Alimentação,  Uncategorized

Tenha sempre o Inhame em sua mesa

benefícios-do-inhame-758x569

Escondido sob a terra, muita gente não tem ideia dos benefícios que esse vegetal pode trazer. O consumo do tubérculo, parente do cará e da batata-doce, melhora o funcionamento do sistema imunológico, a qualidade do sangue e, por ser altamente nutritivo e medianamente calórico, é uma boa opção também para quem está de dieta.

Há poucas pesquisas acadêmicas sobre as aplicações médicas, mas a experiência já elevou o vegetal à categoria de alimento funcional. “Grande parte das propriedades funcionais do inhame se deve à presença de um fito-hormônio chamado diosgenina, que há muito tempo tem sido usado pela indústria farmacêutica em geral”, diz a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional (SP).

As principais beneficiadas são as mulheres. Desde que a reposição hormonal na menopausa foi colocada sob suspeita – há várias pesquisas indicando que aumenta a incidência de câncer -, a diosgenina transformouse em um tratamento alternativo para os calores, o ressecamento da mucosa e outros sintomas que acompanham essa fase.

“Um estudo avaliou a ação desse fito-hormônio na saúde da mulher pós-menopausa e concluiu que a ingestão de inhame por 30 dias equilibra os níveis hormonais”, diz Roseli. “Seus efeitos são benéficos também para reduzir a irritabilidade durante a tensão prémenstrual”, completa a nutricionista.

A ingestão de inhame por 30 dias equilibra os níveis hormonais

A ação da diosgenina vai muito além dos hormônios. Ela atua diminuindo a absorção intestinal do colesterol e aumentando sua excreção. “Em estudos com animais, ela também reduziu os níveis plasmáticos e hepáticos do colesterol total e aumentou a presença de enzimas antioxidantes”, informa a especialista. “Esses resultados também sugerem que a diosgenina melhora o perfil lipídico dos indivíduos, além de diminuir o processo oxidativo”, acrescenta.

Consumir inhame todos os dias é uma boa dica também para as mulheres que estão tentando engravidar. “O vegetal contém fitoestrógenos, que bloqueiam a ação dos estrógenos no organismo. Ao fazer isso, aumenta a ação das gonadotrofinas, o que resulta em uma quantidade maior de folículos produzidos pelos ovários, melhorando a chance de gravidez”, diz Frederick Naftolin, professor do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da escola de medicina da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos.

Durante a década de 1990, Naftolin estudou uma comunidade que vive em Salvador, descendentes de africanos e grandes consumidores de inhame, cuja taxa de gestação de gêmeos é altíssima. “Não demos continuidade ao estudo porque a comunidade é muito heterogênea, o que dificultou chegar a uma conclusão. Mas estou convencido de que o inhame pode influir na fertilidade.”

Radiografia do vegetal
Veja quais são os principais nutrientes do inhame e a quantidade de calorias (por 100 gramas

Energia116 kca
Carboidrato27,6 g
Proteína1,5 g
Lipídios0,14 g
Fibras totais3,9 g
Vitamina B1l0,1 g
Cálcio14 mg
Ferro0,52 mg
Potássio670 mg

 

COMO COMPRAR

A maior oferta de inhame, e portanto os menores preços, ocorrem de junho a setembro. Os tipos mais comuns no mercado brasileiro são o japonês e o chinês. O inhame japonês apresenta rizomas grandes (100-200g), ovais, com poucos pêlos na casa, enquanto os rizomas de inhame chinês são menores, ovais e com ponta afilada como um pião. Os inhames devem estar firmes, sem sinais de brotação, sem áreas amolecidas ou enrugadas e sem sinais de mofo.

COMO CONSERVAR

Os inhames não precisam ser mantidos em geladeira pois se conservam em condição natural por até 10 semanas, desde que mantidos em local arejado, escuro e seco. Quando colocados em geladeira doméstica, devem ficar na parte inferior, dentro de sacos de plástico. Se houver formação de gotículas de água dentro da embalagem recomenda-se perfurá-la com um garfo. Para congelar, lave-os bem, descasque-os e cozinhe-os até que fiquem macios. Amasse até formar um purê. Se quiser, acrescente margarina na proporção de 1 colher de chá para cada 1/2kg de inhame e misture bem. Coloque em vasilha de plástico tampado e leve ao congelador, onde pode ser mantido por até 6 meses. Para descongelar deixe-o em temperatura ambiente ou descongele diretamente durante o preparo do prato.

COMO CONSUMIR

O inhame somente é consumido após cozimento. Muito usado em sopas, é saboroso na forma de refogados, saladas, pães, bolos e sobremesas. Também pode ser industrializado na forma de farinha. Não é necessário retirar cascas grossas para evitar desperdícios. Se ele não for utilizado imediatamente, é preciso deixá-lo em uma vasilha com água para que não escureça. O cozimento pode ser feito em água ou no vapor, sempre evitando deixar o produto ao fogo por tempo excessivo, para que não ocorra grande perda de vitaminas.

DICAS

* Experimente servir o inhame cozido coberto com mel ou melado no café da manhã ou como sobremesa.
* Além do mel, o inhame pode ser temperado com açúcar mascavo, noz-moscada, cebola, cebolinha, sal, salsa, pimenta, açafrão.

Receitas

Inhame glaçado

Ingredientes:
* 6 inhames médios cozidos, descascados e cortados em rodelas;
* 1 colher (sopa) de manteiga ou margarina;
* 1/4 de xícara (chá) de melado;
* 1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo

Modo de fazer:
l Leve ao forno em temperatura média; arrume os inhames descascados em um refratário untado;
l Numa panela, misture o açúcar, o melado e a manteiga e deixe cozinhando por 5 minutos, mexendo sem parar;
l Despeje esta calda sobre os inhames e asse por 20 minutos ou até que estejam bem glaçados
( com aparência lustrosa), molhando-os frequentemente.

Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 35 minutos

Sugestão: sirva quente, com calda, no café da manhã.

Bolinho frito de Inhame

(Cortesia: Olga Falqueto Altoé)
* 500 gramas de inhame cru descascado e ralado tipo palha;
* 1 ovo grande;
* Sal, pimenta, cebola, cebolinha e temperos a gosto;
* 6 colheres (sopa) de farinha de trigo para dar liga;
* Óleo para fritar.

Modo de fazer:
l Misture todos os ingredientes, em ponto mole;
l Tome pequenas porções da massa com uma colher;
l Frite em óleo quente.

Rendimento: cerca de 40 unidades

Tempo de preparo: 30 minutos

Sugestão: pode-se acrescentar carne à massa.

Inhame à Bolonhesa

* 250 g de inhame;
* 01 xícara (chá) de carne moída;
* Sal, pimenta a gosto;
* 01 cebola média picada;
* 1/2 xícara (chá) de cebolinha verde;
* 01 colher (sopa) de queijo ralado;
* 01 colher (sopa) de óleo;
* 01 dente de alho amassado;
* 01 lata de molho de tomate;
* 1/2 xícara (chá) de água;
* 01 colher (chá) de orégano;
* Óleo para untar a forma.

Modo de fazer
l Lave bem os inhames e cozinhe inteiros em água e sal, corte-os em rodelas e reserve;
l Doure a cebola e o alho no óleo, acrescente a carne e refogue;
l Junte o molho de tomate, o sal e a pimenta e misture. Em seguida, coloque a água, mexa e deixe cozinhar formando um molho. No final do cozimento acrescente a cebolinha e o orégano, mexa e desligue o fogo;

l Coloque uma camada de inhame numa assadeira untada, em seguida cubra com o molho;
l Faça uma outra camada de inhame e cubra com o restante do molho, polvilhe com queijo ralado e leve ao forno por 10 minutos.

Rendimento: 05 porções

Tempo de preparo e cozimento: 35 minutos

Sugestão: pode-se mudar o molho, ou trocar a carne por frango.

Fonte: http://www.cnph.embrapa.br/laborato/pos_colheita/dicas/inhame.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »