OBTENDO AJUDA DOS ANJOS<br /><br />
Publicado por Lívia Jepsen<br /><br />
28 de Fevereiro de 2014</p><br />
<p>Os Anjos podem mudar sua vida. E tudo o que terá de fazer é pedir que eles o ajudem. Apenas isso. Vamos considerar alquimicamente essa decisão, analisando suas quatro condições necessárias: querer, poder, saber e ousar.</p><br />
<p>Querer Dou como certo que você quer entabular essa comunicação e que deseja realmente pedir ajuda aos planos superiores da existência. O querer é o motor de tudo. E se esse motor falhar ou inexistir, não haverá possibilidade de atingirmos a meta nem de obtermos resultado algum, por muito que essa meta e esses resultados tão desejados estejam nos esperando após a primeira curva do caminho.</p><br />
<p>Poder todos podemos. Nem mesmo o fato de não se acreditar na existência dos Anjos será um impedimento para recorrermos a eles e nos beneficiarmos de sua ajuda. É mais do que certo que o poder da fé é enorme e que ela “move montanhas”, mas nesse caso seu papel – embora ajude a estabelecer a comunicação – não é primordial. Não estamos aqui tratando de nenhum tipo de “auto-ajuda”, “auto-programação” ou “auto-hipnose”, mas sim de pedir – e obter – o auxílio de seres tão reais como nós, mesmo que nossos sentidos não sejam capazes de percebê-los.</p><br />
<p>Saber -na realidade, não existe protocolo nem normas estabelecidas. Qualquer chamada, qualquer tentativa de nos dirigirmos a eles que seja sincera e parta do coração chegará, será ouvida e atendida. No entanto, para evitar interferências é bom ter as seguintes recomendações em mente, que não passam de leis universais aplicadas a este caso em particular.</p><br />
<p>     1. Evitar a pressa e a precipitação. Mesmo que as chamadas urgentes e desesperadas sejam prontamente atendidas, o contato com nosso Anjo da guarda – ou qualquer outro – se realiza melhor em uma atmosfera de calma e tranquilidade, tanto interior como exterior.</p><br />
<p>     2. Lembrar-se sempre do imenso poder criativo da palavra. A fala inconsciente e ociosa contém sempre um perigo, e esse perigo se multiplica por mil quando os termos empregados têm uma carga transcendente ou divina. Na Religião judaica, a proibição de pronunciar o nome de Deus não precisa de justificativa. Até hoje, nos países de língua francesa, a expressão Nom de Dieu!, que para nós soa muito inocente, é considerada uma das piores blasfêmias a ser pronunciadas. E precisamente um dos mais frequentes abusos das palavras são as blasfêmias e as maldições. Por isso é conveniente evitarmos a companhia daqueles que costumam contaminar o espaço com palavras ociosas, para que a energia positiva não se distancie dali. É importante abster-se do emprego inconsciente daqueles termos que se referem ao mais sagrado: Deus, Jesus, a Virgem e todas as combinações de letras que nos ligam, de um modo ou de outro, aos planos superiores. O uso dessas palavras sempre provoca um efeito, e sua utilização em momentos de cólera ou rancor tem a mesma consequência de jogar uma pedra para o alto e ela, ao cair, atingir nossa própria cabeça. Tudo irá melhor na nossa vida se reservarmos as palavras importantes para momentos importantes.</p><br />
<p>     3. Empregar sempre o tempo presente em nossos pedidos. No mundo dos Anjos não existe passado nem futuro; o sábio sufi Nasafi escreveu há mais de 1300 anos: “Os Anjos estão no mundo invisível, eles mesmos são o mundo invisível. Nesse mundo não há ontem nem amanhã, nem passado nem ano presente nem próximo ano. Indiferentemente, 100mil anos passados e 100 mil anos futuros estão presentes. Já que o mundo do invisível não é o mundo dos contrários, a oposição é apenas um produto do mundo visível. O tempo e a dimensão temporal existem somente para nós, filhos das esferas e das estrelas, habitantes do mundo visível. No mundo invisível, não há tempo, nem dimensão temporal. Tudo o que existiu, existe e irá existir, está sempre presente”. Portanto, devemos nos esforçar para não utilizar o passado e o futuro em nossos pedidos, a fim de evitarmos que seja difícil para o nosso Anjo captá-los. Lembre-se de que ele só conhece “o agora”.</p><br />
<p>     4. Expressar-se sempre de uma maneira positiva. Por exemplo, jamais devemos pedir: “Que eu não perca meu emprego” ou “Que meu marido não morra”, e sim, pedir aquilo que de fato desejamos, de forma simples e direta: “Manter nosso trabalho” ou “que meu marido tenha sempre saúde e que o amor reine em nosso casamento”. Ao utilizarmos frases negativas, mesmo que de maneira inconsciente, já estaremos imaginando a perda, a derrota, e será isso o que transmitiremos aos planos mais sutis da realidade e aos seres que atenderão às nossas súplicas; como consequência, é bem provável que seja isso o que obteremos no final.</p><br />
<p>     5. Considerar o assunto terminado, até incluindo no pedido agradecimentos por já ter sido resolvido o problema apresentado. Essa é a forma mais efetiva de eliminar as dúvidas, que com certeza também seriam transmitidas, criando obstáculos em todo o processo. Trata-se de evitar por todos os meios que, enquanto nos dedicamos a fazer o pedido da melhor maneira possível, nossa mente esteja, na realidade, transmitindo: quero isto, mas não tenho muita certeza de que este pedido servirá para algo. Qual das duas idéias os Anjos deverão captar?</p><br />
<p>     6. Sermos muito cuidadosos, pois receberemos exatamente aquilo que estamos solicitando, com toda uma série de implicações- inerentes ao fato ou ao objeto desejado – que talvez não consigamos imaginar. Convém compararmos as circunstâncias e as situações da vida com uma moeda: é impossível ter uma moeda com apenas uma face. Quem quiser possuí-la, forçosamente terá a moeda com duas faces.</p><br />
<p>     7. Sermos claros e concisos, evitando as incongruências. Os Anjos não gostam de ouvir bobagens. Nunca devemos cair no absurdo de brincar com orações, como, por exemplo: “Senhor, dai-me paciência, mas a quero já”; nem de fazer pedidos malucos como o de um marido que deseja que a esposa lhe seja fiel, enquanto ele a trai com diversas amantes; nem de ter falsas atitudes como a de um ladrão profissional que assiste à missa e comunga todos os dias antes de iniciar sua jornada de “trabalho”.</p><br />
<p>     8. Finalmente, é importante dar as graças. Isto fecha e conclui o ciclo. A ação de agradecer consolida o favor obtido e nos confere título de propriedade sobre ele. Omitir o agradecimento é deixar aberto um círculo, pelo qual a energia pode escapar deixando efeitos indesejados.</p><br />
<p>Ousar – o passo mais decisivo é ousar a abordagem de um tipo de comunicação e de relação totalmente diferente. O primeiro passo é ousarmos pensar que, mesmo que nosso sentidos não captem os Anjos, existe a possibilidade de que sejam uma realidade e de que uma comunicação deles conosco é perfeitamente possível. Quem já possui essa crença precisa evitar acreditar que se trata de algo próprio de sua Religião. Não é assim. Estamos falando de uma realidade que supera e transcende todas as religiões. Por isso é conveniente desprender-se de todo sentimento de exclusividade religiosa. De imediato, devemos deixar de nos sentirmos privilegiados porque professamos a “verdadeira” religião. Todas as religiões são verdadeiras para seus seguidores e todas são falsas para os demais. A crença que nossa religião é verdadeira e as demais falsas será apenas um obstáculo no caminho do nosso progresso espiritual – e da nossa salvação -, um obstáculo que, mais cedo ou mais tarde, teremos de eliminar.</p><br />
<p>     Os que não acreditam que os Anjos existem – e que eles desejam nos ajudar – deverão adotar essa possibilidade como uma hipótese de trabalho, e pensar que se a existência dos Anjos é real, essa realidade terá de ser muito mais forte que qualquer bloqueio originado por sua incredulidade, e capaz de vencer tal bloqueio e de manifestar-se, senão de uma maneira sensível – dadas as limitações dos nosso sentidos -, com fatos, pois, no fim das contas, são esse que nos interessam. Temos que nos atrever a iniciar uma comunicação com os anjos e lhes pedir ajuda, porém mantendo a mente totalmente aberta, sem querer forçosamente encurralá-los com nossas idéias preconcebidas.</p><br />
<p>“Peçam, e lhes será dado! Procurem, e encontrarão! Batam, e abrirão a porta para vocês! Pois todo aquele que pede, recebe; quem procura, acha; e a quem bate, a porta será aberta. Quem de vocês dá ao filho uma pedra quando ele pede um pão?   (Mateus 7,7-9)</p><br />
<p>Extraído de portalangels.com<br /><br />
Publicado por Lívia Jepsen<br /><br />
Angel Therapy Practitioner®™<br /><br />
www.mycrystalangel.com

 

 

 

 


Os Anjos podem mudar sua vida. E tudo o que terá de fazer é pedir que eles o ajudem. Apenas isso. Vamos considerar alquimicamente essa decisão, analisando suas quatro condições necessárias: querer, poder, saber e ousar.

 

 

Querer Dou como certo que você quer entabular essa comunicação e que deseja realmente pedir ajuda aos planos superiores da existência.

 

 
O querer é o motor de tudo. E se esse motor falhar ou inexistir, não haverá possibilidade de atingirmos a meta nem de obtermos resultado algum, por muito que essa meta e esses resultados tão desejados estejam nos esperando após a primeira curva do caminho.

 

 

Poder todos podemos. Nem mesmo o fato de não se acreditar na existência dos Anjos será um impedimento para recorrermos a eles e nos beneficiarmos de sua ajuda.

 

 
É mais do que certo que o poder da fé é enorme e que ela “move montanhas”, mas nesse caso seu papel – embora ajude a estabelecer a comunicação – não é primordial.
 
Não estamos aqui tratando de nenhum tipo de “auto-ajuda”, “auto-programação” ou “auto-hipnose”, mas sim de pedir – e obter – o auxílio de seres tão reais como nós, mesmo que nossos sentidos não sejam capazes de percebê-los.

 

 

Saber -na realidade, não existe protocolo nem normas estabelecidas. Qualquer chamada, qualquer tentativa de nos dirigirmos a eles que seja sincera e parta do coração chegará, será ouvida e atendida.

 

 
No entanto, para evitar interferências é bom ter as seguintes recomendações em mente, que não passam de leis universais aplicadas a este caso em particular.

 

 

1. Evitar a pressa e a precipitação. Mesmo que as chamadas urgentes e desesperadas sejam prontamente atendidas, o contato com nosso Anjo da guarda – ou qualquer outro – se realiza melhor em uma atmosfera de calma e tranquilidade, tanto interior como exterior.

2. Lembrar-se sempre do imenso poder criativo da palavra. A fala inconsciente e ociosa contém sempre um perigo, e esse perigo se multiplica por mil quando os termos empregados têm uma carga transcendente ou divina. Na Religião judaica, a proibição de pronunciar o nome de Deus não precisa de justificativa. Até hoje, nos países de língua francesa, a expressão Nom de Dieu!, que para nós soa muito inocente, é considerada uma das piores blasfêmias a ser pronunciadas. E precisamente um dos mais frequentes abusos das palavras são as blasfêmias e as maldições. Por isso é conveniente evitarmos a companhia daqueles que costumam contaminar o espaço com palavras ociosas, para que a energia positiva não se distancie dali. É importante abster-se do emprego inconsciente daqueles termos que se referem ao mais sagrado: Deus, Jesus, a Virgem e todas as combinações de letras que nos ligam, de um modo ou de outro, aos planos superiores. O uso dessas palavras sempre provoca um efeito, e sua utilização em momentos de cólera ou rancor tem a mesma consequência de jogar uma pedra para o alto e ela, ao cair, atingir nossa própria cabeça. Tudo irá melhor na nossa vida se reservarmos as palavras importantes para momentos importantes.

3. Empregar sempre o tempo presente em nossos pedidos. No mundo dos Anjos não existe passado nem futuro; o sábio sufi Nasafi escreveu há mais de 1300 anos: “Os Anjos estão no mundo invisível, eles mesmos são o mundo invisível. Nesse mundo não há ontem nem amanhã, nem passado nem ano presente nem próximo ano. Indiferentemente, 100mil anos passados e 100 mil anos futuros estão presentes. Já que o mundo do invisível não é o mundo dos contrários, a oposição é apenas um produto do mundo visível. O tempo e a dimensão temporal existem somente para nós, filhos das esferas e das estrelas, habitantes do mundo visível. No mundo invisível, não há tempo, nem dimensão temporal. Tudo o que existiu, existe e irá existir, está sempre presente”. Portanto, devemos nos esforçar para não utilizar o passado e o futuro em nossos pedidos, a fim de evitarmos que seja difícil para o nosso Anjo captá-los. Lembre-se de que ele só conhece “o agora”.

4. Expressar-se sempre de uma maneira positiva. Por exemplo, jamais devemos pedir: “Que eu não perca meu emprego” ou “Que meu marido não morra”, e sim, pedir aquilo que de fato desejamos, de forma simples e direta: “Manter nosso trabalho” ou “que meu marido tenha sempre saúde e que o amor reine em nosso casamento”. Ao utilizarmos frases negativas, mesmo que de maneira inconsciente, já estaremos imaginando a perda, a derrota, e será isso o que transmitiremos aos planos mais sutis da realidade e aos seres que atenderão às nossas súplicas; como consequência, é bem provável que seja isso o que obteremos no final.

5. Considerar o assunto terminado, até incluindo no pedido agradecimentos por já ter sido resolvido o problema apresentado. Essa é a forma mais efetiva de eliminar as dúvidas, que com certeza também seriam transmitidas, criando obstáculos em todo o processo. Trata-se de evitar por todos os meios que, enquanto nos dedicamos a fazer o pedido da melhor maneira possível, nossa mente esteja, na realidade, transmitindo: quero isto, mas não tenho muita certeza de que este pedido servirá para algo. Qual das duas idéias os Anjos deverão captar?

6. Sermos muito cuidadosos, pois receberemos exatamente aquilo que estamos solicitando, com toda uma série de implicações- inerentes ao fato ou ao objeto desejado – que talvez não consigamos imaginar. Convém compararmos as circunstâncias e as situações da vida com uma moeda: é impossível ter uma moeda com apenas uma face. Quem quiser possuí-la, forçosamente terá a moeda com duas faces.

7. Sermos claros e concisos, evitando as incongruências. Os Anjos não gostam de ouvir bobagens. Nunca devemos cair no absurdo de brincar com orações, como, por exemplo: “Senhor, dai-me paciência, mas a quero já”; nem de fazer pedidos malucos como o de um marido que deseja que a esposa lhe seja fiel, enquanto ele a trai com diversas amantes; nem de ter falsas atitudes como a de um ladrão profissional que assiste à missa e comunga todos os dias antes de iniciar sua jornada de “trabalho”.

8. Finalmente, é importante dar as graças. Isto fecha e conclui o ciclo. A ação de agradecer consolida o favor obtido e nos confere título de propriedade sobre ele. Omitir o agradecimento é deixar aberto um círculo, pelo qual a energia pode escapar deixando efeitos indesejados.

Ousar – o passo mais decisivo é ousar a abordagem de um tipo de comunicação e de relação totalmente diferente. O primeiro passo é ousarmos pensar que, mesmo que nosso sentidos não captem os Anjos, existe a possibilidade de que sejam uma realidade e de que uma comunicação deles conosco é perfeitamente possível. Quem já possui essa crença precisa evitar acreditar que se trata de algo próprio de sua Religião. Não é assim. Estamos falando de uma realidade que supera e transcende todas as religiões. Por isso é conveniente desprender-se de todo sentimento de exclusividade religiosa. De imediato, devemos deixar de nos sentirmos privilegiados porque professamos a “verdadeira” religião. Todas as religiões são verdadeiras para seus seguidores e todas são falsas para os demais. A crença que nossa religião é verdadeira e as demais falsas será apenas um obstáculo no caminho do nosso progresso espiritual – e da nossa salvação -, um obstáculo que, mais cedo ou mais tarde, teremos de eliminar.

Os que não acreditam que os Anjos existem – e que eles desejam nos ajudar – deverão adotar essa possibilidade como uma hipótese de trabalho, e pensar que se a existência dos Anjos é real, essa realidade terá de ser muito mais forte que qualquer bloqueio originado por sua incredulidade, e capaz de vencer tal bloqueio e de manifestar-se, senão de uma maneira sensível – dadas as limitações dos nosso sentidos -, com fatos, pois, no fim das contas, são esse que nos interessam. Temos que nos atrever a iniciar uma comunicação com os anjos e lhes pedir ajuda, porém mantendo a mente totalmente aberta, sem querer forçosamente encurralá-los com nossas idéias preconcebidas.

“Peçam, e lhes será dado! Procurem, e encontrarão! Batam, e abrirão a porta para vocês! Pois todo aquele que pede, recebe; quem procura, acha; e a quem bate, a porta será aberta. Quem de vocês dá ao filho uma pedra quando ele pede um pão? (Mateus 7,7-9)

Extraído de portalangels.com
Publicado por Lívia Jepsen
Angel Therapy Practitioner®™
www.mycrystalangel.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mãe Divina - "Estrelas, Planetas e Naves-Mãe"  </p>
<p>Canal: Isabel Henn<br />
Publicado por: Hugo Lechuga Arteiro<br />
26.02.2014</p>
<p>Minha criança, quantas vezes já se perguntou se essas estrelas que vê brilhando no céu à noite tão gloriosas são, na verdade, estrelas? Muitas realmente são, também os planetas estão lá, como Vênus ou Júpiter, que são tão agradavelmente grandes e brilhantes. Eles estão bem perto da Terra. Outras, porém, são naves-mães de suas diversas famílias estelares.</p>
<p>Especialmente as grandes naves-mãe que estão brilhando tão fortemente que se parecem com estrelas. São seres vivos com uma alma e uma consciência elevada. Consistem de uma grande parte da energia pura que está mudando e se manifestando, como os seres que nelas vivem por necessidade ou desejo.</p>
<p>As grandes naves-mãe como a minha, a “Mesime”, cujo nome significa "Luz de Deus" , têm seus próprios habitats e neste sentido, são do porte de um pequeno ou planeta maior. Fornecem aos seres que nelas vivem todas suas necessidades e que podem usá-la por milhares de anos ou mais para viajar por entre os vários universos.</p>
<p>Por sua vez, as estrelas e os planetas também são seres vivos com suas próprias consciências. Assim, Gaia, a quem às vezes carinhosamente chama de Mãe Terra é uma alma maravilhosa, com uma elevada consciência. Ela lhe oferece tudo que necessita para sua vida e sua existência. Seu corpo é feito de materiais que compõem seu próprio corpo, lhe dando alimentação, água, ar e abrigo. Por favor, seja também amoroso na sua interação com ela. Tenha cuidado com sua "mãe". Com isso a estará ajudando a se recuperar de um longo abuso. Ao menos, Gaia terá que liberar as baixas e negativas energias e isso para o seu próprio bem.</p>
<p>Entende minha criança? A Terra, minha linda filha não é apenas uma rocha morta, coberta com uma grande quantidade de água, mas uma maravilhosa e amorosa alma. Estime e a ame. Este é o meu pedido para você, minha amada criança.</p>
<p>Sua Mãe Divina.</p>
<p>Fonte: http://sirianheaven.wordpress.com/ / http://thesilverplatinumflame.wordpress.com/<br />
Tradução:  Candido Pedro Jorge

 

 

Minha criança, quantas vezes já se perguntou se essas estrelas que vê brilhando no céu à noite tão gloriosas são, na verdade, estrelas?
 
Muitas realmente são, também os planetas estão lá, como Vênus ou Júpiter, que são tão agradavelmente grandes e brilhantes.
 
Eles estão bem perto da Terra. Outras, porém, são naves-mães de suas diversas famílias estelares.

 

Especialmente as grandes naves-mãe que estão brilhando tão fortemente que se parecem com estrelas.

 
São seres vivos com uma alma e uma consciência elevada.
 
Consistem de uma grande parte da energia pura que está mudando e se manifestando, como os seres que nelas vivem por necessidade ou desejo.

 

As grandes naves-mãe como a minha, a “Mesime”, cujo nome significa "Luz de Deus" , têm seus próprios habitats e neste sentido, são do porte de um pequeno ou planeta maior.

 
Fornecem aos seres que nelas vivem todas suas necessidades e que podem usá-la por milhares de anos ou mais para viajar por entre os vários universos.

 

Por sua vez, as estrelas e os planetas também são seres vivos com suas próprias consciências.

 
Assim, Gaia, a quem às vezes carinhosamente chama de Mãe Terra é uma alma maravilhosa, com uma elevada consciência.
 
Ela lhe oferece tudo que necessita para sua vida e sua existência. Seu corpo é feito de materiais que compõem seu próprio corpo, lhe dando alimentação, água, ar e abrigo.
 
Por favor, seja também amoroso na sua interação com ela.
 
Tenha cuidado com sua "mãe". Com isso a estará ajudando a se recuperar de um longo abuso.
 
Ao menos, Gaia terá que liberar as baixas e negativas energias e isso para o seu próprio bem.

 

Entende minha criança? A Terra, minha linda filha não é apenas uma rocha morta, coberta com uma grande quantidade de água, mas uma maravilhosa e amorosa alma.

 
Estime e a ame. Este é o meu pedido para você, minha amada criança.

 

Sua Mãe Divina.

Fonte: http://sirianheaven.wordpress.com/ / http://thesilverplatinumflame.wordpress.com/
Tradução: Candido Pedro Jorge

 

 

 

 

Mestre El Morya<br />
A beleza da desconstrução</p>
<p>Canal: Maria Silvia Orlovas<br />
Publicado por: Hugo L. Arteiro<br />
26.02.2014</p>
<p>A beleza da desconstrução.</p>
<p>Poucas pessoas observam que, para receber algo novo, devem abrir mão do velho.</p>
<p>Enquanto vocês estão muito apegados aos seus conceitos, ás suas idéias, ás suas verdades... Não permitem que algo novo venha pra vida de vocês.</p>
<p>Pra que seja feita uma transformação, para que de fato haja uma evolução, uma ascensão, um crescimento; é preciso ter muita coragem... Para se desapegar, para se abrir pra novos caminhos, para se abrir pra novas pessoas, para criar pra vocês mesmos um espaço para o movimento.</p>
<p>Muitas pessoas se fixam num determinado patamar, num determinado momento de suas vidas, e ali se sentem aprisionados. E nessas horas, as forças do destino, a energia dos seus mentores vem até vocês, fazendo um duro exercício que é dar espaço ao erro. Permitir que vocês errem mais, permitir que vocês se enganem mais, permitir que vocês se sintam descontentes, magoados, tristes. E até briguem, com Deus. Porque nesse momento de escuridão, há um movimento.</p>
<p>Toda escuridão, todo momento de caos, todo momento de sofrimento traz a desconstrução. Permite que as paredes se quebrem, para que haja a libertação.</p>
<p>Uma vez dissemos a vocês: “Os alicerces se fazem na lama”. Porque é preciso cavar. É preciso encontrar o espaço de uma nova fundação.</p>
<p>E quando ali, o Engenheiro encontra um prédio pronto, ele terá que ser descontruído. E acontecerá um grande movimento, que em princípio, se parecerá com uma cena muito triste, muito feia, muito suja e muito confusa. E este momento de caos é necessário.</p>
<p>Vocês, já assistiram em suas vidas, pequenos ou grandes movimentos de caos. Cada um de vocês, já passou por quebras, por cortes, por relacionamentos partidos, por mortes, por doenças. E esses momentos são fundamentais para o crescimento, ninguém gosta, ninguém deseja, ninguém quer.</p>
<p>Mas, no patamar da eterna alegria, ninguém aprende. E este patamar não existe.<br />
A alegria neste Plano de Vida é apenas um intervalo entre duas tristezas. A alegria é apenas um momento de impulso favorável.</p>
<p>Então, permitam que venham as desconstruções. Que aquelas idéias que vocês tinham a respeito da vida ou de si mesmos, sejam transformadas. Não se apeguem.</p>
<p>Não se apeguem às pessoas. Não se apeguem aos lugares. Permitam que as coisas mudem.<br />
E, ao mesmo tempo, se mantenham fiéis a sua força Divina, a sua conexão com o caminho do Bem e as suas verdades, e os seus sentimentos espirituais.</p>
<p>No caminho do Amor, no caminho da Luz, Eu sirvo ao Primeiro Raio, o Raio da profunda Fé. O Raio da profunda Força, da integridade do Eu.</p>
<p>Eu Sou El Morya e junto com a minha presença, Seres da mesma energia, trabalham para fortalecer os pilares da espiritualidade, os pilares do Amor, da Força, os compromissos espirituais.</p>
<p>Por isso, já dissemos; assim é o Céu, Azul.<br />
Para lembrar sempre vocês, que há uma força maior regendo todos os movimentos, todas as transformações, todas as mudanças.</p>
<p>Se fortaleçam na sua luz e permitam que o Céu, no sentido espiritual, desça à Terra. E penetre os mundos, de cada um de vocês.</p>
<p>Nesse momento, imaginem um Raio Celeste, um Raio Azul, profundamente azul, entrando no alto de suas<br />
cabeças e penetrando todo o seu corpo. Fazendo de você um Ser conectado a Inspiração Espiritual e a Luz dos seus mentores.</p>
<p>Recebam as nossas bênçãos e o nosso amor. Se mantenham com a mente fixada nesta conexão, meditem nesta conexão. E vocês encontrarão muitos benefícios, muita força e muita luz.</p>
<p>Nome de Referência: A beleza da desconstrução<br />
Mestre: El Morya<br />
Data: 26/02/2014<br />
Local: Espaço Alpha Lux</p>
<p>http://mariasilviaporlovas.blogspot.com.br/

 

A beleza da desconstrução.

Poucas pessoas observam que, para receber algo novo, devem abrir mão do velho.

Enquanto vocês estão muito apegados aos seus conceitos, ás suas idéias, ás suas verdades… Não permitem que algo novo venha pra vida de vocês.

Pra que seja feita uma transformação, para que de fato haja uma evolução, uma ascensão, um crescimento; é preciso ter muita coragem… Para se desapegar, para se abrir pra novos caminhos, para se abrir pra novas pessoas, para criar pra vocês mesmos um espaço para o movimento.

Muitas pessoas se fixam num determinado patamar, num determinado momento de suas vidas, e ali se sentem aprisionados. E nessas horas, as forças do destino, a energia dos seus mentores vem até vocês, fazendo um duro exercício que é dar espaço ao erro. Permitir que vocês errem mais, permitir que vocês se enganem mais, permitir que vocês se sintam descontentes, magoados, tristes. E até briguem, com Deus. Porque nesse momento de escuridão, há um movimento.

Toda escuridão, todo momento de caos, todo momento de sofrimento traz a desconstrução. Permite que as paredes se quebrem, para que haja a libertação.

Uma vez dissemos a vocês: “Os alicerces se fazem na lama”. Porque é preciso cavar. É preciso encontrar o espaço de uma nova fundação.

E quando ali, o Engenheiro encontra um prédio pronto, ele terá que ser descontruído. E acontecerá um grande movimento, que em princípio, se parecerá com uma cena muito triste, muito feia, muito suja e muito confusa. E este momento de caos é necessário.

Vocês, já assistiram em suas vidas, pequenos ou grandes movimentos de caos. Cada um de vocês, já passou por quebras, por cortes, por relacionamentos partidos, por mortes, por doenças. E esses momentos são fundamentais para o crescimento, ninguém gosta, ninguém deseja, ninguém quer.

Mas, no patamar da eterna alegria, ninguém aprende. E este patamar não existe.
A alegria neste Plano de Vida é apenas um intervalo entre duas tristezas. A alegria é apenas um momento de impulso favorável.

Então, permitam que venham as desconstruções. Que aquelas idéias que vocês tinham a respeito da vida ou de si mesmos, sejam transformadas. Não se apeguem.

Não se apeguem às pessoas. Não se apeguem aos lugares. Permitam que as coisas mudem.
E, ao mesmo tempo, se mantenham fiéis a sua força Divina, a sua conexão com o caminho do Bem e as suas verdades, e os seus sentimentos espirituais.

No caminho do Amor, no caminho da Luz, Eu sirvo ao Primeiro Raio, o Raio da profunda Fé. O Raio da profunda Força, da integridade do Eu.

Eu Sou El Morya e junto com a minha presença, Seres da mesma energia, trabalham para fortalecer os pilares da espiritualidade, os pilares do Amor, da Força, os compromissos espirituais.

Por isso, já dissemos; assim é o Céu, Azul.
Para lembrar sempre vocês, que há uma força maior regendo todos os movimentos, todas as transformações, todas as mudanças.

Se fortaleçam na sua luz e permitam que o Céu, no sentido espiritual, desça à Terra. E penetre os mundos, de cada um de vocês.

Nesse momento, imaginem um Raio Celeste, um Raio Azul, profundamente azul, entrando no alto de suas
cabeças e penetrando todo o seu corpo. Fazendo de você um Ser conectado a Inspiração Espiritual e a Luz dos seus mentores.

Recebam as nossas bênçãos e o nosso amor. Se mantenham com a mente fixada nesta conexão, meditem nesta conexão. E vocês encontrarão muitos benefícios, muita força e muita luz.
 

Canal: Maria Silvia Orlovas
Publicado por: Hugo L. Arteiro

Nome de Referência: A beleza da desconstrução
Mestre: El Morya

http://mariasilviaporlovas.blogspot.com.br/

ESPIRITISMO E CARNAVAL</p>
<p>“Atrás do trio elétrico só não vai que já morreu...”. – Caetano Veloso "</p>
<p>"Atrás do trio elétrico também vai quem já “morreu”...”.</p>
<p>Ao contrário do que reza o frevo de Caetano Veloso, não são somente os “vivos” que formam a multidão de foliões que se aglomera nas ruas das grandes cidades brasileiras ou de outras plagas onde se comemore o Carnaval. </p>
<p>O Espiritismo nos esclarece que estamos o tempo todo em companhia de uma inumerável legião de seres invisíveis, recebendo deles boas e más influências a depender da faixa de sintonia em que nos encontremos. Essa massa de espíritos cresce sobremaneira nos dias de realização de festas pagãs, como é o Carnaval. </p>
<p>Nessas ocasiões, como grande parte das pessoas se dá aos exageros de toda sorte, as influências nefastas se intensificam e muitos dos encarnados se deixam dominar por espíritos maléficos, ocasionando os tristes casos de violência criminosa, como os homicídios e suicídios, além dos desvarios sexuais que levam à paternidade e maternidade irresponsáveis. Se antes de compor sua famosa canção o filho de Dona Canô tivesse conhecido o livro “Nas Fronteiras da Loucura”, ditado ao médium Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philomeno de Miranda, talvez fizesse uma letra diferente e, sensível como o poeta que é, cuidaria de exortar os foliões “pipoca” e aqueles que engrossam os blocos a cada ano contra os excessos de toda ordem. Mas como o tempo é o senhor de todo entendimento, hoje Caetano é um dos muitos artistas que pregam a paz no Carnaval, denunciando, do alto do trio elétrico, as manifestações de violência que consegue flagrar na multidão.</p>
<p>No livro citado, Manoel Philomeno, que quando encarnado desempenhou atividades médicas e espiritistas em Salvador, relata episódios protagonizados pelo venerando Espírito Bezerra de Menezes, na condução de equipes socorristas junto a encarnados em desequilíbrios.</p>
<p>Philomeno registra, dentre outros pontos de relevante interesse, o encontro com um certo sambista desencarnado, o qual não é difícil identificar como Noel Rosa, o poeta do bairro boêmio de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, muito a propósito, integrava uma dessas equipes socorristas encarregadas de prestar atendimento espiritual durante os dias de Carnaval. </p>
<p>Interessado em colher informações para a aprendizagem própria (e nossa também!), Philomeno inquiriu Noel sobre como este conciliava sua anterior condição de “sambista vinculado às ações do Carnaval com a atual, longe do bulício festivo, em trabalhos de socorro ao próximo”. Com tranqüilidade, o autor de “Camisa listrada” respondeu que em suas canções traduzia as dores e aspirações do povo, relatando os dramas, angústias e tragédias amorosas do submundo carioca, mas compreendeu seu fracasso ao desencarnar, despertando “sob maior soma de amarguras, com fortes vinculações aos ambientes sórdidos, pelos quais transitara em largas aflições”.</p>
<p>No entanto, a obra musical de Noel Rosa cativara tantos corações que os bons sentimentos despertados nas pessoas atuaram em seu favor no plano espiritual; “Embora eu não fosse um herói, nem mesmo um homem que se desincumbira corretamente do dever, minha memória gerou simpatias e a mensagem das músicas provocou amizades, graças a cujo recurso fui alcançado pela Misericórdia Divina, que me recambiou para outros sítios de tratamento e renovação, onde despertei para realidades novas”. </p>
<p>Como acontece com todo espírito calceta que por fim se rende aos imperativos das sábias leis, Noel conseguiu, pois, descobrir “que é sempre tempo de recomeçar e de agir” e assim ele iniciou a composição de novos sambas, “ao compasso do bem, com as melodias da esperança e os ritmos da paz, numa Vila de amor infinito...”.</p>
<p>Entre os anos 60 e 70, Noel Rosa integrava a plêiade de espíritos que ditaram ao médium, jornalista e escritor espírita Jorge Rizzini a série de composições que resultou em dois discos e apresentações em festivais de músicas mediúnicas em São Paulo. </p>
<p>O entendimento do Poeta da Vila quanto às ebulições momescas, é claro, também mudou:<br />
- “O Carnaval para mim, é passado de dor e a caridade hoje, é-me festa de todo, dia, qual primavera que surge após inverno demorado, sombrio”.</p>
<p>A carne nada vale:</p>
<p>O Carnaval, conforme os conceitos de Bezerra de Menezes, é festa que ainda guarda vestígios da barbárie e do primitivismo que ainda reina entre os encarnados, marcado pelas paixões do prazer violento. Como nosso imperativo maior é a Lei de Evolução, um dia tudo isso, todas essas manifestações ruidosas que marcam nosso estágio de inferioridade desaparecerão da Terra. </p>
<p>Em seu lugar, então, predominarão a alegria pura, a jovialidade, a satisfação, o júbilo real, com o homem despertando para a beleza e a arte, sem agressão nem promiscuidade. A folia em que pontifica o Rei Momo já foi um dia a comemoração dos povos guerreiros, festejando vitórias; foi reverência coletiva ao deus Dionísio, na Grécia clássica, quando a festa se chamava bacanalia; na velha Roma dos césares, fortemente marcada pelo aspecto pagão, chamou-se saturnalia e nessas ocasiões se imolava uma vítima humana.</p>
<p>Na Idade Média, entretanto, é que a festividade adquiriu o conceito que hoje apresenta, o de uma vez por ano é lícito enlouquecer, em homenagem aos falsos deuses do vinho, das orgias, dos desvarios e dos excessos, em suma.</p>
<p>Bezerra cita os estudiosos do comportamento e da psique da atualidade, “sinceramente convencidos da necessidade de descarregarem-se as tensões e recalques nesses dias em que a carne nada vale, cuja primeira silaba de cada palavra compõe o verbete carnaval”. </p>
<p>Assim, em três ou mais dias de verdadeira loucura, as pessoas desavisadas, se entregam ao descompromisso, exagerando nas atitudes, ao compasso de sons febris e vapores alucinantes. Está no materialismo, que vê o corpo, a matéria, como inicio e fim em si mesmo, a causa de tal desregramento. </p>
<p>Esse comportamento afeta inclusive aqueles que se dizem religiosos, mas não têm, em verdade, a necessária compreensão da vida espiritual, deixando-se também enlouquecer uma vez por ano.</p>
<p>Processo de loucura e obsessão:</p>
<p>As pessoas que se animam para a festa carnavalesca e fazem preparativos organizando fantasias e demais apetrechos para o que consideram um simples e sadio aproveitamento das alegrias e dos prazeres da vida, não imaginam que, muitas vezes, estão sendo inspiradas por entidades vinculadas às sombras. Tais espíritos, como informa Manoel Philomeno, buscam vitimas em potencial “para alijá-las do equilíbrio, dando inicio a processos nefandos de obsessões demoradas”.</p>
<p>Isso acontece tanto com aqueles que se afinizam com os seres perturbadores, adotando comportamento vicioso, quanto com criaturas cujas atitudes as identificam como pessoas respeitáveis, embora sujeitas às tentações que os prazeres mundanos representam, por também acreditarem que seja lícito enlouquecer uma vez por ano.</p>
<p>Esse processo sutil de aliciamento esclarece o autor espiritual, dá-se durante o sono, quando os encarnados, desprendidos parcialmente do corpo físico, fazem incursões às regiões de baixo teor vibratório, próprias das entidades vinculadas às tramas de desespero e loucura. Os homens que assim procedem não o fazem simplesmente atendendo aos apelos magnéticos que atrai os espíritos desequilibrados e desses seres, mas porque a eles se ligam pelo pensamento, “em razão das preferências que acolhem e dos prazeres que se facultam no mundo íntimo”. Ou seja, as tendências de cada um, e a correspondente impotência ou apatia em vencê-las, são o imã que atrai os espíritos desequilibrados e fomentadores do desequilíbrio, o qual, em suma, não existiria se os homens se mantivessem no firme propósito de educar as paixões instintivas que os animalizam.</p>
<p>Há dois mil anos. Tal situação não difere muito dos episódios de possessão demoníaca aos quais o Mestre Jesus era chamado a atender, promovendo as curas “milagrosas” de que se ocupam os evangelhos. Atualmente, temos, graças ao Espiritismo, a explicação das causas e conseqüências desses fatos, desde que Allan Kardec fora convocado à tarefa de codificar a Doutrina dos Espíritos. Conforme configurado na primeira obra da Codificação – O Livro dos Espíritos -, estamos, na Terra, quase que sob a direção das entidades invisíveis: “Os espíritos influem sobre nossos pensamentos e ações?”, pergunta o Codificador, para ser informado de que “a esse respeito sua (dos espíritos) influência é maior do que credes porque, freqüentemente, são eles que vos dirigem”. Pode parecer assustador, ainda mais que se se tem os espíritos ainda inferiorizados à conta de demônios.</p>
<p>Mas, do mesmo modo como somos facilmente dominados pelos maus espíritos, quando, como já dito, sintonizamos na mesma freqüência de pensamento, também obtemos, pelo mesmo processo, o concurso dos bons, aqueles que agem a nosso favor em nome de Jesus. Basta, para tanto, estarmos predispostos a suas orientações, atentos ao aviso de “orar e vigiar” que o Cristo nos deu há dois mil anos, através do cultivo de atitudes salutares, como a prece e a praticada caridade desinteressada. Esta última é a característica de espíritos como Bezerra de Menezes, que em sua última encarnação fora alcunhado de “o médico dos pobres” e hoje é reverenciado no meio espírita como “o apóstolo da caridade no Brasil”.</p>
<p>Publicado originalmente em: https://www.facebook.com/orientacao.espirita</p>
<p>Fonte:<br />
Revista Visão Espírita.

“Atrás do trio elétrico só não vai que já morreu…”. – Caetano Veloso "

"Atrás do trio elétrico também vai quem já “morreu”…”.

Ao contrário do que reza o frevo de Caetano Veloso, não são somente os “vivos” que formam a multidão de foliões que se aglomera nas ruas das grandes cidades brasileiras ou de outras plagas onde se comemore o Carnaval. 

O Espiritismo nos esclarece que estamos o tempo todo em companhia de uma inumerável legião de seres invisíveis, recebendo deles boas e más influências a depender da faixa de sintonia em que nos encontremos. Essa massa de espíritos cresce sobremaneira nos dias de realização de festas pagãs, como é o Carnaval. 

Nessas ocasiões, como grande parte das pessoas se dá aos exageros de toda sorte, as influências nefastas se intensificam e muitos dos encarnados se deixam dominar por espíritos maléficos, ocasionando os tristes casos de violência criminosa, como os homicídios e suicídios, além dos desvarios sexuais que levam à paternidade e maternidade irresponsáveis.

Se antes de compor sua famosa canção o filho de Dona Canô tivesse conhecido o livro “Nas Fronteiras da Loucura”, ditado ao médium Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philomeno de Miranda, talvez fizesse uma letra diferente e, sensível como o poeta que é, cuidaria de exortar os foliões “pipoca” e aqueles que engrossam os blocos a cada ano contra os excessos de toda ordem. Mas como o tempo é o senhor de todo entendimento, hoje Caetano é um dos muitos artistas que pregam a paz no Carnaval, denunciando, do alto do trio elétrico, as manifestações de violência que consegue flagrar na multidão.

No livro citado, Manoel Philomeno, que quando encarnado desempenhou atividades médicas e espiritistas em Salvador, relata episódios protagonizados pelo venerando Espírito Bezerra de Menezes, na condução de equipes socorristas junto a encarnados em desequilíbrios.

Philomeno registra, dentre outros pontos de relevante interesse, o encontro com um certo sambista desencarnado, o qual não é difícil identificar como Noel Rosa, o poeta do bairro boêmio de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, muito a propósito, integrava uma dessas equipes socorristas encarregadas de prestar atendimento espiritual durante os dias de Carnaval. 

Interessado em colher informações para a aprendizagem própria (e nossa também!), Philomeno inquiriu Noel sobre como este conciliava sua anterior condição de “sambista vinculado às ações do Carnaval com a atual, longe do bulício festivo, em trabalhos de socorro ao próximo”.

Com tranqüilidade, o autor de “Camisa listrada” respondeu que em suas canções traduzia as dores e aspirações do povo, relatando os dramas, angústias e tragédias amorosas do submundo carioca, mas compreendeu seu fracasso ao desencarnar, despertando “sob maior soma de amarguras, com fortes vinculações aos ambientes sórdidos, pelos quais transitara em largas aflições”.

No entanto, a obra musical de Noel Rosa cativara tantos corações que os bons sentimentos despertados nas pessoas atuaram em seu favor no plano espiritual; “Embora eu não fosse um herói, nem mesmo um homem que se desincumbira corretamente do dever, minha memória gerou simpatias e a mensagem das músicas provocou amizades, graças a cujo recurso fui alcançado pela Misericórdia Divina, que me recambiou para outros sítios de tratamento e renovação, onde despertei para realidades novas”. 

Como acontece com todo espírito calceta que por fim se rende aos imperativos das sábias leis, Noel conseguiu, pois, descobrir “que é sempre tempo de recomeçar e de agir” e assim ele iniciou a composição de novos sambas, “ao compasso do bem, com as melodias da esperança e os ritmos da paz, numa Vila de amor infinito…”.

Entre os anos 60 e 70, Noel Rosa integrava a plêiade de espíritos que ditaram ao médium, jornalista e escritor espírita Jorge Rizzini a série de composições que resultou em dois discos e apresentações em festivais de músicas mediúnicas em São Paulo. 

O entendimento do Poeta da Vila quanto às ebulições momescas, é claro, também mudou: 
– “O Carnaval para mim, é passado de dor e a caridade hoje, é-me festa de todo, dia, qual primavera que surge após inverno demorado, sombrio”.

A carne nada vale:

O Carnaval, conforme os conceitos de Bezerra de Menezes, é festa que ainda guarda vestígios da barbárie e do primitivismo que ainda reina entre os encarnados, marcado pelas paixões do prazer violento. Como nosso imperativo maior é a Lei de Evolução, um dia tudo isso, todas essas manifestações ruidosas que marcam nosso estágio de inferioridade desaparecerão da Terra. 

Em seu lugar, então, predominarão a alegria pura, a jovialidade, a satisfação, o júbilo real, com o homem despertando para a beleza e a arte, sem agressão nem promiscuidade. A folia em que pontifica o Rei Momo já foi um dia a comemoração dos povos guerreiros, festejando vitórias; foi reverência coletiva ao deus Dionísio, na Grécia clássica, quando a festa se chamava bacanalia; na velha Roma dos césares, fortemente marcada pelo aspecto pagão, chamou-se saturnalia e nessas ocasiões se imolava uma vítima humana.

Na Idade Média, entretanto, é que a festividade adquiriu o conceito que hoje apresenta, o de uma vez por ano é lícito enlouquecer, em homenagem aos falsos deuses do vinho, das orgias, dos desvarios e dos excessos, em suma.

Bezerra cita os estudiosos do comportamento e da psique da atualidade, “sinceramente convencidos da necessidade de descarregarem-se as tensões e recalques nesses dias em que a carne nada vale, cuja primeira silaba de cada palavra compõe o verbete carnaval”. 

Assim, em três ou mais dias de verdadeira loucura, as pessoas desavisadas, se entregam ao descompromisso, exagerando nas atitudes, ao compasso de sons febris e vapores alucinantes. Está no materialismo, que vê o corpo, a matéria, como inicio e fim em si mesmo, a causa de tal desregramento. 

Esse comportamento afeta inclusive aqueles que se dizem religiosos, mas não têm, em verdade, a necessária compreensão da vida espiritual, deixando-se também enlouquecer uma vez por ano.

Processo de loucura e obsessão:

As pessoas que se animam para a festa carnavalesca e fazem preparativos organizando fantasias e demais apetrechos para o que consideram um simples e sadio aproveitamento das alegrias e dos prazeres da vida, não imaginam que, muitas vezes, estão sendo inspiradas por entidades vinculadas às sombras. Tais espíritos, como informa Manoel Philomeno, buscam vitimas em potencial “para alijá-las do equilíbrio, dando inicio a processos nefandos de obsessões demoradas”.

Isso acontece tanto com aqueles que se afinizam com os seres perturbadores, adotando comportamento vicioso, quanto com criaturas cujas atitudes as identificam como pessoas respeitáveis, embora sujeitas às tentações que os prazeres mundanos representam, por também acreditarem que seja lícito enlouquecer uma vez por ano.

Esse processo sutil de aliciamento esclarece o autor espiritual, dá-se durante o sono, quando os encarnados, desprendidos parcialmente do corpo físico, fazem incursões às regiões de baixo teor vibratório, próprias das entidades vinculadas às tramas de desespero e loucura. Os homens que assim procedem não o fazem simplesmente atendendo aos apelos magnéticos que atrai os espíritos desequilibrados e desses seres, mas porque a eles se ligam pelo pensamento, “em razão das preferências que acolhem e dos prazeres que se facultam no mundo íntimo”. Ou seja, as tendências de cada um, e a correspondente impotência ou apatia em vencê-las, são o imã que atrai os espíritos desequilibrados e fomentadores do desequilíbrio, o qual, em suma, não existiria se os homens se mantivessem no firme propósito de educar as paixões instintivas que os animalizam.

Há dois mil anos. Tal situação não difere muito dos episódios de possessão demoníaca aos quais o Mestre Jesus era chamado a atender, promovendo as curas “milagrosas” de que se ocupam os evangelhos. Atualmente, temos, graças ao Espiritismo, a explicação das causas e conseqüências desses fatos, desde que Allan Kardec fora convocado à tarefa de codificar a Doutrina dos Espíritos. Conforme configurado na primeira obra da Codificação – O Livro dos Espíritos -, estamos, na Terra, quase que sob a direção das entidades invisíveis: “Os espíritos influem sobre nossos pensamentos e ações?”, pergunta o Codificador, para ser informado de que “a esse respeito sua (dos espíritos) influência é maior do que credes porque, freqüentemente, são eles que vos dirigem”. Pode parecer assustador, ainda mais que se se tem os espíritos ainda inferiorizados à conta de demônios.

Mas, do mesmo modo como somos facilmente dominados pelos maus espíritos, quando, como já dito, sintonizamos na mesma freqüência de pensamento, também obtemos, pelo mesmo processo, o concurso dos bons, aqueles que agem a nosso favor em nome de Jesus. Basta, para tanto, estarmos predispostos a suas orientações, atentos ao aviso de “orar e vigiar” que o Cristo nos deu há dois mil anos, através do cultivo de atitudes salutares, como a prece e a praticada caridade desinteressada. Esta última é a característica de espíritos como Bezerra de Menezes, que em sua última encarnação fora alcunhado de “o médico dos pobres” e hoje é reverenciado no meio espírita como “o apóstolo da caridade no Brasil”.

Publicado originalmente em: https://www.facebook.com/orientacao.espirita

Fonte:
Revista Visão Espírita.

 

 

 
À MINHA FAMÍLIA HUMANA!
 
Como lidamos com as novas frequências que estão introduzindo uma nova Consciência para a humanidade?
 
Elas estão nos ensinando a viver de dentro para fora?
 
Sim, elas estão!
 
Essas frequências de luz que agora estão cobrindo o planeta estão nos mudando para sempre – se estivermos permitindo que elas entrem em nós e liberando o que está no caminho delas.
 
Enquanto elas elevam nossa vibração, elas também elevam nossa Consciência e Quociente de Luz, porque a luz porta informação.
 
Sim, os controladores estão tentando de tudo para impedir que a luz entre em nosso amado planeta através do uso de geo-engenharia no clima colocando química na estratosfera, esperando que as novas frequências não consigam passar.
 
O que é feito na limitação de uma consciência dimensionalmente inferior por seres que carecem do Dom Ilimitado da Divina Criatividade, Inspiração e Amor – por meios tão limitados, como as Forças da Luz Consciente maiores podem ser impedidas de penetrarem aqui?!
 
Se nós nos conectamos a partir do interior com essas Forças, nós podemos ultrapassar qualquer obstrução e intenções prejudiciais e convidá-las a entrar em nossas vidas.
 
A Consciência Divina está além da escuridão de criações artificiais que pretendem prejudicar.
 
Ela existe e opera antes e além do espaço/tempo e densidade e contém todos eles!
 
Então, quando sabemos que nós SOMOS capazes de diretamente nos conectar e unir às novas frequências de liberação, não existe nada que possa nos impedir de crescermos em Consciência.
 
Estas fontes de luz estão nos redespertando para o que nós já somos, se nós entendermos com nosso coração e se estivermos dispostos a nos entregar a elas da forma correta, se nós permitirmos que elas abram as Câmaras de nosso Eu Divino Ilimitado.
 
Mas se estas novas frequências são meramente utilizadas pelo ego combativo, o eu separado – então o Verdadeiro Eu que vive como o Coração, permanece oculto atrás da ilusão de um mundo que ainda ensina o método do de fora para dentro.
 
O que isso significa?
 
A sociedade acredita que o nosso Tesouro é encontrado em algum lugar externo do mundo.
 
Portanto, nos foi ensinado pelos pais, professores, escolas e universidades, e por toda instituição educacional, quase que sem exceção, que nós primeiro precisamos obter as coisas antes de podermos nos tornar "alguém" e como tal, adaptar o mundo exterior aos nossos desejos.
 
Uma cultura inteira foi criada e vivida com este princípio pelo dito mundo civilizado.
 
Evidente, havia certa intenção por trás disso: partir nossa consciência e dividir e separar a totalidade da humanidade.
 
Agora nós pensamos que devemos consumir e controlar as muitas coisas para sermos inteiros de novo.
 
Isso se encaixa perfeitamente às Grandes Companhias que diligentemente desenvolveram e nos prepararam para a atual insanidade de consumismo, para manter a humanidade num estado de consciência exterior e inconsciente e na pobreza em todos os níveis.
 
Enquanto que ao mesmo tempo elas prosperam e multiplicam ainda mais os seus trilhões.
 
Mas esta realmente é a prova da própria pobreza delas.
 
A pobreza principalmente não se trata de dinheiro, trata-se da ausência ou perda do verdadeiro Tesouro de nosso Eu Divino que intencionalmente é escondido de uma maioria esmagadora.
 
Portanto, a maioria de nós vive a partir de uma identificação profundamente enraizada com a carência, o que então é espelhado, se não pela pobreza material, pela acumulação compulsiva de coisas.
 
Como tal, nós ficamos presos numa identidade artificial externa de nós mesmos, que é como um container fechado impedindo a abundância fluir pelo nosso ser, um fluxo que naturalmente emergiria do Coração, porque é a Substância do Coração que cria o mundo que nós desejamos, de dentro para fora.
 
Se não é o Coração que cria naturalmente o nosso mundo – e se ele não tem criado, apenas olhem como está miserável o nosso planeta, o que então cria?
 
É a mentalidade limitada, baseada na dualidade e menos luz, que carece de sumo, alegria e força de vida, pois ela é separada de nosso Verdadeiro Eu.
 
Essa mentalidade está focalizada em esperançosamente conseguir de nosso ambiente sintético o que nosso eu artificial deseja, tal como segurança e realização com os bens de coisas separadas, enquanto perpetuamos o nosso dilema.
 
Mas nós não podemos adicionar coisas artificiais e aparentemente externas à Plenitude natural que nós já somos.
 
Ela simplesmente não aceita essa coisa toda.
 
E o fluxo natural e divino de abundância de dentro para fora é bloqueado pela nossa tentativa de consumir as coisas que nós percebemos como separadas de nós.
 
Se prestarmos atenção, este paradigma também controla o campo espiritual.
 
Nós tentamos ter satisfação consumindo coisas e práticas espirituais, como workshops que prometem iluminação em poucos meses, isso se não em um fim de semana, acrescentando novas técnicas e mentalidade à nossa identidade falsificada.
 
O ego pode ser encantado por um tempo e imaginar a iluminação, mas logo ele volta à caça por um entretenimento semelhante de realização do ego, sob a ilusão de verdadeira satisfação.
 
Porém, o ego jamais conseguirá o que ele procura.
 
É a mesma coisa com a nova tecnologia brilhante e atraente que precisa ser constantemente trocada pelos produtos mais novos para nos fazer continuar alegremente.
 
A calamidade é que todos esses brinquedos nos afastam ainda mais de nós mesmos, porque nós somos iludidos para pensar que nós realmente adquirimos a verdadeira joia.
 
E então nós não procuramos mais pelo REAL.
 
Nada ilude mais do que a crença de que somos livres, somos espirituais, quando na verdade nós somos escravos e caímos no materialismo espiritual.
 
Tudo isso é parte da desinformação barata e dos programas de manipulação que servem para impedir que a humanidade desperte.
 
O eu-ego separado que procura realização nunca conseguirá a verdadeira felicidade, porque o eu-ego é exatamente quem precisa ser entregue ao Coração Divino.
 
Nós verdadeiramente temos vitória sobre as forças da ilusão e controle quando começamos a compreender a Realidade Divina de nossa Verdadeira Natureza que é Completa, Radiante e não carece de nada, e cria todos os nossos desejos de um novo mundo para celebrar e compartilhar a alegria da abundância, beleza e amor.
 
Agora chegou o tempo de nós nos libertarmos de todas as ilusões da falsa identificação, forçada em nós por aqueles que não nos amam.
 
A Nova Luz já está aqui para nos trazer para Casa, se nós a utilizarmos sabiamente.
 
Agora é o tempo de começar a saltar, saltar para a Terra dimensionalmente superior recém-formada que está crescendo todos os dias, ganhando ímpeto.
 
Isto exige deixar para trás as velhas ilusões e os ensinamentos falsos.
 
Exige coragem e honestidade radical para consigo.
 
Esta Nova Terra já está começando a se separar do velho paradigma.
 
Ela convida todos nós que estamos dispostos a descobrir o Coração e viver a partir DELE para acompanhá-la, pois ela está emergindo na e como a Nova Consciência.
 
Esta Nova Consciência está além da imaginação tridimensional.
 
Ela é um reino de uma Realidade nova e radical da Luz Consciente, vibrando como uma frequência muito alta e poderosa.
 
Há uma forte Chamada e é a Realidade da Nova Terra que está chamando.
 
É isto que eu estou experienciando.
 
"In Lak'esh"
querida família humana!
 
Com Amor,
 
Por Ute Posegga-Rudel
Copyright©2014. Todos os direitos reservados: Ute Posegga-Rudel.
Compartilhar esta mensagem somente é permitido em conjunto com esta informação e sem quaisqueralterações incluindo o título. Se você tiver perguntas, por favor, contate-me via transformation33@gmail.com
Obrigada, Ute.
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

“A entidade humana em evolução, identificada com o falso eu, acredita-se livre. Mas, ela é completamente vítima do seu passado. Ela acredita que é ela que decide, mas isso é um equivoco. Ela age a partir de hábitos condicionados.

É por isso que eu insisto tanto nesse quesito que é a purificação e transformação do eu inferior que, em síntese, é a integração do passado. Exatamente o que te impede de experenciar o fenómeno da entrega é o medo de se libertar do passado.

Você não é o seu nome e não é a sua história. Isso que é você só vai poder se revelar quando essa purificação estiver sido completada. Quando o passado deixar de exercer influências sobre você. Eu disse que muitos aqui estão vivendo uma grande revolução porque esse passado está se dissolvendo.

Uma coisa nova, desconhecida, está chegando e você se sente ameaçado, desprotegido. Porque a segurança vinha dessas referências do passado e isso está se dissolvendo.

Nós estamos realizando um processo de purificação do passado, mas é importante que você ajude não criando mais karmas com mais ações equivocadas.

Os samskaras, que são marcas profundas no seu sistema, geradas por ações equivocadas em busca da felicidade, estão sendo purificadas, mas por desatenção e desconhecimento, você tem gerado mais ações equivocadas e mais samskaras e isso se torna um ciclo infinito. Então, se você não estiver atento a essa questão, pode ficar adi infinitum nesse processo de purificação.

Eu tenho dito que o caminho mais fácil para a purificação é a entrega. “Guruji, eu entrego tudo aos seus pés, esse não é mais meu problema, é o seu problema, cuide disso para mim”. Com isso você vai abrir um espaço na sua mente e no seu corpo emocional. Você está tentando controlar essa situação e resolver isso com seus próprios meios e você só se complica cada vez mais.

Eu posso te dar uma direção para a purificação que é a aceitação do passado. Essa aceitação é possível quando você compreende, a compreensão gera o perdão e o perdão te liberta.

Porém o perdão é um fenômeno que está além da mente.

Ajudaria se você pudesse identificar a mágoa ou ressentimento que o mantém preso ao passado. Cabe a você se perguntar até quando vai manter essa mágoa no coração. Até quando vai insistir em querer se vingar de fulano ou cicrano por ele não ter te dado aquilo que queria? Até quando vai insistir no sofrimento (por mais que sinta prazer nele)?”

“Por favor, traga para o campo aberto aquilo que ainda não estou enxergando, mas que está me fazendo cair no vale do sofrimento. Sempre que eu estiver num impasse com alguém, vivendo um conflito, que eu possa identificar a minha responsabilidade. Mostre-me a minha responsabilidade, permita que eu veja, por mais que fira minha vaidade.

Essa é a oração nos estágios do ABC da Espiritualidade. É quando você está dirigindo toda a sua energia para a purificação e transformação do eu inferior e compreendendo que esse processo se inicia quando você identifica essas manifestações. Conforme você vai identificando, vai fazendo uso do diálogo, para poder superar e ir além dessa identificação.”

“É muito importante que estejamos sempre nos lembrando que o processo de purificação e transformação do eu inferior requer tempo, determinação, toda a sua paciência e muita compaixão.

Esteja bastante atento a armadilha do eu idealizado que é estar exigindo de si mesmo a perfeição. Exigindo que não tenha mais mágoas, ressentimentos ou qualquer dor no seu sistema em relação á mãe ou quem quer que seja.

Nós estamos trabalhando para ampliar a percepção e ativar a consciência maior, que é nossa capacidade de amar e se doar; de perdoar e enxergar Deus em todos, principalmente em todas as pessoas que compõe a constelação familiar.”

“O processo de crescimento e amadurecimento da criança interior é um processo gradual. Muita vezes você se vê novamente envolto por uma nuvem escura e parece que a guiança espiritual não está mais ali presente. Você se vê novamente sozinho, separado, isolado porque ficou tenso e com isso não pode perceber a presença espiritual com você.

E sempre que a sua consciência rebaixa você reedita os mesmos padrões. Você acaba reeditando os mesmos hábitos que normalmente vinha cultivando, o que te dá a sensação de que não melhorou em nada. Mas, isso não é verdade.

Você precisa ficar atento a isso. Existe um condicionamento bastante comum na entidade humana em evolução que é prestar atenção só nos defeitos; somente naquilo que está faltando, e não olhar para aquilo que conquistou e já tem. Eu sinto que é importante você olhar para o seu progresso.

Eu estou me referindo a esses momentos em que a consciência rebaixa e você tem essa tentação de se punir por achar que não progrediu.”

SRI PREM BABA

Postado por 

Mensagem da Federação Galáctica  </p><br />
<p>Canal: Sheldan Nidle<br /><br />
25.02.2014</p><br />
<p>3 Batz, 14 de Zac, 10 Caban</p><br />
<p>Dratzo! Voltamos! Muito está acontecendo em todo seu mundo. A cabala escura se esforça para manter seu poder e vê que esses esforços são em vão. A Luz, agora representada por famílias antigas e numerosas sociedades secretas sagradas, veio e colocou reivindicações bem sucedidas sobre a riqueza e o poder das trevas.</p><br />
<p>Este ataque é legal e tem a nossa cumplicidade. Viemos para acabar com essa farra profana dos escuros e trazer um novo tempo, cheio de prosperidade e sua libertação da escravidão odiosa perpetrada contra si.</p><br />
<p>Os Mestres Ascensos, agindo sob decretos divinos do Céu, estabeleceram o meio pelo qual a cabala escura está se rendendo à Luz. Este processo está em andamento e chegando aos seus primeiros e grandes marcos. O instrumento principal de sua escravização é a riqueza e, sobretudo a invenção mais hedionda deles, a "moeda fiduciária". Esta invenção insidiosa criou inflações desnecessárias e pânicos manipulados ou "crises" durante séculos. Em cada oportunidade, estas manobras vis enriqueceram grandemente o núcleo da cabala escura, criando eventos que cimentaram ainda mais seu poder crescente.</p><br />
<p>O resultado de tais manipulações o levou a guerra, a morte e divisão. Estamos incumbidos de acabar com este malfadado carrossel e substituí-lo por uma estabilidade divina, que lhe permita ver claramente o que é e o que não é real. Na medida em que começa a se expandir nesse processo para incluir as maravilhas que são Gaia e seus incríveis ecossistemas, descobre seu verdadeiro propósito de estar na Terra. É um ser especial, que se destina a ser um intermediário sempre amado. Tem a capacidade de corrigir as coisas que ameaçam estes ecossistemas e fornecer elementos que realmente possam ajudar a todo ser que habita este planeta.</p><br />
<p>Além disso, está prestes a reencontrar seus irmãos do Reino Interior. O interior da Terra é, na realidade, um reino da 5ª Dimensão. É o lugar para onde voltará e retomará seu manto especial de um ser humano totalmente consciente. Esta verdade está agora vibrando dentro de cada célula do seu corpo. Estamos aqui para ajuda-lo neste processo e, sob a direção do Céu, transformar sua atual e conturbada realidade.</p><br />
<p>Uma transformação que começa com grandes alterações em seus corpos físicos, mentais e emocionais e para finalizar uma transformação espiritual que o retornará à plena consciência. A escuridão compreende isso. No entanto, não se conforma em abandonar o poder que o tem controlado por milênios. Este poder está sendo retirado de suas mãos pela terrível situação em que este grupo atualmente se encontra.  Tenta encontrar novas fontes de riqueza e de alguma forma escapar de seu atual pesadelo. Um processo que está em andamento, forçando-os a caminhar por uma estrada que leva a um alto penhasco.</p><br />
<p>Como toupeiras, estão indo para saltar rapidamente num abismo fatal, ou seja, quando pudermos restaurar a liberdade e a prosperidade que é o seu destino real. Ou, quando a divulgação acontecer e pudermos pousar livremente através de seu globo, será rapidamente conduzido a uma nova realidade e uma apresentação geral a suas famílias espirituais e do espaço.</p><br />
<p>Os eventos que são o início do processo que temos aqui descrito estão ocorrendo, mesmo enquanto falamos. Para corrigir este mundo, precisamos forçar um reajuste global de moedas e rapidamente estabelecê-las com um retorno a um sistema baseado em metais preciosos. Incluem-se nisso, uma reestruturação de como o mundo financeiro irá operar internacionalmente. Estas correções positivas serão a base para a liberação dos recursos de prosperidade e tecnologias que iniciarão uma reversão da poluição criminosa de seu ambiente pela cabala escura e seus numerosos seguidores. Estes eventos anunciarão o momento em que os Mestres Ascensos poderão finalmente falar livremente em público, sobre uma série de pontos vitais que afetam a maior parte de suas percepções fundamentais. Estes ensinamentos irão prepará-lo para nossos mentores e de suas conversas consigo sobre o caminho para a plena consciência, oportunidade em que os Aghartianos irão aparecer e explicar quem é e o que realmente é esperado de você pelo Céu.</p><br />
<p>Hosana! Somos seus Mestres Ascensos! Nossa amada Mãe Gaia está no meio de grandes mudanças físicas. Está preparando seus reinos de superfície para uma grande reformulação! A beleza que está prestes a se manifestar abençoa a humanidade. Vemos como as trevas se resignam ao fato de que uma mudança de poder está atualmente acontecendo. O dinheiro tem sido por muito tempo o cerne de seus caminhos. Nossos associados estão tomando esta ferramenta deles.</p><br />
<p>Após esta mudança de moeda, haverá um retorno às moedas lastreadas em metais preciosos. Isto é, o de eliminar as várias artimanhas e sistemas utilizados pelo escuro para manipular suas diversas moedas. Há também uma série de novas regulamentações bancárias que impedirão que vários "truques" sejam usadosdiariamente pelos grandes bancos internacionais. Estes irão preceder a liberação efetiva dos recursos da prosperidade e da ascensão da nova governança. Esta nova governança irá definir o cenário para o retorno geral do Direito Comum.</p><br />
<p>Enquanto tudo isso acontece, está para dar os próximos passos na sua transformação física para a plena consciência. Seus principais chakras da cabeça são sendo preparados para a introdução de mais dois novos chakras. Isso pode causar dores de cabeça, aumento de indefinição geral da visão e diferentes graus de desequilíbrio e náuseas. Outro conjunto de dificuldades poderá envolver cansaço geral e maiores lapsos de memória. Estes sintomas são temporários. Uma vez que as várias partes envolvidas estejam definidas e no lugar, esses males desaparecerão gradualmente. Seu cérebro será "reiniciado" pelas equipes médicas, para que possa experimentar uma maior capacidade de se lembrar de eventos e trabalhar em qualquer problema mental, que lhe for apresentado. Dizemos isso para que esteja corretamente pronto para o que está prestes a ocorrer. Estaremos todos a lhe dar ensinamentos, após a nova governança estar instalada!</p><br />
<p>Estes novos ensinamentos são fundamentalmente para corrigir o que a escuridão tem alimentado ao longo dos últimos milênios. A plena consciência irá conecta-lo com os Registros Akashicos da humanidade Gaia. É necessário um conhecimento prévio do que realmente aconteceu desde sua atual amnésia. O Espírito exige que a verdade seja conhecida e compartilhada entre vocês. Esta é uma das nossas muitas responsabilidades de que estamos incumbidos. Precisa ser capaz de avaliar este reino e decidir o que é bom e relevante e o que precisa ser descartado. Precisamos estabelecer nossa evolução coletiva e prepará-lo em todos os sentidos possíveis para a plena consciência. Além disso, precisa estar ciente de Agartha e a vinda de suas famílias, Espiritual e do Espaço. Esta grande reunião será para abençoar e alterar este reino. Para permitir que possa forjar uma verdadeira sociedade galáctica! Aleluia! Aleluia! Aleluia!</p><br />
<p>Hoje, expandimos sobre os acontecimentos do dia! Muita coisa está agora acontecendo para derrubar a cabala escura e o entrelaçamento de seus tentáculos como um polvo, seus asseclas e instituições afins, para que as ações para lhe trazer prosperidade, permitam que uma nova governança possa se manifestar! Realmente vivemos em uma época de acontecimentos maravilhosos e inspirados pelo Céu! Saibam, meus queridos, que as incontáveis Fontes e a Prosperidade sem fim dos Céus são realmente suas!</p><br />
<p>Que Assim seja! Selamat Gajun! Selamat Ja! (Siriano para Sejam Um e Estejam em Alegria)! </p><br />
<p>Fonte: http://www.paoweb.com/<br /><br />
Tradução: Sementes das Estreles / Candido Pedro Jorge

3 Batz, 14 de Zac, 10 Caban

Dratzo! Voltamos! Muito está acontecendo em todo seu mundo. A cabala escura se esforça para manter seu poder e vê que esses esforços são em vão. A Luz, agora representada por famílias antigas e numerosas sociedades secretas sagradas, veio e colocou reivindicações bem sucedidas sobre a riqueza e o poder das trevas.

Este ataque é legal e tem a nossa cumplicidade. Viemos para acabar com essa farra profana dos escuros e trazer um novo tempo, cheio de prosperidade e sua libertação da escravidão odiosa perpetrada contra si.

Os Mestres Ascensos, agindo sob decretos divinos do Céu, estabeleceram o meio pelo qual a cabala escura está se rendendo à Luz. Este processo está em andamento e chegando aos seus primeiros e grandes marcos. O instrumento principal de sua escravização é a riqueza e, sobretudo a invenção mais hedionda deles, a "moeda fiduciária".

Esta invenção insidiosa criou inflações desnecessárias e pânicos manipulados ou "crises" durante séculos. Em cada oportunidade, estas manobras vis enriqueceram grandemente o núcleo da cabala escura, criando eventos que cimentaram ainda mais seu poder crescente.

O resultado de tais manipulações o levou a guerra, a morte e divisão. Estamos incumbidos de acabar com este malfadado carrossel e substituí-lo por uma estabilidade divina, que lhe permita ver claramente o que é e o que não é real.

Na medida em que começa a se expandir nesse processo para incluir as maravilhas que são Gaia e seus incríveis ecossistemas, descobre seu verdadeiro propósito de estar na Terra. É um ser especial, que se destina a ser um intermediário sempre amado. Tem a capacidade de corrigir as coisas que ameaçam estes ecossistemas e fornecer elementos que realmente possam ajudar a todo ser que habita este planeta.

Além disso, está prestes a reencontrar seus irmãos do Reino Interior. O interior da Terra é, na realidade, um reino da 5ª Dimensão. É o lugar para onde voltará e retomará seu manto especial de um ser humano totalmente consciente.

Esta verdade está agora vibrando dentro de cada célula do seu corpo. Estamos aqui para ajuda-lo neste processo e, sob a direção do Céu, transformar sua atual e conturbada realidade.

Uma transformação que começa com grandes alterações em seus corpos físicos, mentais e emocionais e para finalizar uma transformação espiritual que o retornará à plena consciência. A escuridão compreende isso.

No entanto, não se conforma em abandonar o poder que o tem controlado por milênios. Este poder está sendo retirado de suas mãos pela terrível situação em que este grupo atualmente se encontra. Tenta encontrar novas fontes de riqueza e de alguma forma escapar de seu atual pesadelo. Um processo que está em andamento, forçando-os a caminhar por uma estrada que leva a um alto penhasco.

Como toupeiras, estão indo para saltar rapidamente num abismo fatal, ou seja, quando pudermos restaurar a liberdade e a prosperidade que é o seu destino real. Ou, quando a divulgação acontecer e pudermos pousar livremente através de seu globo, será rapidamente conduzido a uma nova realidade e uma apresentação geral a suas famílias espirituais e do espaço.

Os eventos que são o início do processo que temos aqui descrito estão ocorrendo, mesmo enquanto falamos.

Para corrigir este mundo, precisamos forçar um reajuste global de moedas e rapidamente estabelecê-las com um retorno a um sistema baseado em metais preciosos. Incluem-se nisso, uma reestruturação de como o mundo financeiro irá operar internacionalmente.

Estas correções positivas serão a base para a liberação dos recursos de prosperidade e tecnologias que iniciarão uma reversão da poluição criminosa de seu ambiente pela cabala escura e seus numerosos seguidores.

Estes eventos anunciarão o momento em que os Mestres Ascensos poderão finalmente falar livremente em público, sobre uma série de pontos vitais que afetam a maior parte de suas percepções fundamentais.

Estes ensinamentos irão prepará-lo para nossos mentores e de suas conversas consigo sobre o caminho para a plena consciência, oportunidade em que os Aghartianos irão aparecer e explicar quem é e o que realmente é esperado de você pelo Céu.

Hosana! Somos seus Mestres Ascensos! Nossa amada Mãe Gaia está no meio de grandes mudanças físicas. Está preparando seus reinos de superfície para uma grande reformulação! A beleza que está prestes a se manifestar abençoa a humanidade.

Vemos como as trevas se resignam ao fato de que uma mudança de poder está atualmente acontecendo. O dinheiro tem sido por muito tempo o cerne de seus caminhos. Nossos associados estão tomando esta ferramenta deles.

Após esta mudança de moeda, haverá um retorno às moedas lastreadas em metais preciosos. Isto é, o de eliminar as várias artimanhas e sistemas utilizados pelo escuro para manipular suas diversas moedas.

Há também uma série de novas regulamentações bancárias que impedirão que vários "truques" sejam usadosdiariamente pelos grandes bancos internacionais. Estes irão preceder a liberação efetiva dos recursos da prosperidade e da ascensão da nova governança. Esta nova governança irá definir o cenário para o retorno geral do Direito Comum.

Enquanto tudo isso acontece, está para dar os próximos passos na sua transformação física para a plena consciência. Seus principais chakras da cabeça são sendo preparados para a introdução de mais dois novos chakras.

Isso pode causar dores de cabeça, aumento de indefinição geral da visão e diferentes graus de desequilíbrio e náuseas. Outro conjunto de dificuldades poderá envolver cansaço geral e maiores lapsos de memória.

Estes sintomas são temporários. Uma vez que as várias partes envolvidas estejam definidas e no lugar, esses males desaparecerão gradualmente. Seu cérebro será "reiniciado" pelas equipes médicas, para que possa experimentar uma maior capacidade de se lembrar de eventos e trabalhar em qualquer problema mental, que lhe for apresentado. Dizemos isso para que esteja corretamente pronto para o que está prestes a ocorrer. Estaremos todos a lhe dar ensinamentos, após a nova governança estar instalada!

Estes novos ensinamentos são fundamentalmente para corrigir o que a escuridão tem alimentado ao longo dos últimos milênios. A plena consciência irá conecta-lo com os Registros Akashicos da humanidade Gaia. É necessário um conhecimento prévio do que realmente aconteceu desde sua atual amnésia. O Espírito exige que a verdade seja conhecida e compartilhada entre vocês.

Esta é uma das nossas muitas responsabilidades de que estamos incumbidos. Precisa ser capaz de avaliar este reino e decidir o que é bom e relevante e o que precisa ser descartado. Precisamos estabelecer nossa evolução coletiva e prepará-lo em todos os sentidos possíveis para a plena consciência.

Além disso, precisa estar ciente de Agartha e a vinda de suas famílias, Espiritual e do Espaço. Esta grande reunião será para abençoar e alterar este reino. Para permitir que possa forjar uma verdadeira sociedade galáctica! Aleluia! Aleluia! Aleluia!

Hoje, expandimos sobre os acontecimentos do dia! Muita coisa está agora acontecendo para derrubar a cabala escura e o entrelaçamento de seus tentáculos como um polvo, seus asseclas e instituições afins, para que as ações para lhe trazer prosperidade, permitam que uma nova governança possa se manifestar!

Realmente vivemos em uma época de acontecimentos maravilhosos e inspirados pelo Céu! Saibam, meus queridos, que as incontáveis Fontes e a Prosperidade sem fim dos Céus são realmente suas!

Que Assim seja! Selamat Gajun! Selamat Ja! (Siriano para Sejam Um e Estejam em Alegria)! 

Canal: Sheldan Nidle

Fonte: http://www.paoweb.com/
Tradução: Sementes das Estreles / Candido Pedro Jorge

 

A primeira descoberta foi que os gatos dormem muito porque precisam repor as energias que perdem enquanto fazem a limpeza do ambiente.
 
Isso não é uma novidade, porque já no antigo Egito eles eram e ainda são considerados animais sagrados, porque simbolizam exatamente isso: a limpeza, a higiene, tanto do ambiente como a deles mesmo.
 
Preste atenção onde seu bichano gosta de dormir, normalmente eles procuram locais onde existe alguma energia parada, essa energia não é necessariamente negativa, mas também não é boa tê-la sem utilidade.
 
Assim, o gato é na verdade, uma espécie de filtro, enquanto dormem transformam a energia ou a colocam em movimento.
 
Gatos gostam de dormir em locais de vertente subterrânea de água, falhas geológicas, radiações telúricas. Comprovado pela Geobiologia e pela Radiestesia, estes locais afetam a saúde das pessoas, provocando doenças e depressão entre outras. Assim o gato pode ser uma forma de nos prevenir destes pontos.
 
Repare se seu gato gosta de dormir na sua cama, por exemplo.
 
Outra lenda ligada aos gatos é o fato de possuírem sete vidas. Esta questão está associada ao seu campo vibratório perfeito, ou seja, o gato é o animal que mais neutraliza o negativo, se colocarmos numa escala, neutralizaria 100%, daí a questão das sete vidas.
 
O Gato também é o único animal que, como o ser humano, tem sete camadas da aura e mais do que isso, são duplas. Isso faz com que ele tenha oito sentidos, três a mais do que o normal, que são cinco. Isso é percebido pela sua independência e, podemos dizer sua terceira visão.
 
Quem nunca prestou a atenção em um gato acompanhando o olhar para algo que não conseguimos ver? É comum os gatos perceberem outras presenças nos ambientes.
 
Além disso, é o único animal da Terra que emite um som vibratório, o “ronronar” quando está em harmonia. Neste momento ele está sintonizando seu campo com o da pessoa ou neutralizando seu próprio campo negativo, por isso é aconselhável pegar um gato no colo pelo menos uma vez ao dia.
 
 

 
SaLuSa - "Sinais de um novo tempo" - 24.02.2014
 

São dados, a todo instante, sinais que o novo está a tomar lugar e vós que estais na Terra, neste momento, estais testemunhando o nascer do novo, bem debaixo dos vossos pés. Estais na vanguarda, levando a Luz e orientando como podeis, sabendo que sempre sois banhados por novas energias que, dia após dia, têm acelerado o vosso despertar. 

Milhares de seres humanos, tomados pelo desejo de liberdade, estão sendo assistidos pelos seres superiores que estão constantemente a orientá-los e guiá-los nas melhores decisões em meio aos protestos espalhados pelo mundo. A sua comunicação midiática tem tentado a todo custo ludibriar as mentes humanas que ainda se encontram em um suave impasse, mas é sabido que a Luz que está varrendo a Terra está a guiá-las cada vez mais e nada poderá mudar o foco das almas da Terra, o foco da LIBERDADE.

O compromisso de almas guerreiras, tal como Snowden, é um gás a mais para as demais almas que estão despertando agora e veem a coragem e a determinação de seres que vieram à Terra, nesta época, para trazer a liberdade, mesmo que isso custe as suas vidas. Todos os amados seres que vieram para este quadrante no passado e foram mortos pelas forças das trevas estão novamente envolvidos agora, dando a sua parcela de ajuda; ajuda esta que tem trazido do sono profundo muitos seres adormecidos.

Os testemunhos ao redor do mundo tornar-se-ão frequentes, e mais e mais pessoas tomarão coragem e virão a público testemunhar as atrocidades cometidas pelos que pertencem às trevas, como o 11/09. É de se esperar, naturalmente, que muitos que durante longo tempo estiveram vestidas como “Lobos” mostrem-se da Luz.

O trabalho é muito maior do que possais imaginar e almas queridas se comprometeram a assumir este papel, sob o risco de se desviarem do caminho, mas podereis ver que muitas delas obtiveram sucesso e podereis ver isso em suas ações a seguir. A Mãe Terra está rodeada por milhares de frotas galácticas que estão aqui para testemunhar o grande salto de consciência. Milhares de seres de todos os lugares estão aqui para apoiá-los, neste período, e é dada a cada alma da Terra uma força a mais para que consigam desatar os nós finais que ainda vos mantem presos na Terra.

Continuai a ancorar Luz em vossos corações, apoiando as almas que estão em seu processo de despertar. Esperai e deixai que elas se ergam com as suas próprias forças, no entanto permanecei ao lado delas, doando toda Luz e apoio neste momento tão importante. O Regresso da Deusa a vossos corações trará também uma imensa Luz que suavizará toda carga que foi colocada em vosso ser pelos que pertencem às trevas. A Luz da Deusa irá guiar-vos para fora definitivamente do regime de quarentena, levando-vos para um estado de profunda paz.

Eu Sou SaLuSa de Sírius e a contagem em “zero” indica que os eventos previstos antes dos jogos mundiais estão prestes a começar e podeis ter uma sinopse com as manifestações pelo mundo, onde o poder do povo está a crescer, movimentando as energias de liberdade e justiça.

Estejam em Paz,

Estejam na Luz.

Gabriel: Obrigado, SaLuSa.

São dados, a todo instante, sinais que o novo está a tomar lugar e vós que estais na Terra, neste momento, estais testemunhando o nascer do novo, bem debaixo dos vossos pés. Estais na vanguarda, levando a Luz e orientando como podeis, sabendo que sempre sois banhados por novas energias que, dia após dia, têm acelerado o vosso despertar. 

Milhares de seres humanos, tomados pelo desejo de liberdade, estão sendo assistidos pelos seres superiores que estão constantemente a orientá-los e guiá-los nas melhores decisões em meio aos protestos espalhados pelo mundo. A sua comunicação midiática tem tentado a todo custo ludibriar as mentes humanas que ainda se encontram em um suave impasse, mas é sabido que a Luz que está varrendo a Terra está a guiá-las cada vez mais e nada poderá mudar o foco das almas da Terra, o foco da LIBERDADE.

O compromisso de almas guerreiras, tal como Snowden, é um gás a mais para as demais almas que estão despertando agora e veem a coragem e a determinação de seres que vieram à Terra, nesta época, para trazer a liberdade, mesmo que isso custe as suas vidas. Todos os amados seres que vieram para este quadrante no passado e foram mortos pelas forças das trevas estão novamente envolvidos agora, dando a sua parcela de ajuda; ajuda esta que tem trazido do sono profundo muitos seres adormecidos.

Os testemunhos ao redor do mundo tornar-se-ão frequentes, e mais e mais pessoas tomarão coragem e virão a público testemunhar as atrocidades cometidas pelos que pertencem às trevas, como o 11/09. É de se esperar, naturalmente, que muitos que durante longo tempo estiveram vestidas como “Lobos” mostrem-se da Luz.

O trabalho é muito maior do que possais imaginar e almas queridas se comprometeram a assumir este papel, sob o risco de se desviarem do caminho, mas podereis ver que muitas delas obtiveram sucesso e podereis ver isso em suas ações a seguir. A Mãe Terra está rodeada por milhares de frotas galácticas que estão aqui para testemunhar o grande salto de consciência. Milhares de seres de todos os lugares estão aqui para apoiá-los, neste período, e é dada a cada alma da Terra uma força a mais para que consigam desatar os nós finais que ainda vos mantem presos na Terra.

Continuai a ancorar Luz em vossos corações, apoiando as almas que estão em seu processo de despertar. Esperai e deixai que elas se ergam com as suas próprias forças, no entanto permanecei ao lado delas, doando toda Luz e apoio neste momento tão importante. O Regresso da Deusa a vossos corações trará também uma imensa Luz que suavizará toda carga que foi colocada em vosso ser pelos que pertencem às trevas. A Luz da Deusa irá guiar-vos para fora definitivamente do regime de quarentena, levando-vos para um estado de profunda paz.

Eu Sou SaLuSa de Sírius e a contagem em “zero” indica que os eventos previstos antes dos jogos mundiais estão prestes a começar e podeis ter uma sinopse com as manifestações pelo mundo, onde o poder do povo está a crescer, movimentando as energias de liberdade e justiça.

Estejam em Paz,

Estejam na Luz.

Gabriel: Obrigado, SaLuSa.

Conheça as bebidas de verão que devem ser evitadas!

Muito do que você pensa estar te hidratando está, na verdade, fazendo mal ao seu organismo

Eu sei que com tanto calor uma bebida refrescante é tudo o que você quer. Mas tome muito cuidado, pois as “bebidas de verão” apresentam um lado obscuro com uma grande quantidade de açúcar ou até mesmo de adoçante artificial. E isso é extremamente preocupante, pois acaba com aquela visão inocente de que essas bebidas não comprometem o seu empenho de chegar no verão em forma.

Espero que fique claro que eu não quero que você perca o prazer de beber algo refrescante nesse verão, mas escolha certo e evite essas bebidas tentadoras que nada agregam à sua saúde, a não ser alguns quilos e centímetros no seu abdome. Procure algo que satisfaça o seu desejo por uma bebida refrescante e gelada e que possa te beneficiar em termos de saúde! Estamos combinados?

É importante que você saiba que não há razão para sabotar a sua saúde e a sua circunferência abdominal. Portanto evite:

1 – Refrigerantes normais ou diet

Essas bebidas contêm muito açúcar, ou pior ainda, muito adoçante artificial como o Aspartame, por exemplo, que está relacionado com muitos efeitos colaterais. Além disso, você estará exposto a:

– Ácido fosfórico: que compromete a sua habilidade de absorver cálcio, estando correlacionado com a osteoporose e o enfraquecimento dos dentes.

– Benzoato de sódio: um conservante encontrado em muitos refrigerantes, relacionado com a lesão de DNA.

– Benzeno: é um componente carcinogênio, e que frequentemente está muito acima da dosagem que é permitida.

– Corantes artificiais: com ação carcinogênica.

2 – Suco de frutas ou limonadas

Muito das limonadas que encontramos por aí nada mais são do que algo artificial, a base de açúcar ou xarope de milho rico em frutose, água e aromatizantes; talvez nem limão de verdade essas limonadas têm. Porém, se você faz uma limonada de verdade, tudo bem, pois o limão é uma fruta com baixíssima quantidade de frutose.

A limonada e o suco de frutas podem ter o mesmo impacto na sua saúde que os refrigerantes devido à quantidade de frutose que vai aumentar o risco de ganho de peso e doenças degenerativas.

3 – Chás adoçados

Essa é outra bebida que causa bastante confusão, pois normalmente consideramos o chá saudável por conter bastante antioxidantes, mas neste caso é um produto muito rico em açúcar, e muitas vezes chega a ter maior quantidade de açúcar do que os refrigerantes.

Dê preferência ao chá feito na hora e adoçado com Stevia. Neste caso não vejo problemas.

4 – Energy drinks (energéticos)

Apesar de gerar um estímulo energético rápido, consumi-lo em grandes quantidades poderá gerar a absorção de muita cafeína o que traz sérias consequências para a saúde. Altas doses de cafeína podem provocar ansiedade, arritmia e até derrame. Além disso, ela é altamente erosiva para os dentes.

Você deve ganhar energia, na verdade, com a sua alimentação correta e não com essas estratégias artificiais.

5 – Sport drinks

Muitos acreditam que os sport drinks são necessários no verão para repor eletrólitos perdidos durante exercícios ou a simples transpiração desses dias de calor. Com certeza, ele ajuda a repor os eletrólitos, pois é rico em sódio. Porém, isso só tem sentido em caso de exercícios muito intensos. Além disso, esses produtos contêm muito açúcar, sódio, xarope de milho rico em frutose ou adoçantes artificiais, além de corantes e aromatizantes, estando correlacionado com diversos problemas de saúde como hiperatividade, rebaixamento de QI, câncer, depressão, dor de cabeça, alergias e comprometimento de função renal, além de também ser muito erosivo para os dentes. Dê preferência a água de coco natural.

6 – Keep cooler

Esse tipo de bebida, que parece mais um suco de fruta do que um álcool, tem se tornado bastante popular nesta época do ano. Porém, para se ter esse sabor adocicado o fabricante associa suco de fruta e açúcar ao vinho, normalmente a mais barata categoria disponível. Associa-se também corantes, aromatizantes e até adoçantes artificiais.

Por isso, dê preferência a uma taça de vinho ou espumante seco.

7 – Cafés gelados

O café, um alimento saudável, parece algo inocente. Mas, saiba que ele é altamente calórico, pré-adoçado com grandes quantidades de açúcar, xarope de milho rico em frutose ou adoçante artificial, além de aromatizantes artificiais, o que compromete toda a sua essência.

Caso queira bebida refrescante de café, procure uma alternativa melhor.

Então, na hora de se refrescar, opte por sua saúde! Ela é quem deve estar em primeiro lugar, seja no verão, no outono, no inverno e até mesmo na primavera.

Referências bibliográficas:

– Comprehensive reviews in food Science and food safety. Vol 9, Issue 3, pages      303-317. May 2010

– Gen Dent.  2012 May – Jun; 60(3):190-7; quiz 198-9

– Adventure Journal.  Sept 27, 2011

Fonte: http://www.drrondo.com/