmo em um novo espaço dimensional. Vocês podem estar sentindo isso há algum tempo, ou estão atuando nisso – conforme se sentem desafiados a ancorar a própria essência em uma dimensão específica.

É aí que tudo começa a mudar, nosso DNA e com ele o protótipo da raça humana, que será visível nas futuras gerações. É neste momento, quando mesmo que todas essas minúsculas, porém importantes e essenciais mudanças, sejam invisíveis, no entanto, para o olho humano, este nosso Planeta, sua estrutura, assim como nós mesmos, estamos mudando para Novos Humanos que habitarão na Terra de quinta dimensão.

Já estamos sendo ajudados por muitos companheiros cósmicos, que estão se encontrando conosco nos corredores/portais, onde ambas as frequências podem coexistir, de modo que possamos começar a experimentar aquilo com que parece a quinta dimensão. Esses encontros também servem para nos curar de uma forma acelerada, de modo que não precisemos continuar entrando no ciclo cármico, mais uma vez, e nos lembrando de nossa verdadeira herança cósmica.

Este não é o momento de rejeitar o nosso amado Planeta e desejar que estivéssemos no “Lar”, como muitos da comunidade da ascensão reivindicam. Este é o momento para nos tornarmos Um com a Mãe Terra, porque somos seres celestiais, mas também somos terrenos. Prestem atenção a qualquer desalinhamento em seu plexo solar ou qualquer sensação física nessa região, isso pode significar uma necessidade de ancorar-se.

Para mim, este momento de separação da Terra tridimensional já é aqui e agora, e está me impelindo para, finalmente, tomar a decisão de ancorar a mudança que venho imaginando internamente durante anos. Para vocês, esse momento pode vir em outra época, porque não diz respeito ao tempo, mas aos momentos, e acerca de encontrar ou criar, dependendo de onde vocês estejam em sua jornada, para que acessem essa oitava superior de Amor, em que alguns dentre nós vimos habitando – na alma – por enquanto.

Há mudanças importantes acontecendo no campo planetário da Terra, neste momento. Aqueles que são estabilizadores, entre muitos outros papéis anímicos, notarão como, a partir de agora, a intensidade do seu trabalho, tanto no plano astral, quanto entre os períodos despertos, começará a aumentar. A dissonância entre ambas as frequências, os desequilíbrios provocados pela luta constante das forças sombrias para impedir este processo de ascensão, que já está ocorrendo, entre outras sensações desagradáveis, serão uma constante para nós, que, no entanto, já sabíamos, quando escolhemos, livremente, honrar o papel de nossa alma. É fundamental que reivindiquem continuamente a sua liberdade como Seres Soberanos – enquanto continuam navegando entre as frequências inferiores – tentando ajudar a resgatar o equilíbrio apropriado, nesta mudança e realocação da Terra.

Essa mudança não se refere a desencarnar ou deixar tudo para trás, como alguns cultos fazem, e como algumas pessoas pensam. A mudança que está vindo, à medida que o ano de 2017 se encerra, e conforme acessamos esse novo e sagrado espaço, que todos nós criamos, é uma frequência, uma sensação, não é um lugar físico, porém, porque temos muito trabalho a fazer, antes que comecemos a encarnar completamente nessa Nova Terra, plenamente separada da antiga. Essa mudança se faz por mudar conscientemente nossa frequência e ancorá-la no lugar/espaço e com os companheiros de alma que vão apoiá-la.

Para confirmar o que já estamos experimentando/sentindo, este mês mantém a frequência 7. O número sete é um número mestre e místico, porque detém toda a sabedoria necessária para que manifestemos no tangível tudo o que desejamos experimentar. Ao contrário do que se pensa, muitas vezes, esse não é um número passivo, porque a sua essência masculina significa aquele que sabiamente traz para a forma o que certa vez foi acolhido e discernido de modo adequado, internamente, a partir de um espaço de amor e conexão com Tudo o Que É.

O número 7 nos mostra onde estamos e para onde iremos. Vocês já dominaram todos os desafios que lhes mostraram gentilmente o que precisavam se lembrar? Vocês perceberam a ilusão da separação? Vocês descobriram o místico interno? Se assim for, e como a carta do tarô que representa esse número mágico – a carruagem – vocês agora estão prontos para trazer toda essa magia interna, criações e abundância para o seu domínio físico, onde vocês decidiram se tornar mestres do plano tangível.

Se vocês ainda mantêm em si a separação, se ainda se julgam e se põem em um lugar inferior ou comparam a sua jornada com a de outras pessoas, então, vocês ainda precisam dominar o seu eu inferior, isso não é algo que esteja lhes mostrando quão lentos vocês são em relação aos outros, mas quão abençoados vocês são, ao demonstrar tudo o que ainda precisam desfazer e purificar, porque isso não lhes servirá no Novo Espaço em que decidiram habitar. Como os homens na carta do tarô da carruagem, vocês devem trilhar o seu caminho com decisão, paciência, mas sempre se movimentando em direção ao seu verdadeiro caminho, e somente aqueles que estiverem prontos para confrontar os desafios, no meio disso tudo, vão atingir a expansão da alma que estão tão ansiosos para experimentar.

Em um único nível, encerramos maio com uma estimulante Lua Nova, em Gêmeos. Junho começa com o guerreiro, Marte, entrando no acolhedor signo de Câncer, no dia 4 de junho. Somos agora convidados a direcionar essa poderosa força para proteger, acolher e amar tudo o que criamos, bem como tudo o que tem a ver com a Mãe Terra, neste período de transição. Esse é o momento de aprender a processar nossas emoções, e em vez de ficar impulsivos ou deixar que elas nos controlem, aceitem-nas e transformem aquilo que for exaltado por nosso ego.

Marte em Câncer também nos oferece uma oportunidade de equilibrar nossos lados masculino e feminino. A energia de Marte é ardente e masculina. Por outro lado, Câncer representa nosso lado feminino e intuitivo, aquela parte nossa que acolhe e traz tudo o que desejamos para a vida. Nosso principal objetivo com essas forças opostas é não polarizar ou desenvolver apenas um lado, mas fundir ambos e encontrar o equilíbrio necessário para vê-los como nossos aspectos iguais e essenciais, para recuperar nossa integridade.

No dia 6 de junho, temos Vênus, o planeta do amor e da abundância, entrando no signo terreno de Touro. Quando a amorosa e abundante essência de Vênus se materializa no tangível signo de Touro, torna tudo o que toca apaixonado, abundante e amoroso – imensurável. Vênus em Touro nos convida a observar nossas vidas terrenas a partir de cima, e perceber que se estivermos construindo fortes pilares, tanto em nossas vidas, quanto em nossos relacionamentos, eles nos apoiarão no físico.

Nesta etapa, os desafios – oportunidades – podem vir para que dominemos mais nossos aspectos e de nossas vidas, de modo que possamos integrar o seu conhecimento e fortalecer nossas vidas, mas isso é um maravilhoso presente, visto que Vênus é um dos regentes de Touro, para criar estabilidade e harmonia em nossos relacionamentos – garantindo as coisas no físico também. Observem onde existem deficiências em sua vida. Tudo o que não esteja lhes demonstrando abundância e amor, que é tudo o que realmente é, está lhes dizendo onde vocês ainda não se valorizam, se respeitam e se honram, e, portanto, ao Todo. Porque tudo o que não está ocorrendo como vocês gostariam, está lhes dando uma oportunidade para dominar o mágico da energia que vocês possuem internamente.

No dia 9 de junho, temos dois importantes eventos cósmicos. Por um lado, temos uma Lua Cheia a 9 grau de Sagitário, junto a Júpiter, o planeta da expansão, voltando ao movimento direto outra vez. O arqueiro traz luz – sabedoria divina – não filtrada por qualquer ilusão mundana, o que nos ajuda a distinguir entre o que é real e o que deveria ser dispensado, convidando-nos a nos perguntar: Liberamos e nos esvaziamos para que possamos agora abraçar uma nova vida? Nós nos libertamos dos velhos programas mentais, recuperando nossas verdades mais elevadas, que estavam há muito tempo ocultas em nosso DNA? Ou ainda estamos apegados a um determinado resultado ou pessoa, sabendo que faz parte de nossa natureza estar em um constante estado de fluxo?

Essa Lua Cheia nos ajuda a recuperar uma nova orientação – revelando-nos tudo o que precisamos integrar – neste momento – por meio da recordação da alma. Irá afetar o coletivo de uma forma profunda também, ajudando-o a despertar e acolher uma frequência e um modo de viver superiores.

Júpiter, o planeta da expansão, finalmente voltará ao movimento direto no dia 9 de junho. Júpiter, exatamente, também nos faz recordar que a abundância e todas as formas de amor vêm quando nos amamos e nos expandimos a partir de dentro, primeiramente, e mantemos essa mesma frequência – deixando de lado tudo o que esteja bloqueando esse fluxo infindável de abundância – e graça – para o nosso ser e nossas vidas.

Quando estava retrógrado, Júpiter nos convidou a incorporar novos aspectos de nossa alma, visto que a expansão começa internamente, e para que isso ocorra, a retrospecção interior foi essencial para ver sem ilusões e apegos humanos o que não estamos permitindo em nossas vidas, somente porque tememos o desconhecido.

Agora, que Júpiter volta ao movimento direto, novamente, somos presenteados com a dádiva do conhecimento, a partir de um lugar superior de sabedoria divina, onde devemos crescer e estabelecer um equilíbrio, principalmente com tudo o que se refere ao lado material de nosso Plano, uma vez que Júpiter está em Libra, e tudo diz respeito a criar o equilíbrio adequado de que precisamos em nossas vidas para funcionar como seres integrados e estáveis. Olhem para os aspectos de sua vida que estão fora de harmonia e vejam onde existem os aspectos dentro de si mesmos que refletem essa mesma falta de equilíbrio e de alinhamento, porque tudo será sempre corrigido internamente.

No dia 16 de junho, Netuno, o planeta da ilusão e da intuição, ficará retrógrado em Peixes. Com Netuno retrógrado, temos agora a oportunidade, entre as energias terrenas deste mês, de navegar entre nossos domínios internos, trazendo para a superfície o que estava oculto e era desconhecido, e que precisa ser sanado. Podemos cair em sensações ilusórias, visto que esse planeta não garante que nos salvemos quando escolhemos mergulhar profundamente em suas águas, que representam nosso inconsciente, nossos sonhos e nossas visões anímicas, e tudo que gostaríamos de manifestar – e desfrutar – no físico, mas que às vezes nosso eu inferior pode apenas sonhar. Essa é uma oportunidade para que utilizemos nosso poder para nos libertar de todas as ilusões de vitimização – que nosso eu humano cria. É um momento para que mergulhemos nas profundezas de nosso ser, reconhecendo a ilusão e trazendo-a à tona com uma maior clareza e autenticidade.

É um momento perfeito para purificar o nosso corpo emocional do velho, e discernir se os nossos sentimentos se originam de um lugar mais elevado de amor, compaixão e integridade – em direção a si e aos demais – ou se ainda estamos baseando nossos desejos nas emoções primárias e egoicas, que não nos servem nem ao Todo. Por outro lado, as energias netunianas também nos oferecem a criatividade e a dádiva de expandir nossas capacidades intuitivas, comunicando-nos com nosso Eu Unificado, para recuperar antigas memórias ocultas profundamente em nosso DNA, e que estão prontas para ver a luz novamente.

Em 21 de junho, o Sol entra no amoroso signo de Câncer, junto a Mercúrio, ao mesmo tempo que daremos boas-vindas ao solstício de verão para aqueles que vivem no hemisfério norte, e o solstício de inverno para os que residem no hemisfério sul. As ondas do solstício podem causar um enorme impacto em nosso ser interior e em nossos veículos físicos, visto que estão nos ajudando a purificar mais camadas de nosso antigo eu, enquanto continuamos a acolher uma forma mais elevada de existência. Este ano, o solstício nos ajudará em nossa jornada consciente em direção a essa nova passagem dimensional, e sua frequência potente estará nos acompanhando pelo restante do verão.

Finalmente, encerramos o mês com uma acolhedora e intuitiva Lua Nova, no grau 2 de Câncer. O Sol e a Lua farão conjunção com Mercúrio. Mesmo sendo Câncer um signo amoroso e relacionado à família, essa Lua será muito emotiva, que para mim, vai se referir à purificação de velhas emoções e cura de antigas feridas, que nos impedem de experimentar a verdadeira paixão e amor, visto que ainda residimos no passado, em vez de habitar plenamente no momento.

Relembrar só será de ajuda se utilizarmos nossa energia atual para ir a um tempo passado e obter uma conclusão – para perdoar, curar e trazer para este momento presente, aquilo que em outra época se aprendeu. Do contrário, estamos nos perdendo, assim como este momento presente e único, e suas muitas dádivas, por desperdiçar nosso poder em um momento que não voltará para nós, e em que não podemos retornar para consertar nada.

Não há nada para ser consertado em qualquer caso, e, no entanto, o nosso eu humano tentará voltar e fazer isso muitas vezes. Nossa missão, como seres despertos e conscientes – que estão começando a se lembrar – é ser compassivos com o nosso eu inferior, ao mesmo tempo em que o dominamos, em vez de permitir que ele nos controle e desperdice nossa energia e intenção em assuntos passados que só podem ser restaurados neste Momento Presente.

Essa é uma Lua maravilhosa para a comunicação com os nossos eus passado e futuro, e utilizar essa energia comunicativa e amorosa de Câncer, para trazer cura para os nossos momentos passado e presente, sem permanecer aí, continuando em um momento em que não podíamos mudar nada, apenas obscurecendo nossa luz e a capacidade de continuar expandindo-nos em novos horizontes.

Junho é um mês para ancorar a mudança que começamos internamente, em nosso plano físico. Não se trata de apenas manifestar nossos desejos humanos, mas de manter e ancorar na Terra a frequência que se alinhará com a oitava superior, que já estamos habitando temporariamente. É nossa tarefa, neste momento, trabalhar em nós mesmos tanto quanto pudermos, porque somente fazendo assim podemos ajudar o Todo – e o nosso Planeta – a estar plenamente ancorados nessa dimensão superior.

Dizem que o bater das asas de uma borboleta pode afetar as mudanças climáticas do outro lado do planeta. Imaginem, então, o poder que vocês, por si mesmos, possuem para trazer a mudança, embora essa mudança não seja tão poderosa como é, se reunindo como Um, é suficiente, se começar dentro de vocês para ajudar a trazer essa mudança em que muitas almas estão trabalhando conscientemente há muito tempo. Porque nada pode mudar por si mesmo, a menos que vocês comecem a mudar-se internamente – permitindo que essa mesma mudança ocorra no macro.

É importante que, nesta etapa de transição intensa, além de fazer o seu trabalho interno único, vocês observem o eu inferior e sob quaisquer circunstâncias, vocês escolham praticar:

. A Lei da Síntese – consciência de unidade – sentindo-se em unidade internamente e com o Todo.

. Amor incondicional em relação a si mesmos e a todos, inclusive as situações em que vocês ainda não veem como uma oportunidade.

. Desvencilhar-se de antigas crenças programadas da terceira dimensão, de modo que estejam abertos para receber o que realmente é.

. Capacidade de não prejudicar ninguém.

. Serviço altruísta aos demais.

. Não-julgamento, apenas observação neutra.

. Ancorar-se

Desejo a todos vocês um mês de junho amoroso e abençoado, amados companheiros!

Muito obrigada por ajudar a trazer esta mudança – e a Nova Frequência – para si mesmos e para o Todo.

Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com  –
https://adavai.wordpress.com/2017/05/29/as-energias-de-junho-de-2017/

Quando eu me sentei para interpretar a energia de Maio, ficou claro que as energias de Abril e Junho estão muito interligadas. Elas estão sempre conectadas, é claro.

Não é como a energia que começa no primeiro dia de um mês – mas estes meses são uma parte de um processo maior do que parece.

Este tempo de Ascensão se refere a evoluirmos para uma espécie mais conscientemente conectada. Conectada com o eu, com a Terra, com a vida terrestre, com o cosmos e o reino sutil.

É um processo natural de evolução em que o que houve sempre se torna conhecido, compreendido e utilizado.

Isto exige ultrapassar algumas zonas de conforto, trabalhar com alguns padrões de interação e se ligar a uma conexão interna que muda o futuro.

A energia de Abril refinou este foco interno.

Ele teve a energia de Ancoragem da nova Criação, de modo que os padrões passados não estejam se repetindo com uma fachada nova.

Isto implica que o reino interior/sutil mude, de modo que uma criação seja diferente na essência. É claro, trata-se de você mudar.

Você é a nova criação. Maio é este ponto tranquilo de conexão enquanto sustenta a sua energia para mudar. Junho será um catalisador externo que o focaliza do caos à criação.

A TENSÃO EXTERNA CRIA O FOCO INTERNO

A experiência externa é aquela que cria a tensão interna. Esta é a natureza da mudança – o desejo de crescer, de se conectar, de sentir e desfrutar. “Tensão” em si mesma não é uma coisa ruim.

A “tensão” de querer ser móvel cria o desejo em uma criança de andar. A “tensão” de querer se expressar cria a arte. Isto pode ser um processo alegre.

O fenômeno que estivemos experienciando é que o medo dominou a humanidade a tal ponto que a tensão da mudança (crescimento e conexão) criou uma falta de empatia, ou uma falta de conexão, a fim de acelerar o crescimento.

Como um Trabalhador da Luz, você é naturalmente empático, desejando uma profunda conexão com a Vida e para que toda a Vida prospere.

Estamos sendo convidados agora a olhar além do óbvio e para os potenciais. À medida que nos conectamos com um potencial amoroso, estamos evoluindo para um estado maior de conexão.

Quando nos conectamos com um potencial de medo, estamos reforçando uma falta de capacidade. Para evoluir para este estado maior de conexão, reforce a capacidade. A força interior. A fortaleza interior e o Amor.

Abril ofereceu algumas tensões únicas que estenderam este crescimento. A um nível coletivo, isto está mudando.

Às vezes é como um protesto, às vezes, é como uma instituição de caridade, mas está mudando continuamente.

Como você sustenta este impulso? Maio ajudará a mostrar o caminho…

SUSTENTANDO O FOCO

A energia de Maio me é mostrada como o espaço intermediário, o ponto imóvel de conexão, a energia sustentadora.

Foi-me mostrada a energia de Maio como sendo o ponto central entre a inspiração e a expiração, quando você honra o momento da inação que alimenta o sistema.

É este ponto tranquilo que fornece a conexão entre o que foi e o que será. É o seu momento presente, o ponto de poder de seu reino interior, que apoia a sua conexão com o reino exterior.

“A vida na Terra molda a sua ação interior e exterior, a sua interação” – Jamye Price

O espaço intermediário é o momento onde você ouve o sussurro do Amor, Tudo está Bem, e a Vida continua para frente. Você se sente confortável neste momento?

Pois é este conforto que permite que flua e energia da sustentação. Como você cria o conforto de Tudo estar Bem? Você cria a partir da paz em vez do medo. Você reconhece o seu reino interno e apoia este belo fluxo.

FORÇA INTERIOR

Maio tem a energia de absorver a vida e deixar que ela o estimule, permitindo que ela o sustente.

É lhe pedir que respire profundamente a Vida e deixe esta energia circular através de você, marcando-o com a sua energia, e que a libere de volta ao coletivo.

O que está dentro de você? Percebi recentemente que eu tinha pensamentos se repetindo que eram ridículos.

Eles não estavam baseados na realidade, no momento do agora, ou no Amor que eu quero viver. Eu parei, foquei e mudei os meus pensamentos.

Quando os pensamentos se repetem, isto está lhe pedindo que observe mais atentamente.

Se for apenas um diálogo da mente, você desviará o seu foco disto, com algum esforço fácil para um foco mais produtivo.

Caso contrário, observe um pouco mais o que o seu reino interior está lhe repetindo porque está lhe pedindo que se cure.

Pensamentos de medo, raiva, ódio, confusão, etc? Estão apenas surgindo para liberação, assim encontre um foco saudável de cura.

Reconheça o seu reino interior. Maio irá lhe perguntar: O que você está alimentando com este sussurro interior?

SUSTENTANDO O SEU PODER

A energia sustentadora de Maio o estimula a manter o seu foco para agir no “futuro” (em um momento, um ano a partir de agora?).

Trata-se do foco interior no eu, no que você assimilou, o que você está sustentando interiormente, e o que você está se preparando para expressar.

É um mês de energia de preparação, enquanto você prepara o seu reino interior para a futura criação que se formará. É o momento da conexão.

Concentrar-se em si mesmo neste exemplo se refere a se empoderar como parte do todo.

Esta é uma grande questão a que estamos trazendo muita energia de resolução quanto a como ampliamos a energia do Amor na experiência humana. Sim. Isto começa interiormente.

Estamos superando a dor de não nos sentirmos dignos na força de saber que nascemos dignos e que merecemos uma experiência alegre de vida.

Estamos evoluindo na força de lidar com o que há, e nos concentrando para os potenciais do que será, mesmo quando estamos profundamente enraizados na plena experiência do presente.

O momento presente, o espaço entre o passado e o futuro, é o ponto de poder. Novamente, você.

SUSTENTANDO O FOCO COM INTENÇÃO

Em Maio, declare a energia que você está sustentando interiormente, de modo que possa se concentrar em sua nova criação.

“Eu quero…” a partir de uma perspectiva interior. O que você quer interiormente? Em vez de algo físico, será interno. Assim, em vez de “Eu quero um relacionamento”, o foco interior é: “Eu quero uma conexão profunda”. “Eu quero paz”. “Eu quero que o Amor flua.” “Eu quero compartilhar a alegria.”

Os Trabalhadores da Luz são geralmente os sensíveis que se doam, doam e doam. Isto realmente não irá mudar drasticamente, porque é a essência de quem você é.

O que está mudando é o desequilíbrio disto. Você está se doando em seu detrimento ou no detrimento do outro?

Você está realmente ajudando em um momento? Este momento está preparando um potencial futuro saudável?

“Abençoado Ser, o que você está amando, está compelindo em nova forma.” – Jamye Price

Cada momento não é uma medida de dar/receber igual. Mas estamos em um momento de aprender a receber profundamente e dar a partir de uma fonte da Vida que flui.

Para fazer isto, o seu reino interior é cultivado em um jardim nutritivo que sustenta com prazer. Este é o seu reino interior.

Em um momento de escuridão ele apoia o crescimento. Em um momento de leveza, ele incentiva o crescimento.

O que você quer interiormente, ser criativo?

RESUMO

Em Maio, somos chamados a manter um poderoso reino interior que sustente a vida maravilhosamente.

A cada inspiração, você está absorvendo a Vida em seu ser. Você é forte o suficiente para manter a sua própria intenção vibracional?

Neste ano de Soberania Empoderada, é um momento poderoso de refinar o seu reino interior em um espaço criativo próspero que realinha a sua vida com Amor.

É quem você é. Estamos aprendendo o “como” nesta configuração, com as experiências que colhem a sabedoria.

Concentre-se interiormente, apoie-se para prosperar e emane o Amor mais e mais. Você já merece esta vida amorosa.

Espero que tenha um Maio nutritivo!

https://jamyeprice.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.

Meus amados,

Habitar nos reinos iluminados etéreos de Peixes durante março foi mágico e revelador, mas também intenso, visto que ainda estamos sentindo as energias dos eclipses e a profunda limpeza interna/física que continuamos a experimentar.

Este novo mês de abril, principalmente regido por duas energias “retrógradas”, é um convite à interiorização, antes de ancorar os desejos de nossas almas – e criações – no físico, nos rejuvenescendo mental, física e emocionalmente. Não podemos criar nada autêntico a menos que nós mesmos sejamos puros.

Estamos agora sob o domínio do elemento fogo, e, como o nosso Sol está também muito ativo, ambas as forças estão nos ajudando a queimar tudo o que for velho, e renascer para a luz que sempre fomos e que foi reduzida, por causa das muitas ilusões de nosso eu inferior.

Uma vez que alguns de nós estão profundamente imersos no processo de desfazer as membrana tridimensionais de nossos chacras inferiores, essa frequência ígnea também vai nos ajudar a fazê-lo e a nos purificar de modo que possamos continuar com o processo de integração de nossos chacras superiores/alma.

Em um nível planetário, há muitas mudanças, como vocês já podem estar sentindo, o que nos afeta neste momento, como também o coletivo, enquanto o campo magnético da Terra está enfrentando muitas mudanças, e isso, mais os raios da Lua (principalmente durante a Lua Cheia libriana, em 11 de abril) trarão todas as crenças limitadas e inconscientes – e os implantes – à superfície.

No momento, muitos dentre nós estão sob o processo de transfiguração – metamorfose interior e física de nossa personalidade 3D ou eu inferior.

E podemos sentir profundas sensações físicas, tais como dores em nossos ossos e na coluna, dores de cabeça, ansiedade, queda de cabelo, entre muitas outras coisas, que a liberação de antigas impressões e crenças produzem.

Isso será também acompanhado por profundas mudanças de humor. Essa é a luz chegando de todas essas forças e alinhamentos cósmicos, nos ajudando a transformar e desfazer aquilo que não estiver mais alinhado com a vontade do nosso Eu Divino e com o papel da nossa alma. Essa Lua pode trazer desafios, mas também profundas revelações da jornada evolutiva de nossa alma.

Se vocês são estabilizadores, como é o meu papel anímico pessoal, vocês podem querer “isolar-se” e ficar em paz, enquanto esta etapa durar, visto que sabemos como é difícil manter o próprio equilíbrio, não dizendo nada nessas intensas etapas quando ajudamos a trazer o equilíbrio para o Todo.

É por isso que este mês nos lembra de que tudo seja plenamente ancorado na Terra, bem como estejamos conectados aos reinos superiores, de modo que possamos continuar com o nosso equilíbrio interno, enquanto somos afetados pelas energias intensas da separação da Terra e de suas muitas mudanças nesse processo.

Podemos ficar mais propensos às emoções, durante este mês, e até mesmo deprimidos, principalmente os que estão começando a despertar, porque eles começarão o difícil trabalho interno de liberar toda essa bagagem cármica.

Mas isso tudo está acontecendo para nos dar a oportunidade de reconhecer em que lugar o medo ainda continua representando o seu papel principal.

O medo pode estar disfarçado sob várias formas, pode surgir em nossas vidas sob a forma de carência, de apego ou auto-sabotagem.

Todavia, sempre temos a opção, como seres soberanos, de escolher a qual servir: se ao medo ou ao amor, que, afinal de contas, nós todos somos.

Temos uma oportunidade, principalmente durante a Páscoa, de remover as antigas crenças acerca do que realmente é a ascensão, e velhas impressões que estão nos impedindo de incorporar um nível de consciência mais elevado.

Somente após nos transformarmos e começar a acolher nossa Essência Verdadeira e fazê-la descer para o nosso plano tangível, que passaremos da ascensão planetária para nos iniciarmos em um nível cósmico, que vem depois de nossas sete principais iniciações, e concluem a mestria de nosso eu humano inferior.

Abril é um mês que atua como uma ligação interdimensional, criando o espaço para que plantemos as sementes, que em maio finalmente florescerão, trazendo harmonia e unidade entre as nossas polaridades yin e yang, e regeneração, enquanto saímos de nossos domínios interiores e direcionamos todo o nosso fogo interno – e visões – para o nosso plano tangível.

Se durante março, nos concentramos em nos manter, primeiramente, a partir de um lugar interno de clareza superior e de sabedoria, em abril, gradativamente, iremos voltar à superfície e fazer descer todos esses mundos interiores, para quando maio chegar, estarmos prontos para finalmente manifestá-los no físico.

Terminamos o mês de março, com o Sol já no signo de Áries. Passamos agora das águas piscianas para o fogo, e mais tarde sentiremos novamente o poder do elemento terra com Touro, no fim do mês.

A roda da vida girou novamente e passamos da mestria e integração de toda a sabedoria recebida de nossos desafios passados, com o último signo do zodíaco, para nos iniciarmos novamente nessa jornada evolutiva anímica e infinita, com o primeiro signo do zodíaco, que nos conduz a um novo ciclo com a força e a sabedoria resgatadas das profundezas de nosso ser.

Conforme o Universo sempre confirma e nos demonstra em nossos céus, quando estamos sentindo e dando à luz em nosso micro, este mês tem uma frequência 14, que reduzida é 5.

Se o número 5 sustenta a essência do fogo, que indica criatividade e ação – em nosso plano tangível, bem como em março – o número 4 nos lembra que abril, com a sua essência dominante masculina, nos faz sair do etéreo para prestar atenção ao lugar em que realmente residimos, como humanos.

Mas, como somos impulsivos, por natureza, às vezes, manifestando sem o discernimento adequado, a essência do número 14, que também governa este mês e que corresponde à carta do tarô da temperança, nos convida a que nos equilibremos, antes de acessar o desconhecido, porque, como as mulheres aladas da carta da temperança, ainda estamos no intervalo, com um pé no etéreo e o outro no mundano.

Como Mercúrio também nos lembrará, pela ilusão humana de estar retrógrado, enquanto caminhamos entre os mundos, a única direção verdadeira vem de nossa bússola interna. Porque esse é o único meio que temos para conhecer o lugar para onde estamos indo e o que estamos manifestando.

Começamos este mês de abril tendo Vênus, o planeta da abundância e da beleza, retrógrado, entrando em Peixes.

Vênus em Peixes e ainda mais ao lado da poderosa energia de Netuno, no mesmo signo, nos conecta ao nosso criador interno, ajuda-nos a dar à luz a nossas visões e nos expande para os desejos do nosso coração – e espiritualidade – visto que este é o momento para que possamos imergir em nossos sentidos interiores, conectando-nos com as nossas almas, e escutando a nossa orientação – e inspirações divinas – mais do que nos concentrando no mundo externo.

Vênus em “câmara lenta” vai nos conceder uma perfeita energia de cura para os nossos relacionamentos também.

Será uma energia de cura, dissipando tudo o que for impuro e não autêntico em nossas sagradas reuniões, conduzindo-nos a uma síntese interna, estabelecendo uma conexão mais profunda com todos os aspectos de quem somos e amando cada um deles como exclusivos e iguais, sem qualquer julgamento, antes que possamos amá-los também em outro ser.

Já que temos Quíron, o curador ferido, também em Peixes, será um importante momento para utilizar o perdão – principalmente com a Lua Cheia em Libra, no dia 11 de abril – como a nossa principal ferramenta de cura e de integração da alma, o que é essencial, antes de acolhermos plenamente uma nova parceria.

À medida que a deusa do amor revisa sua jornada, nós também o fazemos, e isso pode trazer, de nosso passado, antigos amantes e situações que pensávamos que estivessem terminado.

Quando isso ocorre, é uma dádiva, porque estamos sendo informados de que existem determinados aspectos nossos ainda ativos internamente, que continua a atrair o que deve permanecer no passado.

Em 6 de abril, temos um outro Planeta, que nos lembra da importância de apenas ser, antes de darmos mais um passo para acessar o físico. Saturno, o Planeta da estrutura e da responsabilidade – outra forma da consciência na Criação – nos ensina como ser responsáveis por nossas ações/criações.

Pelo contrário, do que alguns podem pensar, Saturno não nos pune por nossa falta de consciência em nossas ações passadas, mas nos faz mais conscientes do que deve ser alterado e transmutado, de modo que não possamos mais repetir os mesmos antigos padrões que não estão alinhados com quem nós realmente somos e com os desejos da nossa alma.

Ao ter Saturno, Vênus e Mercúrio, bem como Plutão, mais tarde, retrógrados, nos é dada a dádiva de nos tornarmos testemunhas de toda a experiência de nossa vida – passada e presente – e de assumir plena responsabilidade por aquilo que manifestamos até este momento.

Saturno também nos convida a nos examinar, antes de mergulhar profundamente nesta nova etapa de nossa vida.

Vocês aprenderam e integraram a sabedoria de seus desafios passados? Vocês sanaram o que parecia avariado para o nosso ser humano e o restauraram novamente, por reconhecer que sempre somos seres completos?

Já vimos além de nossa ilusão humana o que verdadeiramente é e aceitamos isso? Saímos da roda “cármica”, para finalmente acolher nosso criador interno e começar a manifestar resultados que estejam alinhados com a nossa alma?

Este é o momento para ver tudo sob uma perspectiva mais ampla, não de uma linear, visto que apenas quando avançamos além do que parece real para nós, como humanos, é que podemos perceber se o que manifestamos foi de ajuda ao Todo, ou se ainda temos que nos libertar das velhas correntes e começar a ver todas as limitações, que nos impusemos, com a desculpa de que são estruturas necessárias para vivermos neste mundo.

Mercúrio, o mensageiro alado, ficará retrógrado no dia 9 de abril. Como sempre digo, o medo humano programado acerca de um planeta retrógrado ainda está presente em muita gente.

Quando incorporarmos um nível mais elevado de consciência, quando nos informarmos propriamente – visto que lá fora existe um bocado de propaganda falsa – vamos compreender que, neste sábio e amoroso Universo, nada jamais é retrógrado, isso é apenas uma ilusão a partir da Terra, não há nada em câmara lenta neste Universo luminoso, há apenas momentos para ser vividos internamente e momentos para se emergir novamente, sob uma nova forma, com uma nova direção para seguir.

Quando vemos o mensageiro alado retrógrado, sob a perspectiva humana, simplesmente somos convidados para nos interiorizar e obter clareza de modo que possamos ficar plenamente conscientes do que estamos dando forma, a partir de dentro.

Nós nos comungamos com o nosso aspecto superior, percebendo onde estamos contraídos em vez de permitir a expansão de estarmos prontos para nos elevar novamente – renovados – mantendo uma perspectiva mais ampla de nossa experiência.

Vênus e Mercúrio retrógrados nos farão lembrar de nosso autoamor e observar como nos comunicamos com nós mesmos.

Não se trata do que os outros pensam ou dizem sobre nós. Nem se refere ao modo como nos comunicamos com os demais ou o que eles compreendem, mas se trata de nosso diálogo interno relativo a nós próprios, que nos traz mais para baixo e nos faz pensar que somos inferiores ou superiores.

Esse período com Vênus e Mercúrio retrógrados, para mim, é para observar como nos comportamos com nós mesmos, porque isso fará toda a diferença em como as outras pessoas nos tratam e como também nos comportamos em relação a elas.

Vocês continuam dizendo aos outros quanto vocês os amam e os apreciam, enquanto ainda se veem como indignos do amor e da abundância?

Vocês ainda fingem amar-se, enquanto cobrem isso com coisas superficiais que os fazem se sentir alguém que vocês não são?

Vocês honram o aspecto individualizado que a Fonte escolheu para experimentar por seu intermédio? Vocês acolhem o seu corpo físico como algo sagrado, criado com perfeição divina para servi-los bem em sua jornada humana?

Em 11 de abril, temos uma amorosa e equilibrada Lua Cheia no grau 21 de Libra. Essa Lua vem estabelecer o equilíbrio adequado de que precisamos em ambas as realidades: física e não-física, após todo o tumulto dos eclipses, assim como a intensa etapa de purificação em que estamos imersos.

Vênus retrógrado em Peixes também estará regendo essa Lua, e temos, ademais, o curador ferido, como eu o chamo, Quíron, em Peixes, é um momento maravilhoso para nos reconectar à nossa divindade, sentindo seu abraço amoroso e infinito, enquanto continuamos curando as feridas passadas, que ainda estamos recriando ou cedendo poder, e que precisam ser aceitas e integradas em vez de rejeitadas.

Em 19 de abril, com Vênus já em movimento direto novamente, o Sol entra em Touro, signo de terra.

O segundo signo do zodíaco, regido por Vênus, oferece-nos a dádiva de criar nossos céus na Terra, ao nos conectar à natureza, honrando nosso reino físico e desfrutando de quem somos e das nossas criações.

Touro começará abrindo os portões energéticos para que comecemos a nos ancorar, bem como nossos desejos, no físico.

Com Touro, vem nossa segunda iniciação, após Áries, em um conhecimento mais profundo de como manifestar nossos desejos a partir de um plano energético para o nosso mundo denso, nos ensinando as próximas lições na roda da vida, que é nos tornar mestres na infinita arte de trazer as coisas de nosso mundo interior para o nosso mundo humano.

Touro, um signo que gosta de ver as recompensas de todos os seus esforços, nos convida a prestar mais atenção nos assuntos terrenos, visto que são a materialização daquilo que está dentro e daquilo que sustenta nossas vidas, lembrando-nos de que as coisas materiais também fazem parte de nossas vidas, não nos separamos mais, em vez disso, escolhemos unificar tudo como sendo igual na Criação e na experiência da vida humana.

Chegou a hora de criar, produzir novos desejos, agora que estamos prestes a entrar em maio.

Um momento para renascer, assim como a natureza faz, como tudo está nascendo para um novo modo de existir e assim nós também.

Devemos permanecer abertos para receber tudo o que vimos criando internamente, durante todos esses meses e ser pacientes, uma vez que tudo já foi perfeitamente orquestrado para que tenhamos apenas fé e confiança que no Tempo Divino tudo o que está destinado a acontecer em nossas vidas, acontecerá.

Em 20 de abril, Plutão, o planeta da regeneração e poder, também ficará retrógrado. Isso é algo que vai nos ajudar a prestar atenção em que lugar colocamos nosso poder pessoal, propósito e processo de cura, também, visto que Plutão traz para a luz nossas sombras interiores e os aspectos do Eu, que precisam ser curados pela transformação interna.

Vocês utilizam o seu poder pessoal para acolher-se e aos outros e estar a serviço em tudo o que possam? Ou vocês cedem o seu poder, permitindo que os outros os controlem, manipulem e/ou escravizem?

Vocês cedem o seu poder aos temores? Ou vocês os controlam, e optam pela confiança divina e fé acima de qualquer outra forma de ilusões humanas? O seu poder reside no Agora, na capacidade de estar plenamente presente neste momento.

O seu poder vai para onde vocês colocam o seu amor e a sua preciosa intenção. Portanto, escolham sabiamente, se vocês desperdiçarem a sua força divina interna em coisas insignificantes, ou se a utilizam para construir e criar novos resultados que ajudarão ao Todo.

Essa frequência de terra culminará em 26 de abril, com a Lua Nova no grau 6 de Touro, que atuará como um portal, que funciona como uma ponte para que nos asseguremos de novos inícios e objetivos em nossas vidas físicas.

Essa Luz estabelece energias adequadas para que continuemos a nos expandir e a materializar todas as nossas necessidades terrenas, e convida a nos perguntarmos se estamos satisfeitos com os resultados de nossas criações internas, bem como permitir abundância infinita e novas possibilidades em nossa experiência, ou pelo contrário, se ainda necessitamos continuar nos dominando para obter os resultados que estejam alinhados com a nossa vontade mais elevada.

Como sempre, o Universo nos proporciona sinais infinitos para que possamos perceber em que lugar estamos em nossa jornada, e a consciência para perceber, se estamos permitindo esse fluxo infinito de abundância – e amor – em nossas vidas ou se ainda estamos nos restringindo disso.

Vênus também passará, como Mercúrio o fará em 20 de abril, para o ígneo signo de Áries, em 28 de abril. Vênus, que está no intuitivo signo de Peixes, se encontrará agora em um de fogo, a coragem para deixar seu estado de sonho, enquanto residiu em Peixes, para finalmente discernir acerca dos relacionamentos que decidimos manter e continuar cocriando em nossas vidas.

Como quando Vênus estava no etéreo Peixes, sonhava com novos relacionamentos, que realmente desejou manifestar nessa nova etapa, mas também, e até mais, junto com Netuno, poderia cair nas velhas ilusões e falsas idealizações. Agora que Vênus e Mercúrio estão naquele que inicia, Áries, somos convidados a acionar essa centelha interna dos verdadeiros desejos de nossa alma e estabelecer pilares fortes, que apoiarão nossos relacionamentos no físico.

Finalmente, encerramos o mês com uma segunda quadratura entre Saturno e Quíron, no dia 30 de abril. A primeira dessas quadraturas aconteceu em 28 de dezembro de 2016. A terceira ocorrerá em 2 de novembro de 2017.

Quando tivermos alcançado essa etapa de nosso caminho ascensional, ser honestos é essencial para continuar a dissipar tudo que ainda esteja ocultando a Verdade. Em um mês com tantos aspectos retrógrados, e mais ainda com Vênus, Saturno fazendo quadratura com Quíron, é outro lembrete cósmico para que nos amemos e nos respeitemos, assim como a nossa verdade.

Se vocês estão ansiosos para acessar um Novo Ciclo de cocriação consciente e um modo mais elevado de vida, primeiramente, vocês precisam enfrentar e reconhecer o seu eu sombrio, aceitando-o e acolhendo-o como uma parte igual de quem vocês são.

Vocês somente caminharão em integridade, com amor e no serviço ao Todo, quando curarem em primeiro lugar todas as feridas que ainda estão sussurrando dentro de vocês, para serem trazidas à tona, gritando nos cantos do seu coração para serem amadas e começar a amar-se tanto quanto vocês reivindicam o amor dos outros.

Quando praticamos aquilo que falamos, reservamos algum tempo para olhar internamente, tornando-nos os observadores das próprias sombras, e em lugar de culpar tudo e todos do que está nos causando sofrimento, aceitem o que se encontra internamente, com responsabilidade, porque sabemos que tudo surge das profundezas do nosso ser, e transforma tudo o que não estiver alinhado, por meio do amor e compaixão divinos.

Eu lhes desejo um abril ancorado e abençoado, amados companheiros.

Com amor e luz infinitos

Natalia Alba.
Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Originário da Indonésia, o cravo-da-índia é muito usado para fins culinários, por transferir agradável aroma e sabor às receitas.

Mas ele tem potencial para bem mais do que isso.

O cravo-da-índia é rico em nutrientes e óleos essenciais importantes para o corpo.

São muitos os benefícios dessa especiaria.

O cravo atua como antisséptico, cicatrizante, antifúngico, antibacteriano, antioxidantes, analgésico e anti-inflamatório.

Recomenda-se o seu uso para tosse, gases intestinais, inflamações, dores de dente, bronquite e também para ajudar a emagrecer, pois o cravo acelera o metabolismo e melhora a digestão, facilitando a perda de gordura.

O eugenol é a substância que dá ao cravo o odor e a maior parte dos seus poderes medicinais.

Graças ao eugenol, o cravo tem propriedades antissépticas e anestésicas.

E há pesquisas, também por causa do eugenol, sobre a ação do cravo em cânceres do aparelho digestivo e inflamações nas articulações.

No cravo, também encontramos minerais como ferro, manganês, potássio, selênio e magnésio.

Além disso, ele fornece vitaminas como a A, C, K e betacaroteno.

Do cravo se extrai um excelente óleo, que é indicado para unhas fracas, combater micoses de unha e frieira.

Outro ótimo subproduto do cravo é o seu extrato.

O extrato de cravo-da-índia acaba com fungos e traças.

Dissolvido em álcool ou água, pode ser usado como aromatizante ambiental.

Misturado com água, funciona como antisséptico bucal.

O extrato puro serve também para coceiras em geral e picadas de inseto.

No fim do post, ensinaremos como fazer o óleo e o extrato de cravo-da-índia.

Agora você vai conhecer dez benefício do cravo-da-índia:

1. Analgésico e antisséptico

O cravo alivia dores de dente, na gengiva e inflamações de garganta.

É também um bom remédio caseiro para infecções, queimaduras e feridas.

2. Circulação

O cravo-da-índia desintoxica e melhora a circulação sanguínea, favorecendo todo o corpo e estimulando a imunidade.

3. Expectorante

O cravo-da-índia age como expectorante e solta o muco presente na garganta e no esôfago.

Essa atividade o torna atuante contra a tosse.

4. Acelera o metabolismo

O cravo acelera o metabolismo, promovendo o aumento da produção de saliva e dos líquidos responsáveis pela digestão.

Isso resulta na queima rápida de gordura.

5. Digestivo

O cravo melhora a digestão, pois aumenta a secreção de enzimas digestivas.

Ele combate a prisão de ventre e ajuda em casos de náuseas e mal-estar no estômago.

6. Cãibras

O cravo diminui os espasmos musculares e alivia as cãibras.

7. Antisséptico bucal

O cravo é um bom antisséptico, atuando contra bactérias encontradas na boca e no estômago e favorecendo a eliminação do mau hálito.

Ele também funciona como um preventivo contra as cáries.

8. Tireoide

O cravo-da-índia também é benéfico à tireoide e, por isso, atua na prevenção tanto de hipotireoidismo como de hipertireoidismo.

9. Controle do colesterol

O cravo auxilia no controle do colesterol ruim.

10. Anti-inflamatório

Pela presença do eugenol, o cravo é um bom anti-inflamatório natural, colaborando para o combate a doenças inflamatórias.

CHÁ, ÓLEO E EXTRATO DE CRAVO-DA-ÍNDIA

Para aproveitar os benefícios do cravo, em caso de problemas internos, como inflamações e problemas digestivos, o ideal é que você tome o chá dessa especiaria.

O preparo do chá de cravo é simples.

Você vai usar 1 colher (sopa) de cravos-da-índia e um litro de água.

Em um recipiente, coloque a água e os cravos e leve ao fogo.

Quando começar a formar as bolhinhas de ebulição, deixe por mais dez minutos e então desligue.

Espere amornar, coe e beba em seguida, no máximo três xícaras por dia.

Já o óleo de cravo-da-índia é indicado para unhas fracas, combater micoses de unha e frieira.

Para fazê-lo, misture 30 gramas de cravo-da-índia com 200 ml de óleo de oliva ou girassol e cozinhe em banho-maria por uma hora.

Deixe esfriar, coe e guarde em um vidro limpo e seco.

Basta aplicar um pouco dele nas regiões afetadas.

E finalmente o extrato de cravo-da-índia acaba com fungos e traças.

Dissolvido em álcool ou água, pode ser usado como aromatizante ambiental.

Misturado com água, funciona como antisséptico bucal.

Uma colher de chá do extrato em um copo de água serve para coceira nos órgãos genitais e nos casos de candidíase genital.

Basta enxaguar o local duas vezes ao dia, pela manhã e antes de dormir.

O extrato puro serve também para coceiras em geral e picadas de inseto.

Para fazer o extrato, coloque em um vidro escuro 100 gramas de cravo-da-índia e um litro de cachaça.

Misture e deixe guardado por no mínimo dois meses.

Está pronto para uso quando o líquido fica marrom.

Importante: o cravo-da-índia é contraindicado a mulheres grávidas ou em fase de lactação, além de crianças menores de 6 anos e pacientes com problemas gastrointestinais e doenças neurológicas.

Alguns destes óleos são saudáveis e alguns deles TOTALMENTE prejudiciais – óleo de soja, azeite de oliva, óleo de coco, óleo de milho, etc … Vamos dar uma olhada mais de perto.

Artigo por Mike Geary, Personal Trainer Certificado, Especialista em Nutrição Certificado
Autor dos best sellers: Cozinha Queima Gordura
& 101 Alimentos Antienvelhecimento

Óleo de Cozinha

Hoje, eu queria dar a minha opinião sobre um assunto confuso para a maioria das pessoas:

…Por que alguns óleos e gorduras que você usa para cozinhar, assar ou outra utilização com alimentos são realmente prejudiciais para o seu corpo, e por que alguns são saudáveis.

Aqui está a questão…

Muitas pessoas parecem pensar que tudo etiquetado como “óleo vegetal” é bom para você. NÃO, ISSO É ERRADO!

A maioria do que é rotulado como “óleo vegetal” é simplesmente óleo de soja refinado (processado sob alto calor, pressão, e solventes industriais, tais como o hexano)… talvez por vezes também podem ser fortemente refinado de sementes de algodão, cártamo, milho, semente de uva , ou outros óleos também.

Na maioria dos casos, quase todos esses óleos processados NÃO SÃO SAUDÁVEIS para você. Vou explicar o porquê abaixo…

Se você compra alimentos processados ou frituras, você pode ter certeza de que esses óleos não saudáveis são usados para preparar seus alimentos (ou pior, ele podem usar as versões hidrogenadas desses óleos… ou melhor dizendo – gorduras trans).

Você pode até mesmo ter comprado alguns desses óleos para a sua própria cozinha em sua casa.

O problema com o óleo de soja, óleo de semente de algodão, óleo de milho, óleo de cártamo, e outros óleos vegetais similares é que a maioria deles é composta de gorduras poli-insaturadas (o mais altamente reativo tipo de gordura), o que lhes deixa propenso à oxidação e à produção de radicais livres quando exposto ao calor e luz.

Óleos poliinsaturados processados são os mais inflamatórios dentro de nossos corpos devido à sua elevada reatividade ao calor e à luz. Essa inflamação é o que ajuda a causar muitos problemas internos tais como doenças cardíacas, câncer e outras doenças degenerativas.

Nota: É aceitável se uma fonte de gordura poli-insaturada não é processada, como em alimentos integrais, como várias nozes e sementes…

Nesse caso, geralmente não é inflamatório (contanto que não tenha sido exposto a altas temperaturas), e as nozes são normalmente uma grande fonte de gorduras poliinsaturadas saudáveis.

De qualquer modo, os ácidos graxos ômega-6 e ômega-3 são ambos poliinsaturados, e um equilíbrio saudável de proporção aproximada de 1: 1 e 3: 1 de ômega-6 e ômega-3 é considerado saudável.

Sua melhor aposta é a de escolher nozes e sementes cruas, sempre que possível para evitar a oxidação de gorduras poliinsaturadas, que podem ocorrer durante a torrefação de nozes e sementes. Tenha em mente que algumas nozes são principalmente monoinsaturadas, (por exemplo, macadâmias), por isso a questão do torrado VS castanhas cruas é menos um problema no caso de castanhas monoinsaturadas.

No entanto, todos os óleos vegetais listados acima são geralmente muito refinados durante o processamento, o que faz deles já inflamatórios antes mesmo de cozinhar com eles (o que causará danos ainda piores).

Aqui está a ordem real de estabilidade de um tipo de gordura sob calor e luz (do menos estável para o mais estável):

  1. poliinsaturadas
  2. monoinsaturada
  3. saturada

Aqui está algo que os profissionais de saúde público jamais dirão a você…

As gorduras saturadas são realmente os óleos mais saudáveis para se cozinhar!

Óleos Prejudiciais

Por quê? Porque eles são muito mais estáveis em condições de cozimento e menos inflamatórios do que os óleos polinsaturados para cozinhar.

É por isso que os óleos tropicais, como óleos de palma e de coco (e até mesmo gorduras animais como banha e manteiga) são os melhores óleos para cozinhar… eles têm muito poucos ácidos polinsaturados e são na sua maioria composta de gorduras saturadas naturais que são o menos reativo ao aquecimento / luz e, portanto, os menos inflamatórios em seu corpo após um cozimento.

É também por isso que a manteiga natural (não margarina) é uma das melhores gorduras para cozinhar. Isso tudo vai diretamente contra o que você ouve na conversa de saúde geral… porque a maioria dos profissionais de saúde não conhecem a bioquímica de gorduras, e acreditam erroneamente que as gorduras saturadas são ruins para você… quando na verdade, elas são realmente neutras na maioria dos casos … e gorduras saturadas de óleos tropicais são realmente boas para você, pois contêm triglicerídeos de cadeia média (TCMs) que faltam na dieta da maioria das pessoas.

Na verdade, o ácido láurico é um dos TCMs abundantes em óleos tropicais e é conhecido por fortalecer o sistema imunológico. O ácido láurico vem sendo atualmente referenciado em estudos médicos para o controle de doenças contagiosas.

Para resumir… as melhores opções óleos para cozinhar ou assar são geralmente manteiga ou óleos tropicais, como óleo de palma ou óleo de coco.

O azeite de oliva (extra virgem, de preferência) é bom para menores temperaturas de cozimento, pois é principalmente monoinsaturado, então moderadamente estável.

Eu também gosto de óleo de abacate e óleo de macadâmia para assar pois eles são na sua maioria monoinsaturados e relativamente estável para o cozimento, além de adicionar um grande sabor!

Os óleos principalmente poliinsaturados, como soja, milho, uva, algodão, cártamo, etc, são os menos saudáveis para cozinhar ou assar.

Minhas escolhas para os principais óleos alimentares saudáveis que eu uso:

  1. Óleo de coco virgem (muito estável a média-altas temperaturas e gorduras saudáveis)
  2. Azeite Extra Virgem (somente para cozinhar a baixas temperaturas)
  3. Manteiga Real (manteiga proveniente de animais alimentados a capim é realmente saudável e contém nutrientes importantes como a vitamina K2, o Omega 3 e CLA.)

Claro que, com tudo isso dito… devemos ter em mente que tentar minimizar o uso de óleos em nossa cozinha irá ajudar a reduzir as calorias totais de consumo. Cozinhando com óleos com moderação está tudo bem e pode realmente ajudar a satisfazer o seu apetite, mas tenha cuidado para não exagerar pois as calorias podem aumentar com rapidez.

Além disso, por favor, não se deixe enganar pelo marketing enganoso alegando que o óleo de canola é saudável para você – pois ele não é! É outro óleo realmente ruim para o corpo.

Então aproveite o seu óleo de coco, manteiga de animais criados a pasto, e deliciosos azeites extra-virgem, sabendo que você está fazendo um bem para o seu corpo! Mas certifique-se de ficar longe de perigosos óleos vegetais inflamatórios como óleo de soja, óleo de milho e óleo de algodão, que são utilizados em tantos alimentos processados nos dias de hoje.

Lembre-se também que a maioria dos molhos de salada que você encontra na loja geralmente são carregados de soja ou canola, então opte por fazer o seu próprio molho saudável utilizando azeite.

Mas cuidado…

Óleo de Coco

Embora o uso de manteiga de verdade, óleo de coco, e azeite extra-virgem possa ser uma escolha super-saudável para um corpo magro, saudável, e forte, bem como lutar contra o processo de envelhecimento, se você seguir as dicas que você acabou de aprender…

Fonte: http://www.cozinhaqueimagordura.com.br/6-oleos-de-cozinha-para-nunca-comer/

A Cúrcuma tem sido usada por mais de 2.500 anos na Índia, onde foi provavelmente, usada pela primeira vez como um corante.

A Cúrcuma Longa é um verdadeiro milagre da natureza, pois possui grande poder de cura, sem os efeitos colaterais negativos. Podemos dizer com toda a certeza, que é mais um dos presentes Divinos.

A Curcuma Longa tem uma flor lindíssima, mas o verdadeiro tesouro está escondido na terra: a sua raiz que é um verdadeiro milagre curativo.

As propriedades medicinais desta especiaria foram lentamente se revelando ao longo dos séculos, ficando conhecida por suas propriedades antiinflamatórias.

Uma pesquisa recente revelou que a cúrcuma é uma maravilha natural, provando ser benéfica no tratamento de muitos problemas de saúde, como câncer e mal de Alzheimer.

c

A esta raiz maravilhosa são atribuídas propriedades antioxidantes; previne e é um excelente coadjuvante nas arterioscleroses; tem propriedades antiinflamatórias.

Para os diabéticos a Cúrcuma Longa reduz grandemente os níveis de açúcar no sangue. Para problemas de pressão arterial, previne a inflamação nas paredes dos vasos sanguíneos.

c

Esta preciosa raiz atua preventivamente na arteriosclerose precoce, além de prevenir e combater doenças cardiovasculares, evitando derrames e ataques cardíacos.

Quando combinada com a couve-flor,  ajuda a prevenir o câncer da próstata e pode parar o crescimento do câncer existente.

c

Protege a pele de infecções, alergias e tem sido muito eficaz para  a prevenção do câncer de pele; atua com anti-séptico e antibacteriano natural, podendo ser usada para desinfecção de cortes e queimaduras.

Esta poderosa raiz, fortalece o organismo, protege os glóbulos vermelhos, evitando a leucemia infantil e até mesmo preventiva para adultos.

c

A Cúrcuma tem propriedades que protegem o fígado e a bílis;  evita cálculos nos rins, desintoxicando-o de substâncias nocivas ao seu funcionamento normal.

Pode também prevenir e retardar a progressão da doença de Alzheimer, ou até mesmo evitar esta doença com o uso contínuo da cúrcuma em forma de alimento ou chá.

c

Um potente antiinflamatório natural que funciona nos casos de gripes e dor de garganta.

Um chá de Cúrcuma Longa se mostra bem eficiente, podendo ser feito com água ou com leite, mais forte ou mais fraco, considerando que esta raiz não tem apresentado efeitos colaterais.

É um analgésico natural. Nas suas propriedades é inibidor da dor. Para aliviar a dor, faça um chá, ou tome com água fria – uma colher de sobremesa é bem eficaz.

c

Regula o metabolismo,  ajudando dessa forma, na perda de gordura e controle do peso. Para a perda de peso, pode ser usada para dar sabor aos alimentos.

Tem sido usada na medicina chinesa como um tratamento para a depressão; tem sido um coadjuvante muito pontual na parceria com medicamentos para liberar seratonina.

c

Devido as suas propriedades antiinflamatórias, é um tratamento natural para a artrite e artrite reumatóide. Traz grande alívio. Nestes casos, seu uso deve ser frequente: uma colher de sobremesa três vezes ao dia, podendo ser diluído em água ou tomado em forma de chá morno.

c

Estudos promissores têm sido feitos sobre os efeitos da cúrcuma sobre o câncer de pâncreas, com uma ótima resposta.

Foi demonstrado que pode parar o crescimento de novos vasos sanguíneos em tumores. Isto é algo fantástico, pois os tumores sem irrigação de sangue morrem.

Acelera a cicatrização de feridas e auxilía na renovação da nova camada de pele; evita infecções de pele e ferimentos inflamados; pode ser colocada sobre as  feridas.

c

A raiz da Cúrcuma Longa é ótima para rejuvenescer e tirar manchas da pele do rosto: é só fazer uma pasta com água e pronto – pode ser aplicada no rosto.

Esta raiz é excelente para clarear os dentes: pegue o pó esfregue nos dentes; após, escove os dentes, os quais ficarão brancos; a cúrcuma também protege as gengivas de inflamações.

c

Você poderá encontrar muitas formas divertidas de usar a cúrcuma em novas receitas. Aproveite para usar esta raiz em tudo, pois ela é muito saborosa e tem um aroma muito agradável. Use a seu gosto, a raiz não é nem salgada e nem doce, podendo ser usada até mesmo nas receitas de bolos.

 Ester de Susan

Fonte: http://janeladoconhecimento.com/A-RAIZ-MILENAR-COM-GRANDE-PODER-DE-CURA

 

Há muitos textos na internet apontando para os malefícios do açúcar e com acesso a informações, muitas pessoas resolvem retirá-lo de sua dieta ou restringir seu consumo ao mínimo.

Para os que não apresentam restrições em relação a saúde, muitos decidem substituí-lo por opções mais saudáveis como: mel, açúcar mascavo ou néctar de agave.

Acontece que para muitos não é uma questão de opção, mas de sobrevivência e aí a coisa complica, pois esses substitutos mais comuns na verdade também são açúcares que promovem os mesmos efeitos do açúcar de cana e não podem ser ingeridos como nos casos dos diabéticos e alérgicos ou intolerantes a frutose.

Muitas crianças autistas que passam por avaliação médica de um médico DAN precisam retirar o açúcar de sua alimentação para poderem regularizar o intestino, a disbiose da flora intestinal e reação sistêmica a fungos e candidíase. Outras também após avaliação se descobrem alérgicas.

E é aí que para mim começam os momentos mais difíceis, pois a substituição do açúcar muda muito mais a textura e sabor dos alimentos do que qualquer outra substituição.
Na tentativa de retirar o açúcar da alimentação do meu filho, oferecer-lhe uma alternativa mais saudável e diminuir o meu consumo de açúcar, é que comecei a usar o xylitol.

Xylitol é um substituto natural do açúcar derivado e comercializado geralmente a partir da bétula ou do milho. Para os alérgicos a milho é interessante conhecer de onde o xylitol é proveniente.

Além de ser um adoçante natural, ele apresenta vários outros benefícios:

– Baixa caloria,  1 colher de chá tem cerca de 9 cal contra 15 cal do açúcar de cana;

– Não apresenta gosto residual como outros substitutos;

– Substitui o açúcar em igual quantidade o que proporciona maior praticidade nas receitas;

– A metabolização do xylitol não provoca impacto na liberação de insulina, sendo um substituto seguro para diabéticos, hiperglicêmicos e pessoas que sofrem de síndrome metabólica que apresentam desordens como: resistência a insulina, pressão alta e aumento de risco de obstruções coronarianas;

– Tem baixíssimo índice glicêmico;

– É um açúcar não fermentável e com isso não provoca cáries, pelo contrário, funciona como um preventivo de cáries muito utilizado em gomas de mascar, pastas de dente e sprays. Este benefício por si só já seria uma ótima indicação para autistas, mantendo uma boa saúde bucal e diminuindo infinitamente nossas dores de cabeça com idas ao dentista;

– Também apresenta ação inibidora contra bactérias na região da boca, nariz e ouvidos, prevenindo resfriados, sinusites, infecções respiratórias e otorrinolaringológicas;

– É um potente inibidor de bactérias, contribuindo para a regularização do equilíbrio da flora bacteriana;

– Trata a osteoporose e previne a perda de densidade óssea;

– É excelente substituto do açúcar em sorvetes, bolos, muffins e cremes.

Mas… como sempre nem tudo são flores…

– Xylitol tem um efeito laxativo forte e deve ser consumido com prudência, aumentando seu consumo bem aos poucos até adaptar-se;

– É caro e não está disponível largamente no mercado brasileiro como ocorre em países estrangeiros;

– Xylitol não cristaliza, então não produz biscoitos crocantes como os feitos com açúcar, ficam secos e levemente fofos. Como não cristaliza, também não produz caldas para a produção de pudins por exemplo;

– Como é um inibidor de fungos e bactérias, não é apropriado para a produção de pães, pois não alimenta o fermento biológico;

– Escurece mais as massas e é necessário diminuir a temperatura recomendada nas receitas.

– Não dissolve bem em líquidos.