Alimentação,  Uncategorized

Monk fruit ou fruta do monge

fruto-del-monje-0

Também conhecida por Buddha Fruit

Familia: Cucurbitaceae

Origem: Sul da China

Altura: Trepadeira entre 3 e 5 metros de altura

Luminosidade: Meia sombra

Um edulcorante natural

Você já escutou falar da fruta do monge? Trata-se de um fruto com grande valor nutricional e com a particularidade de ter um alto conteúdo de glicose, capaz de torná-lo um sucedâneo do açúcar, ideal para quem sofre de diabetes. Não deixe de conhecer este exótico e saudável fruto!

 Embora seja popularmente conhecido como fruta do monge ou monk fruit, você talvez tenha escutado falar também do luo han guo ou fruta da longevidade. Estes são todos os nomes que se dão ao fruto da planta Siraitia grosvenoori, uma trepadeira da família das cucurbitáceas.

Segundo se acredita, é originária da Tailândia e de algumas regiões da China, onde foi utilizada durante milhares de anos como remédio natural para uma variedade de doenças.

Suas propriedades medicinais estão estreitamente ligadas ao seu rico conteúdo nutricional. É um fato assombroso, mas está cientificamente comprovado que esta fruta é mais doce que o açúcar, já que possui altas concentrações de frutose e glicose. Mas especialmente sua doçura provém dos glicosídeos únicos presentes na sua polpa.

Esta é a razão principal pela qual é considerado um edulcorante natural muito benéfico para quem sofre de diabetes. Quer saber como atua? Não perca a parte final deste artigo.

Benefício da fruta do monge para o diabetes

Como dizia anteriormente, seu poder medicinal radica no seu rico conteúdo em nutrientes, conformado por:

  • Glicosídeos triterpenos
  • Glicose
  • Frutose
  • Proteínas
  • Vitamina C
  • Minerais: manganês, ferro, níquel, selênio, estanho, iodo, molibdeno e outros.
  • Ácidos graxos

Graças a estes princípios ativos, a fruta do monge é capaz de reduzir os níveis de açúcar no sangue, de colesterol e os níveis de triglicerídeos em pessoas que sofrem de diabetes. Inclusive pode ajudar o fígado a funcionar corretamente.

O que diz a ciência a respeito? Existe evidência científica que apoia os efeitos saudáveis deste fruto sobre o diabetes. Em um estudo recente, publicado no British Journal of Nutrition, se descobriu que animais diabéticos de laboratório, cuja dieta foi reforçada com extrato de fruta do monge, mostraram níveis mais baixos de proteína na urina. Isto indica que este fruto ajuda os rins a funcionar de melhor forma, e caso você não saiba, a saúde dos rins é muito importante para os diabéticos.

Por estas razões é que a fruta do monge é considerada um dos melhores edulcorantes para diabéticos. Te interessa consumir este fruto, mas não sabe como fazê-lo? Não se inquiete e tome nota dos seguintes conselhos.

Formas de consumir a fruta do mongePode ser consumido de várias formas:

  • Como bebida, em chás quentes ou frios.
  • Como verdura, em sopas e estofados.
  • Em tortas, geleias, bolachas, xaropes para a tosse, etc.

Leia mais sobre: http://br.innatia.com/c-frutas-propriedades-fr-pt/a-o-monk-fruit-ou-fruta-do-monge-um-alimento-essencial-para-o-diabetes-1929.html

2 Comentários

  • Suzane Santana

    Minha tia é diabética e sempre tem em casa essa fruta.
    Não conhecia, quando vi pela primeira vez e perguntei que fruta era essa, ela me falou Fruta do Monge, achei que ela estivesse brincando com minha cara..kakakakaka

    Segundo ela é muito boa para quem tem diabetes e ela não toma mais nenhum remédio, só ingere essa fruta mesmo.
    Ela não consome remédios industrializados, então para diabetes ela sempre come a Fruta do Monge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »