Fitoterapia,  Uncategorized

Gengibre melhor que a Quimioterapia para Câncer de Ovário e Próstata

Gengibre po

Graças a pesquisa da Universidade de Michigan e quase três séculos de uso medicinal, podemos agora utilizar o gengibre, não só para eliminar as células do câncer de ovário, mas também as células do câncer de próstata com zero toxicidade.

Verdadeiramente entre os grandes remédios do mundo, o gengibre tem sido muito utilizado para tratar a inflamação e as náuseas, mas os resultados apresentados em uma sessão na American Association for Cancer Research mostram que em cada vez onde o gengibre em pó foi usado para o tratamento de células cancerosas, todas elas morreram em consequência da sua exposição ao composto.

No jargão médico isso é chamado de apoptose (suicídio de células cancerígenas). Quando o gengibre está presente, as células até mesmo atacam umas as outras, o que é chamado de autofagia.

Enquanto o gengibre tem sido considerado um ótimo remédio natural para aqueles que estão passando pela quimioterapia, ele também pode ser usado em quantidades maiores para tratar o câncer por si próprio.

Outro estudo que mostra a capacidade do gengibre em combater o câncer de ovário conclui que:

O gengibre inibe o crescimento e modula a secreção dos fatores angiogênicos em células de câncer de ovário. O uso de agentes alimentares como o gengibre podem ter potencialidades no tratamento e prevenção do câncer de ovário“.

O gengibre também foi comprovado por tratar o câncer de próstata. O British Journal of Nutrition  publicou recentemente os resultados de um estudo americano no qual o extrato de gengibre  (Zingiber officinale) matou as células cancerosas da próstata humana, enquanto as células saudáveis ??da próstata foram deixadas sozinhas.

Foi revelado que o extrato integral de gengibre é capaz de encolher o tamanho do tumor da próstata em um colossal 56%. (Os pesquisadores usaram  alimentação oral diária de 100 mg/kg por peso corporal de extrato de gengibre em ratos).

Notavelmente, a alimentação oral diária de 100 mg / kg por peso corporal de extrato de gengibre inibiu o crescimento e a progressão de xenoenxertos PC-3 em cerca de 56% em ratos, como demonstrado por medições do volume do tumor.

O tecido do tumor dos ratos tratados com o extrato de gengibre mostraram redução do índice de proliferação e apoptose generalizada em comparação com os ratos usado como controle, como determinado pela immunoblotting e métodos de imuno-histoquímica.

Mais importante ainda, o extrato de gengibre não exerceu qualquer toxicidade detectável em tecidos normais, que se dividem rapidamente tais como o intestino e a medula óssea.

De acordo com o nosso conhecimento, este é o primeiro estudo a demonstrar a atividade anticâncer in vitro e in vivo do extrato integral de gengibre para o tratamento do câncer de próstata“.

Acrescentando ainda aos benefícios do gengibre, o tempero não tem toxicidade quando consumido mesmo em doses elevadas, e não faz com que as pessoas sofram os efeitos colaterais muito desagradáveis ??dos tratamentos da quimio e radioterapia.

A American Cancer Society admite que mais de 15% dos homens serão diagnosticados com câncer de próstata, e mais de 20.000 mulheres americanas serão diagnosticadas com câncer de ovário neste ano. Muitos destes casos podem ser remediados com o gengibre.

Enquanto a indústria farmacêutica faria esses homens e mulheres sofrerem tratamentos muito invasivos, um simples pó de gengibre pode provocar que suas células cancerosas cometam uma morte certa.

Aqui temos mais um estudo sobre os efeitos poderosos do gengibre contra um tipo implacável de câncer, a leucemia.

Shogaol, especificamente o 6-shogaol, foi objeto de um estudo chinês em 2013, in vitro e in vivo. “Em placa de Petri” e “em seres vivos.”

O Shogaol é um composto de gengibre, que não só inibe o crescimento da leucemia, mas também causou apoptose de células de leucemia, ou seja, morte celular programada, ou ainda suicídio celular.

A apoptose celular em células saudáveis ??seria preocupante, mas é ideal para parar o crescimento do câncer.

A coisa maravilhosa é que o composto, que é encontrado em uma variedade de espécies de gengibre, não prejudica as células saudáveis ??tampouco causa efeitos colaterais.

Seu processo, utilizando o composto 6-shogaol de gengibre (Zingiber officinale):

Os ratos foram divididos aleatoriamente em dois grupos de 7 ratos/grupo e o 6-shogaol foi dissolvido em 0,1%de  DMSO e 10% de óleo de rícino de polioxietileno. Três dias após a inoculação do tumor, o grupo de tratamento recebeu o 6-shogaol (50 mg/kg por dia durante 20 dias) e os do grupo de controle receberam um volume igual de solvente controlado. O volume do tumor (V) foi medido a cada três dias…

Não vimos onde havia medições dos tumores enquanto no interior dos ratos. Em vez disso, após os 20 dias, os ratos foram sacrificados e os seus tumores foram ainda estudados em uma solução que revelou a apoptose do câncer.  

Estávamos esperando ver os ratos declarados livre do câncer, afinal, uma vez que já confirmou a apoptose três vezes in vitro, teria sido interessante ver o período de tempo para a leucemia a desaparecer.

Os autores concluem:

A potente atividade anti-leucemia do 6-shogaol encontrada tanto in vitro e in vivo no nosso estudo faz deste composto um potencial agente anti-tumoral para doenças malignas hematológicas.

Em 2003, um estudo semelhante sobre um componente diferente de gengibre – gingerol – descobriu-se que ele também induziu a morte de células de leucemia, fragmentando o seu DNA.

Claro, verifica-se que estes estudos são, em grande medida, para ver se as drogas farmacológicas podem ser feitas (patenteadas) para tratamentos contra o câncer. Ainda assim, é de se abrir os olhos para os surpreendentes efeitos medicinais deste condimento.

O gengibre não tem efeitos colaterais, a menos que haja uma alergia. Mas uma consulta deve ser solicitada antes de comer/tomar quantidades extras se estiver tomando medicamentos debilitantes ou analgésicos para diabete, coração, ou sangue  (mesmo sem receita médica).

Garanta seu gengibre… 

É um pouco preocupante que a FDA tomou escrutínio extra para especiarias como o gengibre – mesmo que a ciência medicinal anuncie continuamente suas maravilhas.

Você sabia que a FDA (a Anvisa americana) fez recentemente um relatório de mais de 200 páginas tentando pintar as especiarias como uma substância mortal?

Ela realmente coincide com a época de quando o estudo acima foi publicado. Quando você vê o resumo do seu relatório, você verá o quão ridículo ele é!

Quando se trata de raízes tuberosas, orgânicos importam muito. Você pode obter o condimento gengibre orgânico  à granel, surpreendentemente barato (em comparação com frascos da especiaria não-orgânicos na mercearia) em lojas de alimentos saudáveis??.

Também existem extratos surpreendentes, doces de gengibre e refrigerantes com infusão de gengibre real. Você também pode fazer o seu próprio. Faça o seu próprio chá com água fervente e adicione um pedaço de gengibre descascado, picado ou ralado e adoce com mel, que adiciona ainda mais saúde ao seu chá.

Fonte: http://forum.noticiasnaturais.com/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »