açucar_small2

A esta altura você já imprimiu os textos anteriores, principalmente o da Parte 3, onde eu apresentei as tabelas dos Índices Glicêmicos (IG) de vários alimentos do nosso cotidiano.

Assim, agora sabemos que Mel e Malte de Cereais (Karo) têm IG superior à 100%, portanto são como se fossem injeção na veia de glicose. Ou seja, se você os ingerir puros, a glicose será liberada no sangue quase imediatamente após sua ingestão.

Já o açúcar branco, o cristal, o mascavo, o melado de cana e o demerara apresentam IG em torno de 100%, também muito elevados, com comportamento quase semelhante ao mel e ao malte de cereais.

Porém, a lactose (o açúcar do leite) e a frutose (o açúcar das frutas) apresentam IG em torno de 40%.

Obviamente, teremos uns dois textos desta série Açúcar x Saúde dedicados à explicação de todos os açúcares e adoçantes.

Mas por enquanto, a grande sabedoria é saber que devemos:

  1. Reduzir o consumo de açúcar, principalmente os isolados (purificados em alguma instância) em nossa alimentação diária;
  2. O açúcar branco (refinado) é o mais danoso de todos pois contém elevadíssima concentração de sacarose e aditivos muito prejudiciais ao metabolismo humano;
  3. O mel e os melados (de cana, de beterraba, de caju e outras frutas) devem ser consumidos somente como remédios, portanto em dosagens comedidas;
  4. Ao consumir açúcares, procurar associá-lo com outros alimentos, que sejam ricos em fibras, água vital, proteínas e gorduras nutricionais, ou seja, de forma diluída e balanceada.

Assim sendo, a listagem dos alimentos que segue abaixo será super útil para você aprender a classificar os alimentos e diferenciar entre os que nos ajudam a ser mais lúcidos e saudáveis e aqueles que prejudicam a nossa determinação, inteligência e vitalidade. Você pode e deve tirar xerox destas tabelas e levar a todo lugar com você na bolsa.

Tabela Carboidratos

OS CEREAIS, FARINHAS E MASSAS:

Frutas

Os alimentos integrais, incluindo legumes e grãos, são mais benéficos para a saúde e devem ser eleitos com maior frequência.

Durante o processo de produção da farinha de trigo branca, ou do arroz branco, são retiradas as camadas superiores e o embrião do grão. Mas, justamente estas partes são as que contêm óleos nutricionais, proteínas vegetais, sais minerais, enzimas, vitaminas e fibras.

O que resta após o refino, embora muito bonito e com facilidades culinárias, do ponto de vista fisiológico da nutrição, apresenta muito baixo valor nutritivo. São os chamados alimentos vazios, que aqui no caso, podem ser considerados como exageradamente energéticos.

As farinhas integrais estragam muito mais fácil que as refinadas, pois contêm nutrientes que reagem à luz, oxigênio e calor, perdendo inclusive seu aroma. Observar a data de produção e validade.

Farinhas integrais quando frescas apresentam um sabor adocicado. Se estiverem com o prazo de validade vencido, ou mal embaladas/estocadas apresentarão um sabor amargo. O ideal é conservá-las em local arejado, dentro de recipientes bem vedados e protegidas da luz.

Reduza ao mínimo o consumo de cereais industrializados, principalmente aqueles que são instantâneos (como o miojo, aveia, arroz e milho), pois eles já passaram por um processo de pré-cozimento, com quebra enzimática e degradação térmica.

Como você pode verificar nas tabelas dos Carboidratos e dos IG, os cereais beneficiados ou instantâneos possuem uma velocidade de transformação em glicose elevada, motivo pelo qual deverão ser consumidos com moderação e, portanto, estão na Tabela a seguir, listados como carboidratos não recomendáveis.

Carcoidratos

Outros

OS LEGUMES, FRUTAS E HORTALIÇAS:

Os legumes e hortaliças, assim como as frutas, devem ser preferivelmente consumidos frescos e não cozidos e, sempre que possível, preservando as cascas. Assim manteremos os valores nutricionais ao máximo. Os legumes devem ser armazenados em local escuro e arejado, mas separados das frutas. As secreções das frutas podem acelerar o processo de amadurecimento dos legumes.

Legumes, frutas e hortaliças contêm alto valor nutritivo e baixo valor calórico. Com exceção para algumas frutas que são muito doces. Seu consumo evita o excesso de peso, ou melhor, ajuda na perda e manutenção do peso, quando ingeridos balanceadamente.

O organismo necessita da água, vitaminas, sais minerais e enzimas como meio de transporte e nutrição das células e novamente da água e das fibras para eliminar os resíduos e toxinas do nosso corpo. Neste processo, as frutas, legumes e hortaliças, com seu alto teor de água vital e fibras (solúveis e insolúveis) têm um papel muito importante.

Ultimamente tem-se focado muito o uso inadequado de agrotóxicos e fertilizantes químicos para assegurar o aumento da produtividade na agricultura. Tais recursos agrícolas e os alimentos advindos desta cultura prejudicam não somente a saúde humana como a de toda a flora e fauna, além de fragilizar e empobrecer completamente os solos deste planeta.

O problema é aumentado quando falamos do uso indiscriminado e inadequado pelos produtores destes implementos.

Mas este é um assunto para uma outra série de textos. No caso de não ser possível a compra de produtos produzidos sem agrotóxicos, ou seja, de cultura orgânica e ecologicamente corretos, vai aqui uma receita para tratar nossos alimentos da terra:

  • Lave bem as verduras, legumes ou frutas com água corrente.
  • Ao lavar os legumes que têm casca mais rude, é fundamental usar uma esponja ou escova.
  • Coloque numa solução de limão (suco de 1 limão + casca para cada 2 litros de água).
  • Deixe de molho por 10-15 minutos.

Para conseguir com maior facilidade os legumes inteiros (raízes, folhas, flores e talos), é aconselhável ir à feira logo no início. Caso contrário converse com o feirante para guardá-los para você.

Pode parecer redundância, mas não se esqueça de que alimento é vida. Portanto, ao comprar os legumes inteiros, devem estar em perfeito estado, e evite consumir as folhas com aparência amarelada ou envelhecida, pois já estão num processo de morte.

A batata inglesa é um legume muito glicêmico porque só contém amido e água, praticamente sem fibras. Para piorar, sempre está muito contaminada com produtos químicos, principalmente na época em que está custando mais cara. As demais batatas (baroa, doce, cará e inhame), são alimentos muito mais valiosos em termos de qualidade nutricional e terapêutica.

A cenoura e beterraba são legumes também glicêmicos, por conterem alto teor de açúcar, mas são alimentos de altíssimo valor nutricional. Uma dica interessante é comê-las crua acompanhando saladas. Neste caso, elas são menos glicêmicas e engordam menos. Raízes cruas são ideais para o consumo de gestantes e pessoas em convalescença.

Para as crianças, adolescentes e adultos que não têm muito o hábito de comer frutas, saladas e legumes, valem as seguintes sugestões:

  • Reduza lenta e gradualmente a compra no supermercado de guloseimas como salgadinhos, biscoitos e doces.
  • Mantenha assiduamente uma salada, gelatina com frutas ou mousse de frutas na geladeira. Eles muitas vezes não comem frutas por preguiça de descascar. E, na falta de guloseimas, por que não?
  • Prepare bolos e pães integrais com frutas e legumes.
  • Para temperar legumes cozidos ou saladas prepare molhos saudáveis e criativos como os sugeridos no meu livro O poder de cura do limão. Muitas vezes não comemos ou gostamos de saladas e legumes porque não sabemos (ou temos preguiça) como temperá-los saborosamente.

Email: mctrucom@docelimao.com.br

Açucar1

COMO PERDER O EXCESSO DE GORDURA CORPORAL?

Muitas pessoas e profissionais da área falam em Alimentação Balanceada, mas muito poucos esclarecem com propriedade sobre o que se trata.

Na verdade, Alimentação Balanceada é uma dinâmica muito simples, mas que acabamos por complicar devido ao fato das pessoas não conhecerem a função e o poder nutricional dos alimentos e, menos ainda, sobre as necessidades reais do ser humano.

Uma refeição (ou lanche) balanceada é aquela que contém os três tipos de alimentos fundamentais para o perfeito funcionamento metabólico do organismo:

  1. Alimento ENERGÉTICO – que são os Carboidratos, fontes de GLICOSE;
  2. Alimento de CONSTRUÇÃO CELULAR – que são aqueles ricos em PROTEÍNAS;
  3. Alimento de CONSTRUÇÃO HORMONAL – que são as gorduras nutricionais ricas em ácidos graxos mono e poli-insaturados.

O corpo humano é movido à base de energia (combustível), utilizada pelo cérebro, músculos e para fazer acontecer todo o metabolismo vital da nossa existência. Ou seja, ENERGIA se transforma em AÇÃO.

O combustível de um avião é o querosene, o de um carro é a gasolina ou o álcool, o de um caminhão é o diesel, e a fonte de energia de nós humanos é um tipo de açúcar, um monossacarídeo, a GLICOSE.

Os alimentos que nos fornecem a glicose são chamados de ENERGÉTICOS, os tão famosos CARBOIDRATOS.

Em nossa sociedade, é comum fazermos uso exagerado e incorreto deste tipo de alimento o que, fatalmente, nos leva à obesidade e às mais diversas doenças. Isto porque ingerimos mais energia do que as nossas reais necessidades.

Assim, a energia que não usamos é armazenada como gordura, além de causar estresse metabólico principalmente no fígado, pâncreas e cérebro.

Aprender a fazer uso, com sabedoria, deste tipo de alimento, seguindo a orientação de uma Alimentação Balanceada, ou seja, mais consciente, fará enorme diferença no resultado final da nossa energia, vitalidade, lucidez, peso e qualidade de vida como um todo.

Já o alimento reconhecido como CONSTRUTOR CELULAR é aquele que, ao ser digerido, fornece matéria prima para realizar a manutenção da estrutura óssea, dos músculos, dos órgãos, do sangue, enfim, construirá todas as nossas células, que estão a todo instante se renovando. A esta classe de alimento damos o nome de PROTEÍNA.

E, por último, precisamos também de matéria-prima para realizar a produção equilibrada de nossos hormônios, responsáveis pela grande rede de comunicação e comandos do metabolismo humano.

A este tipo de alimento damos o nome de CONSTRUTOR HORMONAL ou de GORDURA NUTRICIONAL. Lembrar também que o cérebro humano é basicamente constituído de lipo-proteínas, portanto 65% gordura (nutricional) e 35% proteína. Portanto, olho na qualidade e quantidade de proteína e gordura que ingerimos, porque através de uma Alimentação Balanceada e Consciente podemos construir mais inteligência, serenidade e equilíbrio emocional.

Nesta série de textos vocês irão saber, através de algumas tabelas, quais alimentos são os carboidratos, as proteínas e as gorduras nutricionais; como também as quantidades básicas de consumo na hora de balancear.

Irão saber como e porque diferenciá-los entre as opções saudáveis e as menos favoráveis e, finalmente, como misturá-los numa proporção balanceada, para que toda a saúde seja beneficiada, com mais energia, lucidez, produtividade e saúde (ou cura).

Ao final de cada texto serão apresentadas receitas saudáveis e práticas as quais você e toda a família poderão desfrutar. Meras sugestões, que ajudarão no desenvolvimento da sua criatividade, sabendo que são quitutes saborosos, que dão prazer, mas não engordam, porque são balanceados. Ou seja, apresentam a proporção ideal de fonte energética + construção celular + construção hormonal.

OS CARBOIDRATOS – FONTE GERADORA DE GLICOSE = ENERGIA

Importância da escolha dos melhores Carboidratos x Comando triplo de obesidade

Infelizmente, muitas pessoas não sabem realmente o que é um carboidrato. A maioria dirá que os carboidratos são doces e massas.

Ignoram que legumes, feijões, frutas e hortaliças são igualmente carboidratos. Todos são apenas fontes diversificadas de nos proporcionar energia, alguns carboidratos são classificados como simples (rápidos), outros como carboidratos complexos (lentos).

O corpo precisa de consumo contínuo de carboidratos para alimentar o cérebro, que usa glicose como sua principal fonte de energia, e para todas as funções metabólicas que necessitam de glicose + oxigênio.

O nível ótimo de glicose no sangue é de 80 a 120 dg/l porque, nestas concentrações, o cérebro e todo metabolismo vital estão sendo supridos de energia de forma otimizada. Para manter esta faixa de concentração da glicose sob controle, o ideal é que ela seja produzida e liberada no sangue de forma lenta e gradual, ou seja, sem picos glicêmicos.

Entretanto, quando ingerimos carboidratos que se transformam em glicose muito rapidamente, ou em demasia, haverá um aumento rápido do nível de glicose na corrente sangüínea, ou seja, um pico glicêmico com taxa maior que 120 dg de glicose/litro de sangue. Para adaptar-se a esse aumento vertiginoso e perigoso de glicose no sangue, o pâncreas rapidamente secreta um hormônio chamado insulina.

A insulina é, basicamente, um hormônio de armazenamento, porque transforma o alto nível de glicose no sangue em acúmulo de gordura corporal. Em outras palavras, quando ingerimos muito carboidrato, ou carboidratos muito rápidos, estamos basicamente enviando uma mensagem hormonal ao corpo (na verdade às células adiposas), via insulina, que é: ARMAZENE GORDURA.

Pior ainda, os maiores níveis de insulina não só dizem ao corpo para armazenar gordura como também informam-no para que NÃO LIBERE qualquer gordura armazenada. Portanto, o excesso de carboidratos na sua alimentação não só faz com que você engorde, como garante que você permaneça gordo.

Triplamente pior é que o excesso de insulina na corrente sanguínea reduz a taxa de glicose para níveis abaixo de 80 dg/l, a conhecida hipoglicemia, e o cérebro (principal consumidor deste combustível), para não interromper suas funções vitais, inicia um comando de fome, exigindo o consumo de mais carboidrato.

Ou seja, você acaba de comer um doce, o organismo passou por enorme desarmonia, armazenou gordura, entrou em estresse e já está de novo com fome de mais doce.

Os carboidratos são de dois tipos:

  • Os rápidos – menos recomendáveis – também classificados de ALTO VALOR GLICÊMICO, pois após sua ingestão, liberam rapidamente a glicose para a corrente sanguínea;
  • Os mais lentos – mais recomendáveis – também classificados de BAIXO VALOR GLICÊMICO, pois após sua ingestão, liberam a glicose para a corrente sanguínea de forma lenta e gradual.

O estômago é basicamente um tanque indiscriminado de enzimas digestivas que decompõem todos os carboidratos – seja um bolo, um pão integral, brócolis, alface ou aveia – em glicose.

O que diferencia um carboidrato rápido de um lento é a velocidade na qual ele se transforma em glicose e penetra na corrente sanguínea. Quanto menor a velocidade de transformação em glicose, mais lenta e gradual será sua liberação para a corrente sanguínea.

O que determina esta velocidade?

  • A tamanho da cadeia do açúcar que será digerido;
  • O conteúdo de fibra do alimento ou refeição;
  • O conteúdo de gordura do alimento ou refeição.

Vejamos nas tabelas abaixo exemplos de carboidratos e seus índices glicêmicos.

TABELA – Velocidade ingresso da glicose no sangue = ÍNDICE GLICÊMICO (IG)

Uma vez entendido que a qualidade dos carboidratos está diretamente ligada à velocidade com que jogamos glicose no sangue e portanto à facilidade para engordar, cabe fazermos uma lista dos carboidratos mais saudáveis e recomendáveis, justamente aqueles que deverão ser eleitos com maior frequência no preparo da despensa, das refeições e lanches.

E saber também daqueles carboidratos que são mais rápidos para engordar, e passar a fazer um consumo moderado destas opções. Uma outra possibilidade é misturar opções menos recomendáveis com opções mais saudáveis.

Uma boa sugestão é preparar o arroz integral (1 xícara) juntamente com legumes picadinhos (1 ou mais xícaras) e sementes (*), dando o nome de “arroz à jardineira”.

Uma receita muito saudável de fibras – Gerlinsal com Fibras

Todos nós já passamos por esta situação: desejamos aumentar o consumo de alimentos integrais como os legumes, as verduras, as frutas e os cereais. Algumas vezes até os ingerimos na frequência ideal, mas o companheiro e os filhos resistem.

Uma saída: GERLINSAL COM FIBRAS, que é uma mistura de gorduras nutricionais juntamente com sal marinho e numa composição ótima de fibras saudáveis.

Interessante é que o maior consumo de fibras implica automaticamente num maior consumo de água, um excelente hábito alimentar. Todos os ingredientes desta formulação são integrais e crus, com elevado teor de micro nutrientes, proteínas e energia vital.

Consumir GERLINSAL COM FIBRAS diariamente para temperar refogados, ensopados, sopas, cremes, patês, maioneses, purês, saladas. Usar uma colher de café nos preparos culinários para até 4 pessoas. Oferecer alimentos temperados com GERLINSAL COM FIBRAS para crianças, adolescentes, gestantes e todas as pessoas que desejam ser saudáveis. Contém baixo teor de sal (< 0.2%).

PREPARO:

100 gramas de sementes de gergelim cru com casca / 100 gramas de sementes de linhaça / 1 colher de sopa de sal marinho / 100 gramas de germe de trigo cru / 100 gramas de farelo de aveia / 100 gramas de farelo de arroz (opcional)

Misturar no liqüidificador (aos poucos) a semente de linhaça, o gergelim e o sal. Triturar. Ao final, descarregar do liquidificador e misturar com os pós. Embalar em vários potes com tampa e manter na geladeira.

Variação doce para decorar sobremesas: Preparar metade da receita com sal marinho e metade com adoçante natural a gosto.

Conceição Trucom é química, cientista e escritora sobre temas voltados para a Alimentação Consciente, Meditação e autoconhecimento. Participe de suas palestras.

Email: mctrucom@docelimao.com.br

Por: Conceição Trucom – mctrucom@docelimao.com.br

salt-3

Dr. David Brownsteinmédico norte-americano, autor do livro “Salt: Your Way to Health (Sal: o caminho da saúde), é graduado pela Universidade de Michigan e Wayne State University School of Medicine.

É professor clínico de Medicina da Wayne State University School of Medicine. É membro da Academia de Médicos de Família, da Academia Americana de Medicina Preventiva e da Sociedade de Acupuntura de Michigan e da Academia Americana de Acupuntura Médica.

Sobre o nutriente SAL, este médico e professor de medicina diz que:

Desde que me formei na escola de medicina, em 1989, eu cheguei a conclusão de que muito do que me foi ensinado estava errado. Na verdade, na minha formatura na escola de medicina, o reitor disse: “50% do que acabamos de lhes ensinar está errado, o trabalho de vocês é descobrir qual parte foi correta e o que foi incorreto”.

Quando os estudantes de medicina vem ao meu escritório, eu sempre os incetivo a questionar tudo, a questionar o que lhes foi ensinado. Eu fui ensinado na escola médica de que uma dieta com pouco sal é saudável.

Além disso, foi colocado em minha cabeça que qualquer pessoa com doença cardíaca, particularmente insuficiência cardíaca, deve limitar o sal na dieta. Na verdade, isso é o padrão do cuidado de um cardiologista ao seu paciente com problemas de coração, limitar o sal da dieta. Isto é especialmente verdade quando o paciente sofre de insuficiência cardíaca.

Então, se limitando sal na dieta de um paciente com insuficiência cardíaca teríamos um melhor resultado? Um estudo recente (Journal of the American College of Cardiology: Heart Failure.  Vol. 4, No. 1, January, 2016) procurou avaliar o impacto da restrição de sódio em pacientes com insuficiência cardíaca.

Foram inscritos 902 pacientes com insuficiencia cardíaca e os acompanharam por 36 meses. Com base na ingestão de sódio, os indivíduos foram classificados em dois grupos: ‘restrição ao sódio (<2.500 mg/dia) e irrestritos ao sódio (> 2.500 mg/dia).

Resultado: a restrição ao sódio foi associado a um risco significativamente maior de morte ou hospitalização por insuficiência cardíaca em 85%. Os autores concluíram: “em pacientes com insuficiência cardíaca, restrição de sódio pode ter um impacto NEGATIVO sobre o resultado”.

O sal é o segundo principal constituinte do corpo humano, ao lado da água. Se os médicos estão sugerindo para limitar o segundo principal constituinte do corpo eles deveriam ter bons dados sólidos disponíveis para fazer essa recomendação.

Eu testei milhares de pacientes para verificar seus níveis de sal e descobri que a maioria, mais de 90% são deficientes de sal. Nunca houve dados sólidos para demonstrar que a limitação de sal em pacientes cardíacos seja benéfico.

O sal é um nutriente essencial no organismo. A maioria das pessoas que limitam o sal em suas dietas tornam-se fracos pelos muitos efeitos adversos, incluindo pressão arterial elevada (sim, você leu corretamente!), disfunção cerebral, fadiga, fraqueza, bem como dores musculares e câimbras nas pernas.

O sal é um nutriente vital; não podemos viver sem ele. É tão vital como o oxigênio ou a água para o nosso corpo.

Para a maioria das pessoas, limitar o sal é uma ideia ridícula. Existem poucas pessoas sensíveis ao sal e distantes entre si. É importante comer o tipo certo de sal e evitar o sal refinado.

Referência:

http://blog.drbrownstein.com/salt-restriction-results-in-increased-death-and-hospitalization/

Camomila

Toda erva, sem exceção, possui alguma propriedade medicinal, algum poder de nos ajudar a equilibrar nosso corpo. É um costume nos ampararmos na sabedoria popular a respeito das ervas medicinais, mas hoje vamos falar da Camomila e de 5 poderes que ela tem e você ainda não conhecia.

Antes de falar de tais potencialidades, vamos fazer uma breve apresentação da abordagem Fitoterapia e da Fitoenergética, além de informações básicas sobre a Camomila. Continue a leitura logo abaixo.

Plantas medicinais e suas propriedades

Basicamente, as propriedades dos chás de ervas, flores, frutas, folhas, sementes, cascas ou raízes podem ser separadas em duas categorias:

Propriedades fitoterápicas que são provenientes da atuação do princípio químico ativo da planta no corpo físico, ou seja, há características químicas da planta que produzem certos efeitos no nosso corpo biológico.

Nessa abordagem, para que você possa usufruir tais propriedades, é importante saber usar as plantas certas, nas quantidades corretas, pois, apesar de tomar algo natural, uma superdosagem pode causar efeitos colaterais.

Propriedades fitoenergéticas que se processam a partir do poder oculto ou da energia sutil da planta, que atuam na alma humana, nos corpos mental, emocional e espiritual. Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma oração poderosa ou o preparo durante um ritual de chá já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.

Outra grande vantagem é que, se você usar uma planta exatamente como o método da Fitoenergética orienta, não haverá qualquer tipo de contraindicação. Dessa forma, você pode usá-la associada a qualquer outro tipo de tratamento que você ou alguém que você queira ajudar esteja recebendo.

Camomila

Os nomes científicos dessa erva tão popular são inúmeros, pois a camomila também é o nome comum para várias espécies de margaridas. Alguns desses nomes são Matricaria recutita, Chamomilla recutita e Matricaria chamomilla.

O seu chá pode ser usado, de acordo com a fitoterápica, para febre, inflamações, espasmos musculares, cólicas e distúrbios menstruais, assim como distúrbios digestivos e hemorroidas.

Chá de camomila e seus poderes

Pelo sistema da Fitoenergética, o chá de camomila possui 5 poderes a mais que a Fitoterapia não revelou:

  • O de eliminar a raiva, o ódio, as mágoas;
  • O de ajudar a recuperar a esperança e saber perdoar;
  • O de eliminar o medo e a falta de fé;
  • O de gerar otimismo e eliminar o estresse emocional (nesse caso, são dois poderes em um!);
  • O de acalmar e relaxar em casos de nervosismo e hiperatividade.

Chá Calmante

O chá de camomila tornou-se famoso por sua propriedade calmante, usado como uma ajuda para dormir, e na Fitoenergética ele também tem essa aptidão. Quem nunca tomou uma xícara desse chá, preparada com carinho pela mãe ou pela avó, para dormir como um anjo?

Além de ser usado como uma ótima forma de ritual para quebrar o ritmo enlouquecedor do dia a dia e desacelerar a mente antes de dormir, o chá de camomila pode ser combinado a outras ervas montar um tratamento natural para a ansiedade.

Então é isso, pessoal! Usem e aproveitem tudo o que a Camomila tem a oferecer para a sua saúde e equilíbrio.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e pessoas que podem aproveitar essas informações.

Grande abraço e até a próxima!

Redação Luz da Serra

Quando você chega em casa, tira os sapatos ou entra calçado? Se entra calçado, temos uma recomendação: mude já esse hábito. A maioria dos asiáticos, especialmente os japoneses, andam descalços dentro de casa. E normalmente, quando chegam em casa, eles tiram o sapato antes de passar pela porta de entrada.

Acha que isso é por acaso? Não, é fruto de um povo com sabedoria milenar. E agora os ocidentais, com suas pesquisas científicas, estão começando a entender o hábito dos japoneses.

A Universidade de Houston realizou uma pesquisa e descobriu que 39% dos sapatos continham bactérias Clostridium difficile. Essa bactéria é uma ameaça pública e resistente a vários antibióticos.Os problemas que podem ocorrer são diarreia e, o mais grave, a inflamação do cólon.

Outro estudo, desta vez na Universidade de Arizona, descobriu 9 formas diferentes de bactérias encontradas na sola dos sapatos.

Para você ter ideia, a parte inferior do calçado é mais suja do que assentos sanitários.

O Dr. Charles Gerba, microbiologista e professor, resolveu fazer uma experiência para saber até onde isso é grave. Comprou sapatos novos, usou por apenas duas semanas e encontrou 440.000 unidades de perigosas bactérias que podem provocar, entre outros problemas, pneumonia e infecção respiratória.

A Clostridium difficile atinge apenas quatro de cada dez pessoas, mas há muitos outros tipos de bactérias e elas precisam ser evitadas. Um piso de banheiro público, por exemplo, contém 2 milhões de bactérias por polegada quadrada. O que acontece se você pisar num ambiente desse e depois entrar em casa sem tirar os sapatos?

Consequências ainda mais graves ocorrerão se você tem filhos pequenos em casa, pois eles colocam as mãos no chão, se deitam e rastejam. Para um bebê de até 2 anos, com o sistema imunológico ainda em formação, isso é um verdadeiro perigo!

Também devemos levar em consideração que o solado do sapato pode acumular resíduos de produtos químicos, germes e agentes patológicos. Por isso definitivamente aconselhamos você a deixar os calçados do lado de fora da casa.

Alguns ocidentais já têm esse costume de só andarem pela casa descalços. No entanto, muitas vezes, acabam calçando os sapatos antes de sair, dando algumas voltas no interior da casa.

Agora que você já sabe do perigo de entrar em casa com seus sapatos, mude esse hábito JÁ!

acido-Linoleico-Conjugado

O Ácido Linoleico Conjugado é um ácido graxo único encontrado quase que exclusivamente em animais ruminantes e gorduras de laticínios.O CLA somente foi reconhecido há algumas décadas, tendo sido descoberto pelo pesquisador australiano Peter Parodi, que deu o nome de ácido alfa-ruminante, pela sua origem no Rumen. Mas ele é popularmente conhecido pela sua sigla, CLA.

Anos após a descoberta do Dr. Parodi, um grupo da Universidade de Wisconsin, liderado pelo bioquímico Michael Pariza, realizou profundo estudo comprovando as propriedades anticâncer do CLA. Em seguida, o mesmo grupo de pesquisadores comprovou também o efeito de queima de gorduras de depósito. E assim, o CLA se tornou muito falado e procurado por esses 2 objetivos.

É possível produzir o próprio CLA?

Recentemente, um bioquímico universitário escreveu um artigo sobre o CLA no seu site, dizendo que os indivíduos poderiam consumir ácido linoleico  e que com isso o seu próprio corpo produziria CLA. É algo bem estimulante, mas na verdade um grande erro, teorizando que se conseguiria isso mastigando o seu próprio “Rumen”. Falei um pouco sobre isso no artigo em que explico porque não indico o óleo de cártamo (clique aqui para ver).

Produzir o seu próprio CLA só poderia ser possível se os humanos fossem herbívoros e mastigassem seu próprio Rumen. Os seres humanos, diferente das ovelhas, cabras ou vacas, não tem essa capacidade!

Não obstante, nós podemos produzir CLA do ácido trans vacínico que chega até nós através da gordura do leite. Esse ácido é dessaturado pelo mesmo sistema dessaturador que produz ácido oleico no nosso corpo, a partir do ácido esteárico.

Aonde encontrar a melhor fonte de CLA

As melhores fontes de CLA com certeza são as carnes, leite e derivados de gado criado a pasto. Esses produtos tem maior concentração do ácido. Para se ter uma ideia, carnes leite e derivados de animais criados confinados só contêm cerca de 1/5 a 1/3 da quantidade encontrada nos animais criados a pasto.

Além disso, esses últimos têm muito mais ômega 3 concentrado, além de menos calorias!

Procure o produto certo: carne de gado criado a pasto

Converse com o seu açougueiro, explique o que está procurando. Saiba que 80% do gado no Brasil é criado a pasto. Uma dica: carnes muito embaladas, marcas especiais, gado especial, etc. possivelmente vem de animais confinados.

Portanto, a ajuda do açougueiro é fundamental nessa escolha. Ele saberá ajudá-lo. Sempre procuro consumir carne de gado a pasto, que tem textura, cheiro, sabor, aparência e componentes nutricionais bem superiores ao gado confinado. Conforme você “descobre” isto, é como degustar um vinho ruim e outro bom! Nunca mais vai querer consumir nem a carne confinada nem o vinho ruim!

Isso vai lhe trazer mais benefícios de saúde para você e a família, e estará ajudando o meio ambiente também. Sabemos que os dejetos do gado confinado e seus tratamentos são responsáveis por produzir porções significativas de dióxido de carbono, metano e óxido nitroso, além de outros gases lesivos

E mais: o processo de plantações de monoculturas para produzir rações, com uso de fertilizantes, defensivos agrícolas, preparo do solo (esterilização de toda a biovida do solo, das plantas e da fauna da superfície) e também a utilização de máquinas com combustível fóssil na lavoura (nos cuidados de manutenção, colheita e suporte de rações aos cochos dos confinamentos) aumentam ainda mais essa agressão ao ambiente.

Leite e derivados de vacas a pasto

Procure por leite e derivados não pasteurizados, aonde você encontrará altíssimo valor proteico, do mesmo nível de carne, peixe e ovos. Essas vacas criadas a pasto são as que terão nos seus produtos a maior concentração de CLA, bactérias saudáveis, enzimas, gorduras boas e proporção ideal de ômega 3 : ômega 6, junto com cálcio e vitamina K2.

Por outro lado, com a pasteurização, o leite causa uma série de problemas de saúde, desde desconforto digestivo, autismo, alterações da glicemia, etc. Na verdade, não é só a pasteurização, mas também quando há processo de confinamento e em especial a raça das vacas.

Só não recomendo consumir leite cru e seus produtos caso esteja com algum comprometimento do sistema imunológico ou grávida.O CLA é encontrado na gordura, portanto, quanto mais gordura o alimento contém, melhor.

Fontes de CLA

Carne vermelha mg de CLA / g da gordura total
à pasto 30
carne moída 4,3
frango 0,9
porco 0,6
salmão 0,3

Leite mg de CLA / g da gordura total
de vaca à pasto 20 – 30
queijo 20 – 30
pasteurizado (integral) 5,5
manteiga 4,7

Benefícios do CLA

Os estudos mostram que CLA combate:

  • Asma
  • Câncer
  • Doença cardiovascular
  • Osteoporose
  • Hipertensão
  • Colesterol elevado
  • Triglicérides elevado
  • Inflamação
  • Resistência à insulina
  • Depósitos de gordura, promovendo emagrecimento, aumento de taxa metabólica e melhoria da musculatura magra

Referências bibliográficas:

  • The Journal of Nutritional Biochemistry. 2006 Dec;17(12):830-6.
  • Journal of Nutrition. 2005 May;135(5):1124-30
  • Nutrition Journal 2010, 9:10
  • American Journal of Clinical Nutrition. 2004 Jun;79(6):1118-25
  •  American Society of Animal Science, p. 3575-3585
  • LivestockProduction Science 94:137-147
  • Sinal Verde para a Carne Vermelha. Editora Gaia.  2011

Fonte: http://www.drrondo.com/

A fome é a maneira de nosso corpo nos levar a buscar comida para sobreviver. É um instinto animal poderoso que pode motivar condutas extremas.

É resultado da leitura que o cérebro faz de mudanças nos níveis de hormônios e nutrientes no sangue.

Nossa reação a esse sentimento pode nos levar a ingerir alimentos pouco recomendáveis ou em excesso.

Mas, ao entender nossa fome, é possível controlá-la melhor?

Quando não nos sentimos satisfeitos, o cérebro continua incentivando a busca por alimentos.

POR QUE NÃO ME SINTO SATISFEITO?

O sistema digestivo humano está em permanente comunicação com o cérebro.

O sistema digestivo humano envolve uma interação complexa entre órgãos.

A maneira como nos sentimos é influenciada pelo que comemos.

Se não nos sentimos cheios, nossos cérebros continuarão desejando que busquemos alimentos.

Diferentes tipos de comida afetam o cérebro de várias maneiras. As gorduras, por exemplo, enganam o cérebro indicando a ingestão de menos calorias, o que nos leva a comer mais.

Isso ocorre porque tais alimentos, como manteiga ou frituras, estão densamente carregados de energia.

As fibras, por outro lado, provocam a liberação de hormônios intestinais que promovem sensação de saciedade.

Uma dieta com poucas fibras, com pouco ou nenhum alimento integral ou frutas e vegetais, pode fazer com que fiquemos sempre com fome.

Alimentos com baixo índice glicêmico (IG), como nozes, vegetais e grãos, liberam energia mais lentamente do que aqueles com IG alto, como pão branco e açúcar.

Por isso, ingerir alimentos de baixo IG controla o apetite, ao aumentar os níveis de hormônios intestinais que nos fazem sentir saciedade.

CULPA DO ORGANISMO?

Será que algumas pessoas possuem predisposição a ter mais fome?

Os hormônios, moléculas que regulam processos biológicos e atuam como sinais químicos entre os órgãos, podem ter efeito poderoso nas dietas.

Dois hormônios, o hormônio peptídico intestinal (PYY) e o peptídeo semelhante ao glucagon 1 (GLP-1), enviam mensagens desde o intestino ao cérebro para avisar quando estamos satisfeitos.

Seus níveis aumentam após as refeições, mas existem pessoas com baixas quantidades desses hormônios. Nesse caso, é preciso ter mais cautela ao comer, pois há menor chance de sentir saciedade após a ingestão de uma porção normal de comida.

Outros hormônios influenciam a fome. A leptina e a grelina, por exemplo, marcam a diferença entre fome e satisfação.

A leptina é liberada por células que formam o tecido adiposo do corpo, que todos temos, e controlam o apetite. A grelina faz o estômago roncar, para nos lembrar que é preciso comer.

Obesos costumam desenvolver resistência aos efeitos da leptina, pois o organismo dessas pessoas acaba se acostumando a altos níveis desse hormônio, o que diminui seu efeito.

Quando uma pessoa com sobrepeso faz dieta, a redução de leptina que acompanha qualquer queda de reservas de gordura pode provocar a sensação de estar “morrendo de fome”.

COMIDA COMO CONSOLO

A comida fornece prazer imediato, ainda que logo venha o arrependimento. Mas a memória do prazer é mais intensa.

Outro hormônio que afeta o apetite é a serotonina, que faz nos sentirmos felizes após comer. Alimentos doces produzem rápido aumento de energia, o que pode melhor temporariamente o ânimo.

A comida é como uma droga: as mesmas áreas do cérebro que se ativam na alimentação funcionam com o vício em drogas.

Alimentos podem estar estritamente vinculados a situações sociais, como jantar com amigos, daí pode ser difícil comer menos pelos possíveis impactos na vida social.

O chamado apetite emocional pode ser uma resposta ao estresse. O hormônio cortisona causa desejo por comida altamente energética. Os hormônios do estresse fomentam também a formação de células adiposas, que dão mais espaço ao corpo para armazenar gordura.

Há pessoas que comem demais quando estão estressadas ou deprimidas, enquanto outros o fazem quando se sentem felizes.

Mas há grandes diferenças individuais, e até as estações do ano influenciam: a maior parte das pessoas come mais no inverno.

BONS E MAUS HÁBITOS

A fome é causada por vários fatores, resultado de interações entre o cérebro e o sistema digestivo.

Mas há como controlá-la.

O contexto em que se come é importante e cria hábitos. Comer em horários regulares pode ajudar a reduzir os sentimentos irresistíveis de fome.

Dietas rápidas não nos fazem sentir menos famintos, mas trocar costumes, sim. Pequenas e duradouras mudanças na dieta e exercícios, por exemplo. Fazer listas de compras e manter a disciplina, sem ir ao mercado em momentos de estresse.

Porções reduzidas em pratos menores também podem a ajudar a comer menos sem sentir fome logo.

No entanto, largar maus hábitos pode ser difícil psicologicamente.

REDUZIR A FOME

Há várias coisas que teriam a capacidade de ajudar a reduzir o apetite. Eis alguns exemplos.

Chá verde

Em 2011, um estudo mostrou que o extrato de chá verde reduzia o aumento de peso em ratos obesos. O extrato diminuiu a capacidade de absorção de gordura dos ratos, mas não o apetite dos roedores.

Medicamentos

Em geral, são prescritas apenas a pessoas com problemas de obesidade. Existem remédios para ajudar a reduzir o apetite ou impulsionar a perda de peso. Mas pode haver efeitos colaterais desagradáveis.

Amêndoas

Amêndoas contêm muitas fibras, bem como vitaminas e minerais. Um lanche formado por uma porção de amêndoas pode conter a fome por cerca de 30 minutos.

Da: BBC BRASIL

Açucar1

Imaginem! Mexer com o santo prazer de consumir todos aqueles doces de cada dia!

Infelizmente o ser humano tem um sério bloqueio em usar o caminho do meio, do bom senso, da criatividade.

Se não posso fazer 100%, então não tem jeito mesmo, chuto o pau-da-barraca e faço 0%.

A mente viciada deseja muito açúcar, sonha açúcar, imagina açúcar, não consegue pensar outra coisa, raciocinar, vira um fantoche, um zumbi com os olhos vidrados diante da idéia de ingerir um doce.

Se não tem um doce, vai leite em pó, vai leite condensado, vai açúcar de colher. Vejo um doce e esqueço todos os meus propósitos, todas as minhas prioridades.

Esquecemos que entre zero e 100 existe uma infinidade de opções. Se o açúcar branco é muito maléfico para a saúde humana, que tal ativarmos nossa criatividade e encontrarmos outras opções, outros sabores, outras quantidades?

Que tal usar a informação para ativar a força de vontade, a auto-estima, a determinação, a motivação para buscar uma salada de frutas, uma fruta assada, um bolo integral feito com metade do açúcar (mascavo); usar frutas secas, mastigar mais todos os alimentos e achar o seu sabor sem embotar as papilas com toneladas de açúcar?

Sabe o que acontece? O açúcar em excesso, independente de ser proveniente de uma fruta, um bolo ou biscoito, é um alimento que entorpece, que seda, que acomoda, que nos coloca numa postura mais YIN, mais passiva.

Pelo fato de entorpecer e sedar, a lucidez e a clareza ficam em alguma instância prejudicadas. Isto é cultural. Os pais enchem as crianças de açúcar para elas ficarem mais dóceis; os escravos eram supridos de açúcar para ficarem mais dopados, porém felizes.

E o pior é que as pessoas viciadas em açúcar não percebem isso porque não têm referência.

Como seria você se não consumisse tanto açúcar? Como seria sua disposição? Sua capacidade de concentração? Sua capacidade de realizar todos os seus desafios de cada dia? Sua capacidade de ser mais participativo e ativo nas relações? Sua serenidade? Sua ansiedade?

Fica esta proposta no ar: Como você seria se consumisse (somente por uma semana) metade do açúcar que consomes hoje?

Passo abaixo um texto e depoimento da Adriana Alves do site www.todos-os-sentidos.com.br

PALADAR – CULPA ESSE PESO…

Quem come depressa, come mais e saboreia menos. E quem se sente culpado pelo bombom, pela batatinha ou pela tigelinha de pistache faz isso mesmo: engole rápido para diminuir a sensação de pecado, não sente o gosto da comida, ganha peso… e mais culpa.

O cheiro e o sabor de uma comida gostosa são um prazer e tanto…

Para algumas pessoas o chocolate é a maior tentação… O motivo? Porque é a combinação perfeitamente irresistível de duas coisas muito apreciadas: açúcar e gordura, sem falar de textura, aroma e sabor…

A ciência nem precisa nos explicar que o chocolate produz endorfinas que inundam o cérebro de prazer (nós já sabemos…).

Quem sente muita culpa quando é invadido pelo desejo de comer chocolate (porque está em regime, ou não quer engordar…) fica tentando equilibrar a força de vontade entre jamais comer a gostosura e o impulso de engolir todo o qualquer tipo de chocolate que apareça… Ao sucumbir (o que é freqüente) sente tanto remorso que come tudo bem rápido para diminuir o tempo de culpa, e nesse processo o prazer é encurtado.

As papilas gustativas precisam de tempo para detectar e experimentar as sensações. Se a comida passa correndo goela abaixo, será necessário comer mais e mais, enchendo o estômago, sem saciar o apetite (que é diferente da fome).

DICAS: coma sentado o chocolate, degustando cada pedacinho, sem pressa e sem preocupação…

  • Outra maneira de manter o prazer da cervejinha gelada é beber água para matar a sede, deixando a bebida alcoólica apenas para o deleite ocasional.

CÉU E INFERNO

Não há garantia de que você irá para o céu se comer salada todos os dias, ou padecer no inferno porque vez por outra come um bombom. Contudo, se você nunca come legumes e verduras, mas se “entope” de bombons, é natural que algumas conseqüências possam lhe acontecer aqui na Terra mesmo! A sabedoria está no equilíbrio…

E um DEPOIMENTO da Adriana para ajudar a todos no “escutar” do seu corpo:

Um dia notei que chocolate com açúcar me dava náuseas, pressão baixa e dor de cabeça.

Diferente do chocolate puro. Com muita atenção, percebi que talvez o próprio açúcar branco estivesse me fazendo mal – porque esse mal-estar aparecia também quando eu comia aquelas sobremesas “maravilhosas” e atrativas.

Procurei algumas leituras sobre o assunto e percebi que poderia estar certa. Fiquei até assustada. Decidi simplesmente cortar o açúcar da minha dieta alimentar.

Inacreditável! No primeiro dia, fiquei ansiosa… sem motivo específico. No terceiro dia sem açúcar eu tremia, tive crises agudas de ansiedade. Então, para não ser tão radical, comia uma vez por dia colheres de leite condensado, até conseguir me livrar destes sintomas e do vício.

Isso tem quase dois anos, e hoje, ingiro açúcar apenas em eventos sociais ou situações desse tipo. Emagreci por volta de 20 kg, associando o abandono do vício do açúcar com uma dieta pobre em gorduras.

Enfim, fiz uma revolução na minha beleza exterior, partindo apenas da ATENÇÃO em relação ao meu estado de ânimo e aos sinais que o meu corpo sempre emitiu – e por ignorância eu não atendia.

Por: Conceição Trucom – mctrucom@docelimao.com.br

Acucar

Até cerca de 300 anos atrás a humanidade não usava aditivos doces na sua dieta ordinária. Os povos antigos e civilizações passadas não conheciam este famoso aditivo doce. O mel era usado eventualmente, mais como remédio.

Este processo histórico prova que o açúcar é desnecessário como alimento. Foi só a partir dos dois últimos séculos que o açúcar começou a ser produzido em larga escala e ser consumido de forma cada vez mais intensa. Cada vez mais purificado, o açúcar de cana (ou beterraba) se transformou em sacarose branca. Um pó branco.

Hoje somos uma civilização consumidora de milhares de toneladas diárias de açúcar. O açúcar refinado é o resultado de um processamento físico-químico que extrai da garapa a sacarose purificada e anidra, usando e adicionando produtos químicos como clarificantes, antiumectantes e agentes de moagem. Aditivos químicos, sintéticos, muitas vezes cancerígenos e/ou danosos à saúde.

O açúcar refinado deve ser considerado como um produto quimicamente ativo, pois se trata de uma substância resultante de um processo de purificação, um concentrado. Do xarope inicial, além de evaporado, são retiradas fibras, proteínas, sais minerais, vitaminas, impurezas etc.

O produto final é a sacarose concentrada a mais de 90%, um carboidrato de elevado poder calórico e de liberação de glicose no sangue. Um alimento vazio de nutrientes, ao contrário, rico em aditivos e resíduos de um processo físico-químico, razão pela qual devemos considerar o açúcar como um não alimento, zero de energia vital, portanto, como na classificação do livro do Dr. Soleil – Você sabe se desintoxicar? – um alimento biocídico (bio = vida + cídico = que mata).

O corpo humano não necessita de açúcar refinado. O que ele realmente necessita é de glicose, ou seja, o tijolo básico dos carboidratos. Mas essa glicose pode ser facilmente obtida a partir de uma alimentação balanceada, onde frutas, cereais integrais, legumes e hortaliças são consumidas diariamente.

Ao contrário do que dietas como a do Dr. Atkins e a de South Beach preconizam (quando evitam o consumo de carboidratos), a glicose é o principal combustível de ser humano, portanto é muito importante para o seu pleno metabolismo, quando gera energia de crescimento, regeneração, movimento, pensamento e manutenção. Assim, consumida da forma correta, de fontes naturais, que inclusive o organismo precisa digerir para obtê-la, existem tempos e condições que só fortalecem e favorecem o organismo.

Mas, o slogan afirma: “açúcar é energia”.

Entretanto, esta é uma citação enganosa, pois na verdade, o correto seria dizer que: “açúcar é uma injeção de glicose na veia”, ou seja, superabundância de energia química concentrada.

E aí reside o problema: açúcar refinado é sempre excesso de energia, acima das necessidades reais. E, uma vez ingerido, para onde vai este excesso?

  • Depósito de gordura corporal nas vísceras, órgãos, sistemas…
  • Maior demanda de energia metabólica (estresse metabólico) para contornar as desarmonias energéticas geradas;
  • Envelhecimento precoce, pois a célula só usa o que necessita, todo o resto passa a ser um “estorvo” metabólico;
  • Estímulo excessivo do pâncreas;
  • Depressão do sistema imunológico, incluindo problemas como doenças repetitivas;
  • Desmineralização orgânica, incluindo problemas de anemia, dentes e ossos;
  • Subnutrição pela depressão de enzimas digestivas, portanto pobre aproveitamento e fixação de nutrientes e;
  • Problemas digestivos, gases, constipações, etc.

Ao se consumir um produto extremamente concentrado, isolado, será exigido do organismo uma compensação química. Ou seja, serão seqüestrados cálcio e magnésio do metabolismo e das reservas.

Então, indiretamente, o açúcar “rouba” do organismo depósitos destes minerais, e esta carência de cálcio, magnésio e ferro aumentam quanto maior a ingestão de açúcar. Podemos afirmar então que o açúcar é descalcificante, desmineralizante, desvitaminizante, um agente de desarmonização metabólica. Açúcar não é “alimento”, mas um “antinutriente”.

Lembramos que no consagrado livro de Willian Dufty – Sugar Blues – ele considera o açúcar como uma “droga doce e viciante que dissolve os dentes e os ossos de toda uma civilização”.

E o pior, seus efeitos são como o de uma verdadeira droga, lentos, acumulativos e insidiosos, vão minando a saúde dia após dia, ano após ano.

Importante lembrar que todo alimento classificado como carboidrato ou energético, que são os cereais e suas farinhas, as frutas, os legumes e as verduras, são assim denominados porque se transformam em glicose durante seu processo digestivo. Também, uma pequena parte das carnes e até mesmo das sementes se converte em glicose.

Portanto, numa alimentação balanceada e consciente, esta é a rota energética natural de mantemos as necessidades bioquímicas do corpo. Isso explica por que povos antigos não necessitavam de açúcar extra.

Assim, se levarmos em conta que não necessitamos de açúcar “extra”, tudo o que se consome de açúcar nestes três últimos séculos é excessivo, exagerado, muito além do que o organismo necessita.

Vamos ao bom senso? O mais importante é fazer com que cada indivíduo entenda que a alimentação natural, sem aditivos doces, contém quantidades suficientes de glicose e energia. Não são necessários aditivos adoçantes nem açúcar.

Já que o açúcar refinado existe e é impossível negar seus prazeres, vamos ao bom senso, à criatividade, ao adaptar-se? Nestes tempos de modernidade e “high tech”, ingerimos muito mais “energia” do que o necessário. Principalmente porque a humanidade está muito menos física, ao contrário, mais sedentária.

E, como estamos falando de uma “droga”, quem consome muito açúcar torna-se um dependente orgânico, e quanto mais intoxicado, mais deseja açúcar, mais sedentário, porque tende a ter menos força física, emocional e mental. Grandes consumidores de açúcar geralmente são fracos, astênicos, e acreditam que não podem fazer nada sem consumir um pouco de doce.

O Brasil, um dos maiores produtores de açúcar do mundo, tem um problema cultural, pois sua economia iniciou-se pelo cultivo da cana. Infelizmente, o brasileiro consome cerca de 200 gramas de açúcar/dia. Por extensão são cerca de 6 quilos/mês ou 72 quilos/ano.

Portanto, a cada 13 anos a pessoa consome 1 tonelada de açúcar. Então um cidadão brasileiro de 40 anos já fez passar pelo seu organismo algo como 3 toneladas de açúcar.

Por: Conceição Trucom – mctrucom@docelimao.com.br

Aromaterapia

ÁRIES – 20/03 a 20/04

Áries, o primeiro signo do zodíaco, é regido por Marte – o planeta do impulso, e é representado por um chifre de carneiro.

Áries é o pioneiro, e, como tal, os nascidos em Áries são ardentes, iniciadores e obstinados. Eles irão começar qualquer projeto com entusiasmo e prazer, mas de alguma forma, raramente terminam sua tarefa, pois tornam-se distraídos e inventam algo novo.

Estes carneiros são espontâneos e líderes natos. Possuem uma vida movida por desafios pessoais e profissionais, pois isto é excitante para eles.

Porém, quando em estado negativo, essa euforia por desafios pode torná-los extremamente competitivos e agressivos, não permitindo que seus colegas criem ideias novas, por exemplo

Os óleos essenciais que podem suavizar e acalmar o fogo de Áries são: Lavanda, Manjerona e Patchouli.

Segundo a mitologia, Marte é o “Deus da Guerra” e os arianos nascem guerreiros.

Eles adoram uma boa luta, possuem muita vontade, vigor, bravura e coragem para as batalhas da vida.

São campeões natos, mas de causas nobres. Eles tendem a não ter nenhum plano de ataque, mas são francos e diretos em tudo que fazem.

Às vezes, o espírito de luta fica muito expansivo, a ponto de Áries começar argumentos e discussões só para ter que “lutar” com outra pessoa.  Como qualquer bom guerreiro,

Áries precisa de sabedoria para saber quando realmente deve mostrar sua espada. Óleos essenciais para ajudar a desenvolver a sabedoria guerreiro de Áries são Gerânio, Cedro e Sálvia Esclaréia.

A frase das pessoas de Áries é  “EU SOU”. São pessoas que acreditam ser o centro do seu mundo.

Exemplo, aquele que cuida de toda a família, o responsável para tudo caminhar bem no trabalho. São independentes, possuem auto-motivação, auto-realização e são impulsionados pelo desejo.

São muito expressivos e iniciadores, por isso muitas vezes encontramos estes Carneiros em profissões como empresários, inventores, atletas, pioneiros – na verdade qualquer profissão, desde que eles possam criar e inovar.

Os óleos essenciais que estimulam a  criatividade do ariano são o Alecrim, Hortelã Pimenta, Manjericão, Laranja Doce e Palmarosa.

Então, da próxima vez que você precisar de alguém para lançar um projeto, que inove ou crie, pense em convidar um ariano para a sua equipe.

Ele pode não estar lá para a conclusão do trabalho, mas ele com certeza vai chegar até você e vai por encorajá-lo e empurrá-lo para fazer o melhor que puder!

TOURO – 21/04 a 20/05

Touro é a segunda casa do signo do zodíaco e é regido por Vênus, por isso são sensuais e muito bonitos.

Touro é considerado o signo de terra fixa e o que gera a necessidade estabilidade, segurança e possuir.São práticos, gentis e amigos de confiança.

Taurinos possuem ritmo próprio, não gostam de nada muito acelerado e são movidos pelo prazer.Buscam o prazer em todos os aspectos da sua vida, seja com um bom vinho, boa comida, arte, música, ou outras atividades.

Os taurinos são pessoas táteis, em geral gostam de carinho, toques lentos que passem segurança e proteção.

Quando em desequilíbrio podem manifestar a teimosia, ciúmes, possessividade, preguiça, inflexibilidade e resistência para mudanças.

São capazes até de concentrar todo o seu ser em um único objetivo, e trabalham persistentemente para a exclusão da razão ou sugestões do outro.

Os óleos essenciais que podem auxiliar nestes aspectos citados acima são: Hortelã pimenta,Manjerona, Lavanda e Cipreste.

Os taurinos tendem a levar o stress e a tensão para seus ombros e pescoço.

Eles carregam as suas emoções na região superior do tronco e sentem-se obrigados a assumir as responsabilidades para ajudar os outros.

Todas estas contorções, trazidas pela necessidade de agradar aos outros, acalmar as situações e tirar a dor do outro, gera uma carga na parte superior do corpo do touro.

Óleos essenciais que aliviam dores musculares e rigidez são Gengibre, Cipreste, Lavanda, Manjeronae Sálvia esclaréia.

Os taurinos, devido à sua praticidade e perspectivas sólidas para o mundo, pode encontrar uma carreira em qualquer coisa que lhes dá uma sensação de segurança material e estabilidade. Estas não são pessoas que mudam de profissão facilmente.

Eles vão procurar profissões em que o ambiente parece controlado, onde não haja surpresas e sem ritmo frenético.

 

 

 

 

 

 

GÊMEOS – 21/05 a 20/06

Geminianos são charmosos, alegres, joviais e inteligentes.

Aprendem rápido, coletam tudo quanto é tipo de informação para responder suas inúmeras perguntas e são muito comunicativos (possuem uma fala muito flexível).

Geminianos são regidos por Mercúrio, o planeta que representa a mente e, em qualquer lugar, estão sempre prontos para ouvir, aprender com o que ouvem e para falar pelos “cotovelos” – porém, nem sempre têm paciência para aprofundar-se no assunto.

Os óleos essenciais que auxiliam a centrar pensamentos, suportar/armazenar esta imensa quantidade de informação adquirida e ter persistência São: manjericãoalecrim e cedro.

Eles podem ver os dois lados de um argumento sem nenhum problema ou resistência, e isso faz com que você nunca tenha certeza de qual lado o geminiano está.

Se para eles existem muitas possibilidades, por que escolher apenas uma?

A tendência à dualidade gera uma alternância de humor ao longo dia. Essa busca pela variedade faz alguns geminianos, inclusive, terem dois empregos.

Muitas vezes, o currículo de Gêmeos pode ser lido como uma enciclopédia de emprego, pois não conseguem manter-se em comprometimento com  um mesmo trabalho ao longo da vida.

O óleo essencial que pode promover um centramento e  equilíbrio para estes geminianos é a Lavanda.

O trabalho que os mantêm, deve ser aquele que os estimula diariamente.

Eles adorariam uma carreira em que pudessem lidar com linguagens, pesquisas, falar em público, meios de comunicação, escrita, música, fotografia, ensino, aconselhamento, ou até mesmo voar – tudo o que os empurra para saber mais e comunicar as suas conclusões.

CÂNCER – 21/06 a 21/07

Cancerianos são caseiros e não têm medo de expressar suas emoções.

O signo de Câncer é o quarto na linha do zodíaco e é regido pelo símbolo do caranguejo.

A Lua de Câncer os regra e por isso os cancerianos estão em sintonia com as marés lunares, bem como os seus próprios ritmos internos.

Câncer governa a quarta casa, por isso são mais caseiros, amando um porto seguro em torno deles.

De todos os signos, os cancerianos são os primeiros a rir ou a chorar e normalmente expressam exatamente o que estão sentindo.

Amam o lar e a família, sua casa é seu escudo e eles se orgulham de sua aparência.

Se houvesse na astrologia uma definição de casa “tipicamente” canceriana, seria confortável, com muitas fotos de família e amigos ao redor, muitos lugares confortáveis ​​para sentar, e muita comida na despensa.

Costumam cercar-se com recordações e lembranças queridas do passado.

As tradições são muito importantes para eles, possuem uma boa memória e um dom para contar histórias.

Quando em desequilíbrio, tornam-se tímidos, tendência a chantagem emocional, apegam-se ao passado, guardam mágoas e não conseguem perdoar.

Óleos essenciais que ajudam os cancerianos nestes aspectos são cipreste, patchouli e hortelã pimenta.

Sendo um signo de água, o canceriano não tem medo de expressar emoções.

Junte isso com a influência da Lua e você verá que eles podem se tornar os mais mal-humorados do zodíaco, sentindo todas as influências energéticas à sua volta.

Os cancerianos são intuitivos, simpáticos, gentis, sentimentais e amorosos.

Câncer é o signo da maternidade, e a influência da mãe sobre um canceriano é extremamente importante.

Facilmente tornam-se dependentes de outras pessoas, ou começam a agir como uma figura materna para os outros.

Óleos essenciais para facilitar a independência e dependência saudável são sálvia esclaréia, hortelã pimenta e cipreste.

Câncer rege os seios e barriga. Muitas vezes, os cancerianos sofrem de dores de estômago e distúrbios digestivos. Os óleos essenciais que ajudam na digestão são hortelã pimenta, bergamota, erva-doce,manjerona, alecrim e limão.

LEÃO – 22/07 a 22/08

Leoninos são fortes e destemidos, amam ser elogiados e admirados.

Leão é quinto na linha do zodíaco e é um signo de fogo fixo. Seu lema é “Eu quero”.

Leoninos não são fáceis de mudar e por serem governados pelo Sol, acreditam ser o centro do mundo zodíaco.

O Leonino deseja sempre brilhar e ser reconhecido, não importa no que seja. Amam ser elogiados, respeitados e admirados, e isso implode seu peito deixando-o autoconfiante.

O leão é o rei dos animais e os leoninos são como tal: fortes, destemidos, têm grande resistência e lealdade feroz.

Eles gostam de ser tratados como realeza e governar seus reinos com um senso de justiça e um espírito divertido e amoroso.

O rei leão presenteia seus súditos, podendo ser muito generoso, caloroso e maravilhosamente romântico.

Existem muitos óleos essenciais que estimulam a sensação de “presença real” e permitem abertura para uma energia vibrante, como: Manjericãogengibreylang ylang e bergamota.

Há uma generosidade de espírito que prevalece nos Leoninos e por isso são sempre procurados pelos amigos e colegas. São muito verdadeiros e transparentes. Demonstram tudo o que pensam e sentem em sua fisionomia.

No corpo, Leão rege o coração, costas, coluna. Óleos que podem ajudar a aliviar a dor nas costas e possuem uma ação tônica para o coração:Eucaliptogengibrehortelã e alecrim.

Romântico e adorável, o Leonino encanta, elogia, e diverte a todos.

Não esqueça de devolver o elogio, pois assim facilmente você  irá reanimar um Leonino emburrado. Leões são generosos, honestos, leais e disposto a lutar por você.

Óleos que podem manter o fogo ardente do leão são patchouliylang ylang e canela.

Nos negócios, Leoninos são líderes natos. São ambiciosos, com uma determinação marcante para o sucesso.

Eles podem ser encontrados em posições criativas, relações públicas, e trabalho como porta-vozes.

Ensinar também é uma profissão em que um leão pode brilhar sobre seu orgulho.

Leoninos podem ser escritores criativos e imaginativos, frequentemente com um perverso senso de humor.

Os óleos essenciais que melhoram as capacidades de um Leão em sua profissão são ManjericãoGengibre e Bergamota.

VIRGEM – 23/08 a 22/09

Os virginianos são perfeccionistas e muito analíticos.

Virgem governa a sexta casa, que representa o serviço e a saúde.

É uma terra mutável, regida pelo planeta Mercúrio.

Os virginianos são aterrados, rápidos, práticos e muito analíticos, por isso possuem uma tendência a exagerar nas críticas e com isso são facilmente taxados de “cri cri”.

O virginiano é exigente consigo mesmo e estende isso aos outros.

Para ele é necessário ter regras, ordem, e seu lema é “Eu analiso”. Encontram o prazer realizando pesquisas e projetos com inúmeros detalhes.

O trabalho para ele é importante, se não for a coisa mais importante de suas vida, pois é através do trabalho que os virginianos entram em conexão com o seu Eu Verdadeiro.

Buscam constantemente detalhes que possam fazer toda a diferença em seu trabalho. São verdadeiros pontos de interrogação ambulantes.

Os óleos essenciais que ajudam os virginianos no excesso de estimulação mental são: manjerona,manjericão, limão e lavanda.

Os virginianos são notáveis por sua limpeza.

Apesar de existirem virginianos “desleixados”, eles geralmente são poucos e distantes entre si. Eles adoram ajudar aos outros e adoram um trabalho bem feito.

Queda não é uma palavra fácil para o Virgem, que conta com precisão e lógica ao invés de emoção ou ego.

Os óleos essenciais que podem ajudar a reduzir a necessidade compulsiva de organização sãopatchouli, cedro e sálvia esclaréia.

A influência de Mercúrio sobre virginianos permite que eles sejam grandes comunicadores.

Assim como Mercúrio, os virginianos são feixes de energia, o que gera a vontade constante de sempre estar fazendo muitas coisas ao mesmo tempo, levando a uma tendência ao nervosismo e inquietação.

Os óleos essenciais que acalmam as emoções e inquietudes são bergamota, lavanda e manjericão.

O virginiano tem grande compreensão e vontade de ajudar a humanidade.

Eles estão aqui para servir, e, portanto, são frequentemente encontrados na profissão de saúde.

Governando a casa de saúde, os virginianos cuidam muito deste setor das suas vidas, alguns quase que obsessivamente, conduzindo a uma tendência de hipocondria.

Os óleos essenciais que reduzem a preocupação obsessiva com a saúde são manjerona,limão e grapefruit.

 

LIBRA – 23/09 a 22/10

Librianos buscam sempre a justiça, o acordo e a igualdade.

Libra é regido por Vênus, governa a sétima casa. Seu elemento é o ar e por isso possui uma atividade mental maior do que os signos de outros elementos.

O símbolo de libra é a balança e seu lema é “Eu Equilibro”.

Librianos tendem a se ver através de outras pessoas.

Se eles estão em torno de pessoas negativas, absorvem uma visão negativa de si mesmos, e por isso é muito importante para os librianos terem pessoas com espírito mais positivo ao seu redor e em quem possam confiar.

Escolher um parceiro de vida otimista é crucial para um libriano.

Os óleos essenciais que estimulam a harmonia e o otimismo são laranja docegrapefruitbergamota e tangerina.

Librianos parecem ser pessoas indecisas e que vivem em “cima do muro”, isso porque eles precisam conhecer os dois lados da moeda sempre!

Por serem regidos por Vênus, os librianos possuem uma beleza única e são muito vaidosos, adoram apreciar a beleza em outras pessoas, objetos e artes em geral.

Refinamento, graça e charme estão presentes nos librianos.

São perfeitos anfitriões, recepcionistas, decoradores e artistas.

São ótimos para dar conselhos e sempre dizem a coisa certa, no momento em que precisa ser dito.

Os óleos essenciais que estimulam o equilíbrio, o bom humor e a criatividade para os librianos que estão desanimados no momento são: Laranja docelimão siciliano e bergamota.

Dom de Libra é a capacidade de criar situações mutuamente benéficas.

Eles geralmente podem ver os dois lados de uma situação difícil, e resolvem de forma que ambos os lados sintam como se tivessem vencido.

Então, se você precisa encontrar a justiça, harmonia e diplomacia, chame um Libriano, assim você começará a ver todos os lados da equação.

ESCORPIÃO – 23/10 a 21/11

Escorpianos são intensos, determinados e intuitivos.

Esse signo é regido por Plutão e por isso fala muito sobre a morte, renascimento, regeneração e reinvenção.

Escorpianos são muito perceptivos e intuitivos, e por isso são ótimos curandeiros (uma vez que iniciaram seu processo de auto-cura).

Facilmente encontramos as pessoas deste signo como psicoterapeutas, conselheiros e médiuns.

Devido a capacidade do Escorpião ver além do que o cliente/paciente quer falar, eles encorajam melhor do que ninguém o paciente a entrar em contato com suas próprias sombras, sem medo.

Demonstram sempre apoio e confiança para o cliente/paciente, oferecendo luz para enxergar melhor as questões conflituosas.

Os óleos essenciais que auxiliam no processo de enxergar melhor suas sombras com confiança e segurança, são CipresteCedro e Patchouli.

Estes óleos não só ajudarão o cliente, mas também são grandes amigos do Escorpiano que adora “viajar” em reflexões sobre o comportamento humano.

Escorpianos são muito determinados e possuem muita força de vontade, por isso geralmente conseguem o que querem. Escorpião é um signo de água, e as pessoas deste signo adoram banhos sensuais e de explorar o prazer sexual com todos os sentidos.

Adicionar óleos essenciais à água do banho ou preparar um óleo para massagem pode levar um Escorpião ao êxtase do prazer. Sugestão de óleos essenciais: CanelaLaranja doce,Ylang ylang e Patchouli.

Escorpiões, quando em desequilíbrio, podem demonstrar possessividade, ciúmes, manipulação e atitude controladora. Óleos que podem suavizar a natureza vingativa e cruel do escorpião são: Sálvia esclaréiaLavanda,Gerânio e Manjerona.

O Escorpião depois da raiva é propenso a crises de culpa, porque na verdade eles realmente lamentam por sua raiva destrutiva.

Para este momento, os óleos essenciais indicados para aliviar o sentimento de culpa, são: Limão, PinhoCipresteSálvia esclaréia e Eucalipto.

Escorpianos são amigos intensamente leais.

São muito intensos, tanto para o bem como para o mal. Pessoas desse signo nunca esquecem uma atitude de bondade feita para eles, e também nunca esquecem alguma atitude que os feriu e buscam “justiça” pela maldade a eles cometida.

É por isso que os escorpianos são conhecidos muitas vezes como vingativos e rancorosos.

Para eliminar o ressentimento, a mágoa e a raiva, alguns óleos essenciais são indicados: Laranja doceCedroHortelã pimenta Eucalipto.

Você nunca sabe o que os amigos escorpianos estão pensando, até que pergunte a eles, e então vai ter uma resposta tão direta e honesta que você pode sentir-se encantado ou ofendido.

Mas não fique chateado com as palavras de seu amigo escorpião, ouça os conselhos dele, ele geralmente tem razão e fala para o seu bem.

CAPRICÓRNIO – 22/11 a 21/12

Capricornianos são muito práticos, realistas, ambiciosos e exigentes. 

Por isso, se você quer estar ao lado de um capricorniano, deve estar preparado, porque eles são muito exigentes não apenas consigo mesmo, mas com os outros também.

Para conquistar um capricorniano, lembre-se que a segurança material ou financeira é muito importante.

Você vai precisar ser muito prática e ter os pés no chão, pois eles detestam correr riscos.

Capricornianos são difíceis de conquistar, estão sempre desconfiando das intenções que as pessoas ao seu redor possam ter, por isso convide-o para jantar e coloque no aromatizador ambiental 2 gotas de óleo essencial de Eucalipto Glóbulus e 2 gotas de O.E de Gerânio para estimulá-lo a abrir seu coração e perceber, assim, as coisas e pessoas boas que há nesta vida.

 

AQUÁRIO – 21/01 a 19/02

Aquarianos são simpáticos, independentes, atraentes, solidários e adoram escutar as histórias dos amigos(as), por isso é muito fácil ter um relacionamento amigável com eles.

Mas, no amor, não se entregam de corpo e alma com facilidade.

Na verdade, este é um dos signos mais difíceis de conquistar, pois são muito imprevisíveis.

Para conquistá-lo, é preciso respeitar seu ritmo e não ser nada convencional.

Use sua criatividade e convide-o para um “encontro” diferente, no aromatizador ambiental pingue 2 gotas de O.E de gerânio e 2 gotas de O.E de bergamota.

 

PEIXES – 20/02 a 20/03

Piscianos são sonhadores, sensíveis, passivos, criativos e românticos.

Para conquistá-lo, você precisará ser muito carinhosa, sensível, delicada e tentar estimular seus sonhos, fantasias e desejos.

Experimente convidá-lo para um ambiente amável, sutil e aromatize com 2 gotas de O.E Gerânio e 2 gotas de Ylang Ylang para estimular um pouco mais suas fantasias e desejos.