Frutas e vegetais são alimentos ricos em fibras e vitaminas e com baixa quantidade de calorias.

Logo parece uma conclusão lógica que acrescentá- los numa dieta deve levar a uma melhora da saúde.

Mas será que o conceito de saúde é igual para todos? Afinal, existem pessoas com dificuldade na perda de peso e outros em ganhar peso. Alguns grupos populacionais apresentam maior risco para doença cardiovascular e outros para câncer.

Para conseguir respostas científicas, a pergunta precisa ser exata.

A pergunta da coluna dessa semana é: Comer mais frutas e vegetais leva a perda de peso?

Em 2014 no Journal of Clinicai Nutrition, um grupo de pesquisadores resolveu responder a essa questão.

Para isso, eles fizeram uma revisão sistemática inicial com 1696 artigos, porém, foram selecionados, apenas estudos com ensaios controlados randomizado realizados em humanos. Ou seja, não valiam estudos realizado em animais.

Ensaio controlado significa que para avaliar a hipótese “comer frutas e vegetais leva a perda de peso” o consumo foi diferente entre os grupos avaliados, através de intervenções propostas pelos autores.

Por exemplo um grupo recebeu 200 gramas de frutas e vegetais enquanto o outro grupo manteve a dieta habitual.

Randomização significa que os autores do artigo não definiram para qual grupo iriam os participantes, foi feita uma escolha aleatória.

Para diminuir os possíveis fatores de confusão, os autores estabeleceram alguns fatores obrigatórios para incluir um estudo na análise:

  • Estudo tinha que ter mais que 15 pessoas em cada grupo analisado;
  • O consumo de frutas e vegetais tinha que durar mais que 8 semanas;
  • Frutas e vegetais do estudo tinham que ser in natura -não podia incluir processados como suco ou purê de frutas e vegetais;
  • Meta do artigo tinha que ser perda de peso ou perda de gordura corporal

Resultado: apenas 2 estudos atenderam a todos os critérios de seleção.

Conclusão dos autores: Estudos até o momento não suportam a proposição de que recomendações para apenas aumentar a ingestão de frutas e vegetais causarão perda de peso.

Recomentar um aumento no consumo, para tratar ou prevenir obesidade sem combinar explicitamente essa abordagem com os esforços par reduzir a ingestão de outras fontes de energia é injustificável.

Em outras palavras: Não tenha dúvida. Frutas e vegetais são excelentes alimentos para a saúde. Entretanto não existe um único alimento que colocado ou retirado da sua alimentação, possa sozinho levar a perda de peso.

Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitaminas e minerais como frutas e verduras e diminuir o consumo de alimentos ricos em gordura e carboidrato ajuda e muito na perda de peso.

Porém, a informação precisa estar clara: acrescentar um prato de salada na entrada e uma porção de frutas de sobremesa não é capaz de salvar um prato principal desequilibrado.

Obesidade é uma complexa doença multifatorial. Em seu tratamento temos que avaliar condições genéticas, socioeconômicas, culturais, hormonais, alimentação e exercícios. O que funciona para uma pessoa dificilmente tem o mesmo resultado com outra.

Procure um profissional de saúde, controle seu sono, seu nível de estresse, estimule o aumento de massa muscular e não se esqueça da atividade física.

Mas não julgue o seu resultado baseado no resultado de outras pessoas.

Fonte: https://guilhermegiorelli.blogosfera.uol.com.br/