O termo “CROMOTERAPIA” vem do grego, Kromos = cor e Terapheia= terapia, tratamento usando as cores procurando alcançar todos os níveis do ser humano. Ou seja, ( os corpos: Físico, energético, emocional, mental e espiritual).
Pode-se definir Cromoterapia como um sistema holístico de medicina natural, que usa as cores por meios externos e internos para equilibrar.
A mente, as emoções, a parte energética e o organismo físico, prevenindo e corrigindo disfunções, além de despertar e desenvolver capacidades pessoais.
“A cromoterapia não trata apenas os sintomas, mas age também e principalmente nas causas energéticas, emocionais e mentais”

Cores

Princípios básicos da Cromoterapia
A Cor é apenas outra forma de comprimento de onda. Não devemos desprezar nenhuma forma de comprimento de onda, pois diversas formas geram o telefone, o rádio, a televisão, o radar, o raio laser e muitos outros prodígios.
A cor apresenta comprimentos de onda possíveis de afetar o tecido vivo.
A mente pode afetar o corpo, e os pensamentos tem condições de se tornarem concretos. A mente é o autor da façanha.
Os pensamentos têm vibrações – Débeis ou robustas boas ou más, a depender de quem os controla; e desde que apresentados de modo adequado ao corpo etérico, eles tem condições de influenciar nos termos de sua formulação os corpos: físico e etérico.
Somos a soma total daquilo que pensamos, seja há horas ou há anos, segundo o modo como cada qual influência o seu corpo etérico em algum momento presente.
Como o pensamento tem vibração, devemos pensar o que queremos, bem como visualizá-lo com vigor.
Como a cor também é vibratória e tem condições de afetar o tecido vivo, podemos adicionar cor ao pensamento para alcançar resultados ainda melhores.
O método tem precisão e é eficaz desde que você aplique com autodisciplina requerida.
Quanto ao efeito que produzem, as cores classificam-se em:
•Quentes: Vermelho, laranja e amarelo.
•Frias: De efeito calmante = Azul, índigo e violeta.
•Equilibrante: De efeito harmonizador = Verde.

Energia Solar

A energia solar e a água energizada como terapia
A Energia Solar e a Água Energizada são recursos que usamos na Cromoterapia, para reforçar alguns tratamentos feitos, diretamente, ao paciente, quando relacionamos o seu estado, com a impossibilidade de atender a uma constância e continuidade, na terapia que estamos realizando.
O Sol é a própria vida deste nosso Planeta. Tudo que por aqui existe, é em função da sua imensa energia irradiante. Provavelmente, todos sabem disto. Só não sabemos que o Sol é, na verdade, o grande médico da Humanidade. Somos feito de uma das suas energias, a chamada magnética.
Devido ao estágio evolutivo/conscencial em que nos encontramos, realmente, ainda não temos uma noção definida da relação do Sol com o Ser Humano, no sentido lacto da vida, em nível de aproveitamento energético.
Na saúde humana, quase nada está feito e, é nesta direção que estamos tentando caminhar. Hoje, já existe uma clara visão: chegará o tempo em que o Ser Humano, para manter-se integralizado, apenas completará suas energias solares, como recurso natural terapêutico ou não como se fosse uma bateria.
A energia solar é um dos componentes que encontramos e absorvemos de certa forma, através dos próprios alimentos, mas não o suficiente. Há, justamente, a necessidade que a maioria dos sistemas alimentares tem de uma complementarão dessas energias, o que iremos perceber, a partir de uma determinada circunstância daquele equilíbrio físico/orgânico/energético, que chamamos de saúde.
Como são distribuídos e onde se localizam os campos coloridos na massa física e que funções essas energias luminosas tem na estrutura? É o que vamos ver agora, a começar pela cor azul por sua predominância no conjunto.