Amados Filhos,

Hoje, venho a vós com uma mensagem que esclarecerá muitas dúvidas que tomam conta de vossos pensamentos.
Por que estão sofrendo e sentindo consequências físicas enquanto são purificados?
Por que ao realizar o objetivo que tanto almejavam, deparam-se com vocês mesmos a sofrer, ainda?
Pois bem, Meus Filhos!
A cada acontecimento de vossas vidas, onde estão expurgando traumas, formas-pensamento inferiores que os mantinham aprisionados na ilusão e no sofrimento, dores e doenças, trazem consigo as lembranças do sofrimento.
O processo de cura e limpeza áurica, e a transformação proporcionada pela Chama Violeta, causa, muitas vezes, sensações físicas desconfortáveis somente por um motivo, Filhos: vocês não aceitam prontamente a bênção que recebem.
Estão acostumados a viver no sofrimento, nas lembranças de dor e tristeza e, por isso, não permitem que a cura aconteça, que a limpeza ocorra de forma leve e suave.
Quando passam por situações onde têm a oportunidade de curar questões cármicas, que estão arrastando há muitas eras, não aceitam prontamente a cura.
Estão tão envolvidos naquele sentimento que os acompanha durante tempos, que já não sabem como é ser diferente disso.
Não se lembram da felicidade, da alegria! Não conseguem imaginar como seriam felizes, se esse sofrimento e essa lembrança de dor não existisse mais.
Portanto, Meus Filhos Amados, permitam que as lembranças dolorosas de sofrimento sejam levadas pela Chama Violeta.
Mas para isso é necessário aceitar o sentimento.
Aceitar viver, por um breve momento, aquela lembrança, aquela experiência – o fechamento do ciclo.
E nesse momento a Chama Violeta poderá limpar e curar definitivamente o seu carma.
Ajam naturalmente diante da sua nova realidade de felicidade. Olhem para vocês e para esse momento com calma e aceitação.
Esse momento somente mostra como é a Verdade e como Tudo sempre foi, mas você não se permitia olhar com o coração.
A verdade estava diante de ti o tempo todo. A felicidade, a cura, a solução dos problemas já era real no seu presente momento, mas você não se permitia ver.
Portanto, Meus Filhos, nada mudou e, sim, permanece como sempre foi.
A única mudança que houve foi a sua forma de olhar para a realidade de felicidade que estava ali, diante de ti.
Todas as experiências de sofrimento estiveram presentes somente na sua mente. Você criou essa forma de olhar para o mundo e para a sua vida. Mas não era real.
A única transformação que ocorre a partir de agora é em você, pois o véu da ilusão é removido para que lhe permita ver a realidade.
Não há como permanecer no pensamento antigo.
A mudança brusca na forma de olhar pode ser um choque, mas é somente uma mudança de olhar.
Se insistirem em manter a forma de pensamento e o olhar antigo diante da sua vida, sentirão consequências físicas por não aceitarem a cura.
O processo será mais doloroso.
Aceitem a cura. Aceitem a intervenção da Chama Violeta na situação cármica dolorosa e permitam que atue curando, limpando e transmutando o sofrimento em Amor, em elevação.
Por isso, Meus Filhos, venho esclarecer de como devem agir diante dessas situações, que serão cada vez mais constantes nas vidas de vocês.
Quando aparecer a oportunidade de enfrentar algo que, a princípio, já havia curado, olhe para dentro de si. Aceite as lágrimas.
Aceite olhar para a situação por uma última vez, sem medo, e sem esconder o que realmente sente no seu coração.
Permita sentir e, em seguida, cure com o poder transmutador da Chama Violeta e somente assim a cura será definitiva.
Sigam em frente, sem medos, Meus Filhos Amados!
O medo ficará para trás em uma lembrança impossível de ser lembrada.
Tenham coragem e força de enfrentar os seus medos e as causas dos seus sofrimentos.
Sejam, assim, todos curados e irradiados na Chama Violeta.
Eu sou Saint Germain
Canal: Michele Martini – 07.Out.2016
Revisão de texto: Angelica T. Tosta e Solange Yabushita
Fonte: http://www.pazetransformacao.com.br/