Espiritualidade,  Uncategorized

Joanna de Ângelis

A benfeitora Joanna de Ângelis, em sua última reencarnação, viveu em Salvador (1761 – 1822), como Sóror Joana Angélica de Jesus, grande e inolvidável mártir da Fé e da Independência do Brasil.

Nessa oportunidade reencarnatória, Sóror Angélica de Jesus sacrificou a própria vida, mas conseguiu proteger e manter a dignidade das religiosas do Convento da Lapa, impedindo o ataque dos soldados que tentavam forçosamente adentrar o convento e oportunizando a fuga das demais religiosas pelos atalhos subterrâneos do convento ─ “Só passareis por cima do meu cadáver!” ─ afirma Joana Angélica.

Fatalmente, a heroína da independência foi violentamente morta, mas, com a força de uma verdadeira colaboradora de Cristo, renunciou a própria vida por amor ao próximo, dando seu último sopro de vida carnal após arrastar-se até a Capela, defronte ao Santíssimo.
A mentora Joanna de Ângelis, em suas obras psicografadas, sempre nos ensina que o amor é o grande propulsor para se atingir a plenitude.

O fragmento abaixo, por exemplo, foi retirado do livro “Garimpo de Amor”, da mesma autora espiritual.

“Alcança-se a plenitude terrena quando se consegue amar.

Amar, sem qualquer condicionamento ou imposição, constitui a meta que todos devem perseguir, a fim de atingir o triunfo existencial.

O amor é um diamante que, para poder brilhar, necessita ser arrancado da ganga que o envolve no seu estágio primário.

Nasce do coração no rumo da vida, expandindo-se na razão direta em que conquista espaço interno, sempre mais expressivo e irradiante.

É realização do sentimento que se liberta do egoísmo, que se transmuda em compaixão, em solidariedade, em compreensão.

Possuidor de emoções superiores, expressa o nível de evolução de cada ser, à medida que se agiganta.

Quando alguém empreende a tarefa de ser aquele que ama, ocorre uma revolução significativa no seu psiquismo, e todo ele se transforma numa chama que ilumina sem consumir-se, numa tranquilidade que não se altera.” Joanna de Ângelis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »