Muitos grãos diferentes foram usados para fazer cerveja no último milênio. É claro, cevada é melhor, seguida pelo trigo e centeio.

O problema com esses grãos – pelo menos para pessoas que sofrem de doença celíaca – é que todos eles contêm glúten.

Glúten é responsável por criar uma reação autoimune no intestino delgado das pessoas com essa condição particular.

A reação pode ser debilitante, causando grande desconforto e possível interrupção de longo prazo no funcionamento do intestino delgado.

Isso quer dizer que pessoas com doença celíaca não retiram os nutrientes que precisam dos alimentos e podem experimentar muitos outros problemas de saúde.

Em resposta à demanda crescente por cerveja sem glúten no mercado, muitas fábricas pelo mundo começaram a introduzir novos produtos todos os anos.

Grãos e amidos usados na cerveja sem glúten

Aqui está uma lista dos grãos proibidos e seus derivados que pessoas com doença celíaca devem evitar:

  • Cevada e malte de cevada
  • Malte, extrato de malte, saborizante de malte e vinagre de malte.
  • Centeio
  • Trigo – incluindo semolina, kamut e espelta

Cerveja feita com grãos sem glúten provavelmente não se iguala à cerveja normal em sabor e qualidade, mas para algumas pessoas que encaram uma restrição para a vida toda, a cerveja sem glúten é uma interessante saída.

Sorgo, milhete e trigo sarraceno são as três substituições mais comuns usados para fazer cerveja sem glúten, mas há uma lista mais completa de grãos e amidos que são seguros para consumo:

  • Feijão
  • Trigo Sarraceno é uma planta com origens na China. Seus pequenos grãos são moídos, o que separa a parte comestível de suas cascas. Essa parte comestível é então torrada e usada como um produto de grãos.
  • Milho
  • Milhete é uma família de gramas e representa uma das culturas mais antigas a ser cultivada pelo homem. As sementes de milhete são colhidas e usadas em alimento ou alimentação; nesse caso, o alimento é cerveja! O milhete tem sido usado regularmente para fazer cerveja na África, e agora é um dos grãos mais usados comercialmente para fazer cerveja sem glúten.
  • Batata
  • Quinoa
  • Arroz
  • Sorgo é uma grama vigorosa que tolera o tempo seco e é comumente usado como um dos ingredientes da cerveja africana.
  • Soja
  • Tapioca

Uma lista de cervejas sem glúten

A maioria das fábricas de cerveja sem glúten formularam seus produtos com ingredientes e processo totalmente sem glúten que asseguram a pureza do produto.

Mas alguns processos de filtragem usados por companhias tornam o glúten indetectável em cervejas com pouco glúten, então a menos que a cerveja seja totalmente sem glúten, pessoas com doença celíaca não têm garantia de que seja completamente segura.

Compradores e bebedores, cuidado!

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite – (no G+)

Cervejas Sem Glúten Comercializadas

CervejaCervejariaPaís
Australia Pale AleBillabongAustrália
O’Brien Premium LagerO’BrienAustrália
Green’s Discovery Amber AleDe ProefBélgica
Green’s Endeavor DubbelDe ProefBélgica
Green’s Quest TripelDe ProefBélgica
La MessagèreNew FranceCanadá
Kukko PilsLaitilanFinlândia
Beer Up Glutenfrei Pale AleBrauerei GrieskirchenAlemanha
Birra 76Bi-Aglut (produtos alimentares)Itália
Mongozo PalmnutMongozo BeersHolanda
Mongozo QuinuaMongozo BeersHolanda
Celia SaisonThe AlchemistEstados Unidos
Dragon’s GoldBard’s TaleEstados Unidos
New GristLakefrontEstados Unidos
MbegeSprecherEstados Unidos
Passover Honey BeerRamapo ValleyEstados Unidos
RedbridgeAnheuser-BuschEstados Unidos
Shakparo AleSprecherEstados Unidos
Tread Lightly AleNew PlanetEstados Unidos

Leia mais http://www.mundoboaforma.com.br/como-escolher-uma-cerveja-sem-gluten/#yiEUXzvmM6kJo37Q.99