Espiritualidade,  Uncategorized

Mensagem de Arthrathon e Merlin

Amor Divino é fogo que não consome.

“Ama-te a ti mesma, primeiro e antes dos outros.
Não é egoísmo, não! Se não transbordares de amor por ti mesma, não há para os outros. Ou secas.
Tudo dás. E o que fica para ti se não o produzes para ti mesma?
E dá Amor Divino, amoroso mas também assertivo!

E como é possível serem o Amor, a Luz, assertivos?
Porque o Amor não é em vão, um ‘desperdício’.
O Amor é justo na sua amorosidade.
O Amor não é peganhento, mole ou num favor a alguém.
O Amor é forte e ‘exige’ trabalho, para quem dá e para quem recebe.
O Amor é responsável e por isso assertivo e justo.
O Amor envolve, limpa, fluidifica e liberta.

E a liberdade é também assertividade.
O Amor não é prisão, nunca.
O Amor não é carnal.
O Amor tudo envolve.

O Amor tem assertividade quando vos permite que não deem tudo de vós, que se despejem de vós mesmos porque alguém quer que vocês lho deem.
O Amor recebido também é uma relação de respeito, não de qualquer esponja que apenas absorve porque se sente bem.
Por isso, a assertividade.
Quem recebe o Amor é responsável por o acarinhar e transformar-se através dessa receção.

Então, com o cálice cheio dessa oferta, quem recebe deve sentir e permitir a transformação e efetuar a sua mudança.
O Amor não é piegas.
O Amor é grandeza. É proteção. É dádiva. É fogo que não consome.
O Amor é assertivo.
Como nós…”

Arthrathon e Merlin

voonaluz.blogspot.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »