A fonte da longevidade está nas plantas medicinais?

O futuro da ciência da longevidade acena com recursos que vão muito além de dicas de bons hábitos de vida.

Na procura pelo envelhecimento saudável temos que nos valer de recursos que proporcionem isso.

Diante de tantas evidências, sem dúvida o recurso que mais se aproxima de um elixir da longevidade são as ervas medicinais.

Combater de maneira eficaz os efeitos da idade é um dos grandes desafios das ervas medicinais.

Juntas, algumas substâncias naturais e as ervas medicinais são fonte importante de um programa para conquistar a longevidade.

Com um programa antienvelhecimento acendendo os refletores sobre a bioquímica dos radicais livres, as plantas roubam a cena devido às suas poderosíssimas substâncias com propriedades antioxidantes. A abundância de antioxidantes pode acrescentar anos à vida, já a falta pode tirar anos de vida.

Um programa antienvelhecimento e/ou de “rejuvenescimento” sem esses recursos está incompleto, porque eles reforçam a renovação, auxiliam no reparo de células já danificadas, derrotando os inimigos mais temíveis da longevidade.

Quem quer manter a jovialidade e alcançar vida longa pode contar com as substâncias das ervas.

É bom lembrar que as ervas medicinais contribuem muito para que possamos desacelerar a ação do tempo e, se não retardarmos o processo, pelo menos melhoraremos a qualidade dos dias a serem vividos.

Apagar as marcas do tempo e dar um fim as doenças que encurtam a vida parece possível.

A partir do momento em que as pessoas entenderem que a sua vida é única, buscarão meios que possam proporcionar um envelhecimento saudável as doenças deixarão de ser impositivas.

Pense Nisso

No livro A morte de um apicultor, Lars Gustafsson menciona que numa região no norte da Suécia, os moradores têm um modo meio estranho de se referir quando alguém morre.

Eles nunca dizem: fulano morreu de ataque cardíaco ou dessa ou daquela doença. Eles sempre dizem: “ele fez a sua morte”.

Tem lógica este modo de pensar, pois atualmente a ciência vem nos mostrando que cada um nós, ao alimentar-se de modo errado, ao intoxicar-se, envenenar-se, não superar os vícios vai abreviando sua vida e fazendo a sua morte.

Cada um “faz a sua morte”, isto é, cada pessoa é responsável para prolongar ou abreviar a sua vida de acordo com o modo como vive.

Todos os esforços da ciência para aumentar a quantidade de anos da vida humana podem ser inutilizados, em boa parte, se a pessoa não minimizar o grande prejuízo que elas mesmas fazem ao ignorar os conselhos que a própria ciência vem dando.

Não é suficiente saber que doença tem a pessoa, mas que pessoa tem a doença.
(Hipócrates – pai da medicina)

O estresse não é resultado de trabalhos e atividades intensas e sim do significado que a pessoa dá a esse trabalho e a essas atividades.

A ESCOLHA E‘ SUA :::::::
OU VOCÊ INVESTE NA SUA SAUDE ……..
OU VOCÊ FICA SEMPRE GA$TANDO NAS DOENCA$

O louro (Laurus nobilis) é muito usado na culinária por causa de seu sabor marcante, especialmente temperando pratos como feijão.

Mas o louro não é só tempero – ele também é uma planta medicinal utilizada no tratamento de vários distúrbios de saúde.

Você anda ansioso, estressado?

As folhas de louro ajudam a combater esses problemas.

Gennady Malakhov, um pesquisador russo, descobriu que as perfumadas folhas de louro têm grande efeito sobre o estresse e a ansiedade.

Ele recomenda, neste caso, fazer o seguinte:

Pegue algumas folhas de louro secas e queime-as em um cinzeiro.

Sente-se e fique no ambiente onde as folhas estão sendo queimadas por uns 10 minutos.

Você vai se sentir uma agradável fumaça perfumada incensar o local.

Neste momento, ocorrerá a liberação de substâncias específicas que relaxam o cérebro.

Inspire profundamente e acalme o corpo e a mente.

Mas o poder do louro não se resume a isso.

Ele é diurético, antirreumático, anti-inflamatório, digestivo, estimulante, expectorante e hepático.

É ótimo para tratar:

– distúrbios digestivos

– inflamações no fígado

– cólicas menstruais

– infecções nos ouvidos

– infecções na pele

– dor de cabeça

– gases

– reumatismo

Acabou?

Não!

O louro atua como expectorante em casos de gripe resfriado, bronquite e outras doenças que atingem o aparelho respiratório.

E ainda dá uma turbinada no metabolismo, contribuindo para a perda de peso.

Uma boa forma de aproveitar essas propriedades do louro é consumindo o chá e o xarope:

Veja como se faz o chá:

INGREDIENTES

3 folhas de louro

1 litro de água

MODO DE PREPARO

Ferva a água e, no fim, adicione as folhas de louro.

Desligue o fogo, feche a panela e deixe descansar por dez minutos.

Beba o chá de três a quatro vezes ao dia.

Contraindicações: mulheres grávidas ou em fase de amamentação.

Efeitos colaterais: se usado em grandes quantidades, pode causar sonolência ou irritar o estômago

Beba por três semanas ou até melhorar seu problema de saúde.

Se o objetivo for perder peso, dê uma pausa de 15 dias e retome por mais três semanas. Xarope de louro

Para nós, um dos melhores remédios naturais para a tosse.

Experimente e comprove:

INGREDIENTES

150 mL de água pura

6 colheres (sopa) de açúcar mascavo

1 limão

6 folhas de louro

MODO DE PREPARO

O primeiro passo é ferver a água.

Assim que levantar fervura, coloque as folhas de louro e deixe-as cozinhando com a panela tampada por cerca de 6 minutos.

Passado esse tempo, desligue o fogo.

Espere esfriar.

Retire as folhas de louro, transfira o líquido para um frasco, coloque o açúcar mascavo e esprema um limão.

Misture tudo muito bem até o açúcar se derreter.

Tome 1 colher (chá) do xarope de 3 a 5 vezes por dia.

A dosagem pode ser aumentada se a tosse estiver muito forte.

Esta receita obtém excelentes resultados em casos de tosse seca.

E pode ser conservada na geladeira por no máximo três dias.

A obesidade é uma doença metabólica e inflamatória, e é caracterizada pelo aumento de substâncias pró-inflamatórias, secretadas pelos adipócitos (células de gordura). Essas substâncias pró-inflamatórias podem levar ao aumento da pressão arterial, resistência à insulina, resultando em doenças cardiovasculares, diabetes e até alguns tipos de cânceres.

Nos últimos anos, muitos compostos bioativos das frutas foram isolados, mostrando efeitos anti-inflamatórios. Esses componentes benéficos têm mostrado resultado positivo na proteção da saúde, especialmente contra doenças relacionadas ao estilo de vida moderno.

acerola

Um estudo brasileiro recém publicado (04 de fevereiro de 2014), pelos pesquisadores DIAS,F.M, LEFFA, D.D e colaboradores, mostrou que a acerola, protege as proteínas envolvidas na reações de lipólise (favorecendo a perda de gordura corporal) e ajuda a reduzir a inflamação do organismo.

A pesquisa foi publicada na revista Lipids in Health and Disease, os pesquisadores observaram os resultados em ratos, durante o período de quatro semanas. O estudo mostrou que o consumo de suco de acerola reduziu o nível de proteínas inflamatórias (TNFα) e aumentou a lipólise (quebra de gordura) nos ratos avaliados que receberam uma dieta altamente calórica.

Os pesquisadores concluíram que o suco de acerola pode prevenir o ganho de peso (considerando o peso corporal e quantidade de gordura corporal), como também ajudar no controle da Dislipidemia (considerando melhora dos níveis de triglicerideos), como também reduzir a inflamação do organismo. É importante lembrar que novos estudos ainda são necessários para entender melhor os mecanismos envolvidos nos efeitos benéficos associados com o consumo do suco de acerola.

acerola01

A acerola (Malpighia emarginata ou Malpighia glabra), também conhecida popularmente como cereja-das-antilhas ou cereja-de-barbados, tem origem nas Antilhas, América Central e norte da América do Sul. Pertence à família das Malpighiaceae. No Brasil, o cultivo de acerolas teve um forte crescimento nos últimos vinte anos, sendo hoje uma importante cultura da Região Nordeste, com destaque principalmente na agroindústria de polpa de fruta congelada. Sua superfície é lisa ou dividida em três gomos. Possui três sementes no seu interior. O sabor do fruto é levemente ácido e o perfume é semelhante ao da maçã. Possui vitaminas A, B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina), cálcio, fósforo, ferro e, principalmente, vitamina C, que, em algumas variedades, chega a estar presente em até 5 gramas por 100 gramas de polpa. Este valor chega a ser oitenta vezes superior ao da laranja e ao do limão.

Esse efeito anti-inflamatório observado da ingestão do suco de acerola, pode ser atribuído à composição da fruta (polifenóis e vitamina C).

Valor Nutricional
Cada 100 gramas de acerola oferece em média *:
-Energia – 35 calorias
-Carboidratos  – 7,6 gramas
-Proteínas  –  0,4 gramas
-Gorduras  –  0,3 gramas
-Vitamina C –  1.677 mg
-Vitamina A –  230 µg RE
*Fonte: Tabela para Avaliação de Consumo Alimentar em Medidas Caseiras. 5ª Ed. 2004

Uso da acerola

A acerola é mais consumida na forma de suco (polpa congelada ou crua), pois in natura é muito ácida e de difícil aceitação. Nos dias mais quentes, tomar suco é uma maneira saudável de se refrescar.  No preparo caseiro, a fruta deve ser misturada com duas a três partes de água e batida no liquidificador. Com esse calor, que tal um suco refrescante de acerola? Tome com moderação, sem culpa, fique mais saudável e ainda emagreça.

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

O estudo ressalta, no entanto, que a versão “normal” das bebidas, adoçadas com açúcar, não está associada ao risco de desenvolver qualquer uma dessas condições, contrariando algumas pesquisas já realizadas anteriormente.

diet-coke-aspartame“Não foi surpresa descobrir que a ingestão de refrigerante diet está associada com acidente vascular cerebral e demência. O que me surpreendeu foi que a ingestão de bebidas adoçadas com açúcar não está associada a esses riscos, porque as bebidas com açúcar são conhecidas por não serem saudáveis”, disse Matthew Pase, que coordenou a pesquisa, em entrevista à CNN.

Os pesquisadores admitem, no entanto, que não conseguiram provar uma relação direta de causa e efeito entre a ingestão de bebidas adoçadas artificialmente e o aumento do risco de derrame e demência. Segundo eles, trata-se de uma associação, já que o estudo se baseia em observações e dados fornecidos por meio de um questionário sobre hábitos alimentares.

A pesquisa

Cerca de 4 mil pessoas participaram da pesquisa, que organizou dois grupos de estudo por faixa etária: 2.888 adultos com mais de 45 anos (para analisar a incidência de derrame) e 1.484 com mais de 60 anos (para avaliar os casos demência). Os dados, coletados por meio de questionários, foram cedido pelo Framingham Heart Study, extenso projeto da Universidade de Boston sobre doença cardiovasculares.

Os pesquisadores analisaram a quantidade de bebidas e refrigerantes diet e normal ingerida por cada participante, em diferentes momentos, entre 1991 e 2001. Em seguida, compararam com o número de pessoas foram vítimas de derrame ou demência num prazo de 10 anos . No período, foram observados 97 casos de acidente vascular cerebral (82 isquêmicos, causado por vasos sanguíneos bloqueados) e 81 de demência (63 compatíveis com Alzheimer).

“Após fazer ajustes por idade, sexo, educação (para análise da demência), ingestão calórica, qualidade da dieta, atividade física e tabagismo, maior consumo recente e maior de refrigerantes adoçados artificialmente foram associados a um risco maior de AVC isquêmico e demência, como a doença de Alzheimer”, diz o estudo.

De acordo com a pesquisa, aqueles que consumiam pelo menos uma lata de bebida diet diariamente eram 2,96 vezes mais propensos a sofrer um acidente vascular cerebral isquêmico e tinham 2,89 vezes mais tendência a desenvolver o mal de Alzheimer do que aqueles que bebiam menos de uma vez por semana.

manipulação-controle-nwo

Outros estudos

Essa não é a primeira vez que bebidas diet são associadas ao desenvolvimento de problemas de saúde. A pesquisa cita o estudo Northern Manhattan, que teria revelado que “o consumo diário de refrigerante adoçado artificialmente estava ligado a um risco maior de incidentes vasculares, mas não de acidente vascular cerebral”.

Outro exemplo mencionado é o Nurses Health Study and Health Professionals, que mostrou que “o alto consumo de açúcar e refrigerantes adoçados artificialmente foi associado a um risco maior de derrame”.


{n.t.-  Excerto do post “Os Anjos Caídos, The Watchers“.

– Usaremos metais suaves, aceleradores de idade e sedativos nos alimentos e água (FLÚOR), também no ar (CHEMTRAILS). Eles estarão cobertos de venenos em todo lugar que residirem por sua vez. Os metais suaves irão causar-lhes a perda de suas mentes. Iremos prometer encontrar a cura em nossas muitas frentes de pesquisa, no entanto nós iremos alimentá-los com mais venenos”.

aspartame-2“Os venenos serão absorvidos pela sua pele, boca e respiração, eles vão destruir as suas mentes e sistemas reprodutivos. De tudo isso, seus filhos nascerão mortos, ou defeituosos e nós iremos esconder esta informação. Os venenos estarão escondidos em tudo que os rodeiam, no que eles bebem, comem, respiram e que os desgastam.  Temos que ser espertos na disseminação dos venenos, pois eles veem longe. Nós vamos ensinar-lhes que os venenos são bons, com imagens divertidas e tons musicais na propaganda. Aqueles que as assistem até vão nos ajudar. Nós iremos recorrer a eles para empurrar os nossos venenos”. 

“Eles irão ver os nossos produtos sendo usados em filmes (n.t. e em tempos mais modernos através da televisão) e irão crescer acostumados com eles e nunca saberão os seus verdadeiros efeitos. Quando eles nascerem, iremos injetar venenos no sangue de seus filhos e convencê-los que é para  ajudar na sua saúde. Começaremos bem cedo, quando suas mentes são jovens e que terão como alvo os seus filhos com aquilo que as crianças mais amam, coisas doces”Fim de citação}


Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

Quem nunca se beneficiou com o uso de chás medicinais?

Não é de se espantar que, num século de muita tecnologia, as pessoas continuam usando e difundindo o uso de chás medicinais.

Afinal, é quase certo que, na natureza, está a cura de todas as doenças.

Não por acaso, grandes laboratórios investem fortunas para pesquisar plantas medicinais e patenteá-las.

A questão é como fazer o chá?

Muita gente desperdiça as propriedades medicinais da erva, por não saber o modo correto de preparar um chá.

As formas de fazer chá são: infusão e decocção.

Infusão – Despejar água fervente sobre a planta.

Decocção ou cozimento – Ferver 8 g da planta fresca ou 5 g da planta seca, em quantidade equivalente a xícara de água. Se for folha, desligar o fogo assim que iniciar a fervura, abafar, aguardar 20 minutos depois ingerir. No caso de cascas, ferver de 5 a 10 minutos, desligar, abafar, aguardar 20 minutos, ingerir.

Plantas mais usadas

Abaixo uma relação com algumas plantas mais medicinais, muitas delas de eficiência comprovada por estudos científicos.

  • Alfazema ou lavanda (Lavandula angustifolia). Estimulante, digestiva, combate cólicas, calmante do nervos, indicada na insônia, nevralgias, asma brônquica, o óleo essencial tem grande efeito antimicrobiano (foi usado na 2ª Guerra Mundial nas feridas dos soldados).
  • Alcachofra (Cynara scolymus) excelente contra o excesso de colesterol, protege o fígado.

Estudos científicos sobre a alcachofra comprovaram que o suco das folhas com as flores, diminui o colesterol ruim (LDL) aumenta o colesterol bom (HDL).

Mulheres grávidas ou amamentando devem evitar. Usada com a berinjela (Solanum melongena) potencializa os efeitos.

Temos percebido que o uso em excesso do suco da berinjela, provoca ressecamento na pele e emagrecimento.

  • Anis-estrelado (Illicium verum). É básico na produção de famoso medicamento antiviral da indústria farmacêutica. Seu cheiro lembra a erva-doce porque possuem determinado princípio ativo em comum. Ótimo calmante, na bronquite, cansaço, doenças da bexiga e náuseas, bom carminativo (estimula o apetite).
  • Aroeira (Myracrodruon urundeuva) e barbatimão (Stryphnodendron adstringens). Anti-inflamatórios e cicatrizantes, nas gastrites e problemas na coluna.
  • Calêndula (Calendula officinalis). Alergias, ótima cicatrizante (a tintura diluída em água é usada nas feridas abertas), muito útil em problemas de fígado, má digestão e gastrite,problemas de pele em geral.
  • Camomila (Chamomilla recutita). Digestiva, sedativa, cólicas em bebês, o seu óleo essencial é azul (o azul na cromoterapia tem a propriedade de relaxar)
  • Capim-limão (Cymbopogon citratus). Antisséptico, por sua ação contra fungos e microrganismos, composto principalmente de citral que tem ação calmante e espasmolítica (elimina cólicas), também contém mirceno que é analgésico. Por ser diurético e calmante ameniza a pressão alta.
  • Carqueja (Bacharis trimera). Estudos em 1967 demonstraram redução dos níveis de açúcar (glicose) no sangue. Muito indicada também nos problemas do estômago e fígado.

Não usar por muito tempo. É diurético potente e pode causar a perda de minerais ou emagrecimento.

  • Carobinha (Jacaranda pteroides) e a cavalinha (Equisetum giganteum). Juntas têm dado ótimos resultados nos casos de alergia, afecções dos rins e da bexiga, a carobinha também é usada nos problemas circulatórios, grande depurativo, combate amebíase.
  • Chapéu-de-couro (Echinodorus grandiflorus). Depurativo, também usado no tratamento dos rins, diurético, abaixa a pressão . Tem a propriedade de interromper a arterioesclerose.
  • Cipó-mil-homens (Aristolochia cymbifera). Extraordinário antiparasitário, trata má digestões, principalmente ocasionadas por vermes. É utilizado com argila sobre a cabeça visando expulsar cisticercos, popularmente chamados de “ovo de solitária”. É usado se a imunidade está baixa. Quem tem problemas cardíacos deve ter cuidado com o uso.
  • Cordão-de-frade (Leonotis nepetaefolia.). Tônico e estimulante, antimicrobiano, com efeito comprovado cientificamente sobre o Staphilococcus aureus (bactéria). Usamos também na artrite e artrose acompanhadas de excesso de ácido úrico.
  • Erva-de-são-joão (Ageratum conyzoides). Calmante, analgésico, anti-inflamatória, no reumatismo e cólicas. A outra erva-de-são-joão (Hypericum perforatum) ficou famosa no tratamento da depressão.
  •  Erva-cidreira de horta (Lippia alba). É calmante e combate cólicas. Contém citral e mirceno. Trata pressão alta e má digestão.
  • Erva-doce (Pimpinella anisum). Extremamente eficiente contra gases estomacais, cólicas, dor de cabeça, resfriados, calmante.
  • Espinheira-santa (Maytenus aquifolium). Cientificamente comprovada no tratamento de gastrite e úlceras. Melhora a digestão e elimina gases do estômago.
  • Folha da uva (Vitis vinifera). Usar o banho de assento (sentar na bacia) com o chá das folhas nos casos de hemorroidas. A ingestão aumenta a imunidade.
  • Ipê-roxo (Tabebuia avellanedae). Anti-inflamatório, antifúngico e antialérgico. Usado no tratamento de tumores.
  • Jurubeba (Solanum paniculatum). Usada nos problemas digestórios em geral. Desintoxica o fígado (oficialmente registrada na Farmacopeia Brasileira contra anemia e problemas hepáticos).
  • Macaé (Leonurus sibiricus). Diurético, diminui a pressão arterial, nas indigestões, no excesso de menstruação, calmante do coração e depurativa. Mulheres grávidas devem evitar.
  • Macela (Achyrochline alata). No estudo de Arisawa (1994), reduziu 67% de células cancerosas. Calmante.
  • Margarida (Bellis perennis). Problemas do sistema nervoso e esgotamento mental.
  • Melissa (Melissa officinalis). Ansiedade, insônia e má igestão, gripe e enxaqueca. Tem ação contra o vírus da herpes labial (aqueles sapinhos que aparecem no canto da boca).Para-tudo (Drimys agranatensis). Excelente nas indigestões.
  • Panaceia (Solanum cernuum). Tem muitos usos, é depurativo, ótimos resultados em doenças venéreas (gonorreia e candidíase).
  • Rosa branca (Rosa galica). Calmante e refrescante. Prisão de ventre e indigestões. Ótima em combinações de ervas.
  • Sete-sangrias (Cuphea carthagenensis). Colesterol alto, hipertensão arterial. Limpa mesmo o sangue, melhora a circulação.
  • Salsaparrilha (Smilax japicanga). Tônico. Depurativa. Reumatismo. Doenças venéreas (na sífilis estudos na China confirmaram 90% de eficácia). Antibiótico natural. Doenças de pele. Psoríase. Há suspeitas de que seus esteroides possam ser transformados em estrogênio e testosterona no corpo humano (reposição hormonal).
  • Sabugueiro (Sambucus australis). É antiviral. Sarampo e catapora. Cicatrizante e anti-inflamatório. Eficiente em infecções respiratórias, sinusite, febres, artrite e reumatismo.
  • Tanchagem (Plantago major). Problemas menstruais. Desintoxicante das vias respiratórias e do sangue. Anti-inflamatória, principalmente em relação à boca, garganta e estômago.
  • Unha-de-gato (Uncaria guianensis) e uxi-amarelo (Endopleura uchi). São usados juntos contra inflamações em geral. Há pesquisas comprovando a eliminação de miomas.

http://www.curapelanatureza.com.br/…/tudo-o-que-voce-precis…

Além de aproveitar as propriedades termogênicas do gengibre para queimar gorduras, podemos misturá-lo com outros ingredientes que também favorecem a depuração de toxinas e a perda de peso.

Não é uma surpresa para ninguém que o abdômen seja uma das áreas do corpo que mais acumula gordura.

Embora existam diversas formas de evitar isso, são poucas as pessoas que fazem todos os esforços necessários para não acumular gordura abdominal.

A chave para combater este problema é ativar o metabolismo através da alimentação, dos exercícios e de outros hábitos saudáveis.

Além disso, é importante depurar o corpo e estimular o bom funcionamento de órgãos como o fígado, cuja função é processar as gorduras e a glicose.

Neste sentido, é bom saber que há alguns remédios naturais que podem contribuir para limpar o corpo para combater o excesso de peso.

Entre eles encontramos a incrível raiz de gengibre conhecida por seu poder aromático e suas diversas aplicações na gastronomia.

Hoje queremos compartilhar seus principais benefícios e várias formas de incluí-lo na dieta com a finalidade de perder peso e gordura.

Não perca!

Quais são os benefícios do gengibre?

O gengibre é uma raiz medicinal que é empregada há séculos como cura para vários transtornos que acometem a nossa saúde.

Ele tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que contribuem para melhorar a digestão, reduzir o colesterol e expulsar o excesso de toxinas acumuladas no corpo.

Há algum tempo muitas pessoas passaram a incluí-lo em seus planos de alimentação devido a suas propriedades emagrecedoras e depurativas.

Sua ingestão estimula a função do metabolismo e permite melhorar os processos digestivos para uma correta eliminação das gorduras.

Ele também tem um efeito diurético que promove a eliminação dos líquidos retidos para evitar que os processos inflamatórios do corpo piorem.

Uma de suas principais vantagens é que ele não contém muitas calorias e pode ser combinado com outros ingredientes que potencializam suas propriedades.

Hoje queremos compartilhar várias receitas para que você não hesite em aproveitar os seus benefícios como complemento em uma dieta saudável.

Como preparar o gengibre para perder gordura abdominal?
A forma mais comum de consumir o gengibre é através de uma infusão da raiz. No entanto, para ótimos resultados podemos misturá-la com outros ingredientes que queimam gordura naturalmente.

Chá de gengibre com limão
A vitamina C e os antioxidantes do limão reforçam os benefícios do gengibre para depurar o fígado e favorecer a digestão das gorduras.

Como resultado iremos obter um chá desintoxicante e diurético que serve como apoio da dieta para queimar a gordura abdominal.

Ingredientes
O suco de 1/2 limão
1 pedaço de raiz de gengibre
1 copo de água (250 ml)
Mel (opcional)
Como prepará-lo?
Aqueça o copo de água e, logo antes de começar a ferver, acrescente o pedaço de raiz de gengibre.
Deixe em fogo mínimo durante alguns minutos, retire-o e acrescente o suco de limão.
Mexa bem e, se quiser, adicione um pouco de mel para adoçar.
Beba uma xícara antes das principais refeições.
Suco de toranja e gengibre
A toranja é uma fruta pobre em calorias que demonstrou ter importantes efeitos na redução do peso corporal.

Seu sabor delicioso cai muito bem com o toque picante do gengibre quando ambos são usados em um suco natural.

Ingredientes
4 toranjas grandes
1 colher de gengibre em pó (3 g)
O suco de 1/4 de limão (opcional)
Como prepará-lo?
Extraia o suco de quatro toranjas grandes e misture-o com a colher de raiz de gengibre e um pouco de suco de limão.
Beba, em jejum, logo após prepará-lo.
Chá verde com gengibre
O chá verde é famoso por seus diversos antioxidantes e sua enorme capacidade para favorecer a perda de peso.

Sua ingestão evita o acúmulo de gorduras, controla os níveis de colesterol e facilita os processos digestivos.

Esta bebida com um pouco de raiz de gengibre é um incrível remédio para melhorar a saúde e conseguir um corpo mais magro em pouco tempo.

Ingredientes
1 colher de chá verde (10 g)
1 pedaço de gengibre fresco
1 copo de água (250 ml)
Como prepará-lo?
Coloque o copo de água para ferver, acrescente o pedaço de gengibre e deixe-o em fogo baixo durante alguns minutos.
Passado este tempo, retire-o do fogo e acrescente a colher de chá verde.
Espere repousar durante 10 minutos e beba.
Você pode tomar até duas xícaras por dia.
Durante quanto tempo deve-se tomar estes remédios?
Para obter os benefícios destes remédios desintoxicantes é aconselhável consumi-los durante um mês seguido. Passado este tempo de tratamento, descanse 15 dias e inicie novamente.

Lembre-se de que você não verá resultados se não conseguir exercitar seu corpo e melhorar seus hábitos alimentares.

Fonte: https://dicasereceitas.net/post/13620?ref=fk

O principal benefício potencial de vanádio é ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue em pessoas que têm diabetes, de acordo com a University of Pittsburgh Medical Center. Doses de suplementos de vanádio são normalmente benéficos para controlar os níveis altos de açúcar no sangue.

A pesquisa preliminar sobre a possibilidade de vanádio controlar os níveis de glicose em diabéticos surgiu a partir de alguns estudos bem sucedidos em um mineral similar conhecido como cromo, segundo as notas dos Institutos Nacionais de Saúde do Centro Nacional para Medicina Complementar e Alternativa, ou NCCAM.

O Vanádio também pode melhorar a sensibilidade à insulina, bem como diminuir o LDL, ou “mau colesterol”, em pessoas com diabetes tipo 2, as notas da Universidade de Maryland Medical Center.

Prpriedades Terapeudicas do Vánadio

Pesquisas recentes apontam o vanádio como nutriente importantíssimo na prevenção de diversos problemas de saúde. Suas principais propriedades terapêuticas, já conhecidas, são as seguintes:

Antioxidante:

É moderador das oxidações orgânicas, o que auxilia no rejuvenescimento; Radicais-livres:

Combate os radicais livres, o que evita a modificação celular e sua repercussão nos órgãos dos sistemas, sendo considerado como profilático do câncer;

Diabetes:

Atua no mecanismo de ação da insulina, estimulando a captação de glicose de forma semelhante à insulina, facilitando sua entrada na célula, o que favorece o organismo do diabético;

Coração:

Auxilia o metabolismo dos carboidratos e lipídios (gorduras), o que proporciona a diminuição do colesterol e das triglicérides, atuando positivamente na aterosclerose e como coadjuvante no emagrecimento, além de ajudar a desobstruir artérias. É ideal para quem tem problemas coronários;

Processo anabólico:

Favorece o anabolismo, atuando nas debilidades em geral e convalescença das infecções agudas;

Anemias:

No metabolismo do ferro, o vanádio promove sua distribuição e auxilia a sua correção mais rápida nas anemias carências quando utilizado em conjunto com sulfato ferroso. Como utiliza a mesma via de transportes e absorção que o ferro, também atua nas anemias globulares;

Sistema Respiratório:

Favorece patologias do sistema respiratório superior e inferior (rinofaringite, laringite estrindurosa, asma, bronquite, adenopatia cervical e traqueobrônquica);

Antiestresse:

Atua diminuindo o cansaço físico e mental, causando uma sensação leve e de bem estar, sendo assim excelente antiestressante;

Dermatologia:

Possui efeito dermatológico cicatrizante; esteticamente, proporciona brilho para os cabelos;

Osteoporose:

Utilizando a mesma via do fósforo, previne a osteoporose.

Cáries:

Atuando em conjunto com o flúor, previne cáries. Favorece a mineralização dos ossos e dentes, provavelmente devido à troca do fósforo na molécula de apatita (fosfato de cálcio com flúor), conduzindo ao endurecimento da apatita, estimulando a mineralização da dentina, podendo exercer um efeito protetor contra as cáries;

Colesterol:

Diante de todas essas propriedades, o vanádio atua de forma benéfica em órgãos tais como o fígado, o pâncreas e vesícula biliar, porque diminui a síntese de colesterol;

Ácido Úrico:

Por possuir pH alcalino, auxilia na diminuição do acúmulo de ácido úrico nas vias urinárias.

O vanádio também ajuda a regular o sistema circulatório, ajuda a reduzir níveis de colesterol e acúmulo no sistema nervoso central, diminui o açúcar no sangue e ajuda a reduzir a incidência de ataque cardíaco. Além disso, também melhora a pressão arterial elevada, problemas respiratórios e circulatórios, e tem-se mostrado amplamente eficaz para fins alimentares e cosméticos.

Vanádio e a Diabetes

O desenvolvimento de terapias alternativas para a diabete é muito importante. Vários compostos de vanádio vêm sendo indicados no tratamento da diabetes, devido ao seu efeito similar ao da insulina. A diabete é uma doença caracterizada principalmente por hiperglicemia crônica (açúcar no sangue). Sua etiologia pode estar associada à produção insuficiente ou resistência à insulina. Muitos pacientes afirmam melhora de seu estado diabético ao consumirem água vanádica.

Afirma-se, por exemplo, que cerca de 80% das pessoas obesas podem controlar o aparecimento de diabetes com vanádio.
O açúcar no sangue é normalmente armazenado nas células, mas quando os níveis de açúcar aumentam mais e mais, o açúcar permanece no sangue, levando ao desenvolvimento da diabete.

Nesse contexto, o vanádio é eficaz para:

  • Incentivar o armazenamento de insulina em células do corpo;
  • Incentivar a transformação do açúcar à insulina, e incentivar a fusão de insulina de células receptoras;
  • Estimular reações enzimáticas para melhorar a aceitação do açúcar no sangue pelas células do corpo.

Fonte: http://ph10dafonte.com.br/?page_id=96

 

 

Sabemos muito bem que a indústria farmacêutica é um advento dos tempos mais modernos. Mas as doenças existem desde que o mundo é mundo, então quais recursos os homens usavam para tratar seus males e aliviar suas dores? As plantas medicinais, é claro!

O conhecimento a respeito das técnicas de uso e os benefícios que elas trazem àsaúde foram evoluindo ao longo do tempo e hoje não é difícil encontrar informações úteis sobre como usar, quais os benefícios e que possíveis efeitos colaterais elas podem causar.

Nesse artigo trazemos para você três exemplos de plantas medicinais que provavelmente já fazem parte do seu consumo, mas você vai descobrir muito mais sobre os seus benefícios.

Alho, muito mais do que um bom tempero

Ele provavelmente já faz parte do seu consumo diário, já que é muito utilizado para temperar diferentes tipos de comida e dar um toque especial no sabor. Certamente você também já ouviu falar naquele chazinho de alho com limão que é ótimo para combater gripes e resfriados.

Mas os benefícios desta, que é uma das melhores plantas medicinais, vão muito além disso. Ele é rico em uma substância chamada alicina, a maior responsável por suas propriedades benéficas, que são:

  • Reduzir a pressão arterial
  • Diminuir os níveis de colesterol ruim (LDL)
  • Melhorar a circulação sanguínea
  • Ajudar no combate a diversos tipos de câncer
  • Tratar doenças respiratórias como bronquite e tuberculose, além de combater a tosse e funcionar como um expectorante
  • Combate os radicais livres
  • Auxiliar no tratamento de cortes e feridas
  • Fortalecer o sistema imunológico

Beterraba, variadas formas de consumo

beterraba não pode faltar se o assunto é “plantas medicinais”: além de ser muito fácil de encontrar, o fato de poder ser consumida crua no preparo de saladas, cozida junto a outros alimentos e até mesmo na forma de sucos, como o de beterraba com laranja, torna muito versátil a sua utilização.

Dessa forma, não há desculpa para não usufruir de seus benefícios, listados a seguir:

  • Excelente antioxidante, ajudando no combate aos radicais livres e prevenindo o envelhecimento precoce
  • Diminui os níveis de colesterol ruim (LDL) e reduz a pressão arterial
  • Ajuda a eliminar toxinas do organismo, contribuindo para a saúde do fígado
  • Inibe a formação de células cancerígenas
  • Por ser rica em fibras, melhora a digestão e o funcionamento do intestino
  • Ajuda no tratamento da anemia e combate a fadiga
  • Ajuda a perder peso, além de fornecer energia para a prática de exercícios

Gengibre, um remédio natural de uso milenar

Muito se diz a respeito do potencial que ele tem para ajudar no emagrecimento, mas suas propriedades estão longe de se limitarem à perda de peso. Esta é uma das plantas medicinais usadas há séculos para tratar de diversas doenças, devido aos seus muitos benefícios:

  • Auxilia no tratamento de diversos tipos de câncer
  • Eficaz para combater náuseas, enjoos, vômitos e azia
  • Eficácia comprovada por estudos no alívio da enxaqueca
  • Excelente remédio para inflamações na garganta e rouquidão
  • Ajuda a tratar problemas respiratórios como asma e bronquite
  • Melhora a digestão e ajuda a tratar gases, diarreia, gastrite, etc.
  • Ameniza os sintomas da menopausa, combate a cólica menstrual e aumenta a libido

Existe uma gama enorme de plantas medicinais com variadas finalidades. É válido ressaltar que o fato de serem naturais não significa que são 100% seguras de serem consumidas. Toda planta pode causar efeitos colaterais e você deve buscar informação de uma fonte confiável e orientação médica antes de iniciar qualquer tratamento.

Fonte: https://www.dietaeboasaude.com.br/plantas-medicinais-utilidades-beneficios/

Aqui estamos. É o último mês de 2017 e, em seguida, estaremos em um novo ano. Este ano passou rapidamente e, no entanto, houve momentos em que os dias e semanas pareciam se arrastar.

Passamos por muito, assim use parte da energia de ancoragem deste mês para limpar os últimos resquícios de crenças, de pensamentos e energias que você não deseja trazer para 2018 com você.

O caos no mundo é um reflexo da quantidade de densidade da 3D que está sendo desintegrada.

O mundo não enlouqueceu, o mundo esteve desequilibrado o tempo todo e agora estamos no meio de um despertar em massa que está permitindo que todos vejam o que aconteceu há décadas.

Mantenha a calma e brilhe, agora o peso do brilho está sendo compartilhado por muitas pessoas a mais. É um grande mês de transição como você verá, quando ler o Relatório da Energia de Dezembro.

É o último mês de 2017 e se olharmos para trás nos últimos 11 meses, temos muito a celebrar. Tem sido uma jornada turbulenta com muito progresso.

Quando ouço milhares de pessoas que dizem “o despertar em massa” para descrever o que eles veem acontecendo no mundo, sei que tivemos muito sucesso.

Agora podemos usar a energia de Dezembro para nos prepararmos para 2018, representando outro nível de mestria, pois é um ano 11.

Assim, não é surpreendente que os temas da energia para Dezembro sejam a ancoragem, que é o alinhamento e a integração, e a serenidade, que é a clareza e o estado de estar “sereno”.

Veja como Dezembro começa – com um Mercúrio Retrógrado e uma super lua na lua cheia. Luas Cheias trazem muita energia emocional e elas, também, iluminam o céu e a Terra. Com uma Lua Cheia, o Sol brilha na Lua, eles se refletem.

E esta é ainda mais especial quando observamos a conexão entre a Lua Cheia, Mercúrio Retrógrado e Netuno. A Lua Cheia destaca Netuno (um aspecto da quadratura) entre os signos de Gêmeos e Sagitário.

A versão curta desta história astrológica é que Gêmeos é a mente, Sagitário é o pensamento superior e ambos são destacados por Netuno, o planeta da ilusão, da espiritualidade e do mundo espiritual.

Pense nisto como a diferença entre o pensamento inferior e o pensamento superior, o conhecimento e a sabedoria, a mente caótica e tagarela e a mente serena e consciente.

Esta Lua Cheia, em 3 de Dezembro, é um movimento de negação (que é tanto a incapacidade e a falta de vontade de ver outros potenciais) para a consciência, um estado de conhecimento expandido, para liberar as limitações do medo, da dúvida e da confusão para se expandir em aceitação, autoconsciência, sabedoria e divindade.

Este é o ponto de interseção entre o ser humano e o espírito. Esta tem sido a missão de nossa alma por eons, a integração de nossa divindade em nossa humanidade para a realização da totalidade congruente, não a santidade como a igreja gostaria que você acreditasse.

E se isto não for suficiente, teremos mais ação neste mês (Dezembro é um imenso ponto crítico para se preparar para 2018). Vênus, representando o valor, a dignidade, o amor, o amor próprio e o equilíbrio, atinge três signos neste mês: Escorpião, Sagitário e Capricórnio.

Estes não são os melhores signos de Vênus para estar, então, eles desafiam a sua capacidade de manter a sua autoestima e serenidade (outro tema da energia de Dezembro) em situações difíceis. Eles são também os signos que tratam de estar no mundo, especialmente Capricórnio.

Que segurança você sente no mundo? Você esteve hibernando, com medo de resplandecer a sua luz?

O mundo parece desinteressante, implacável e perigoso para você? Isto começa a mudar em Dezembro, abrindo-se para uma mudança muito maior em 2018.

Não podemos abrir os nossos corações, até que sintamos que a nossa essência espiritual é segura e livre de ataques.

Uma maneira de nos protegermos é hibernarmos. A outra é ficarmos serenos e confiantes.

Acho que isto é um reflexo do que estamos vendo no mundo, a batalha entre as pessoas e o “estado profundo”, derrubando a política dos governos e agências para o benefício da humanidade.

Se você não sabe disto, estamos envolvidos nesta batalha agora e embora estejamos avançando, a batalha ainda não foi ganha, mas a luz está sendo disseminada por muitas pessoas agora, assim o trabalho de luz que já foi uma missão exclusiva das “Trabalhadores da Luz” está agora sendo compartilhada por um coletivo maior. Isto é um alívio.

Marte entra em Escorpião no dia 10 e é uma colocação desafiadora porque o planeta da guerra pode se tornar um pouco impetuoso no signo da transformação.

Mas isto será equilibrado por Júpiter, também em Escorpião. Saturno faz o seu esperado movimento para Capricórnio no dia 23, onde se reunirá com Plutão no início de 2020.

As conjunções Saturno/Plutão são raras e esta chega em um momento crucial em nossa evolução coletiva e ascensão. O que acontece quando o mestre planetário se encontra com o planeta da profunda transformação?

Não temos que esperar até 2020, já que está começando agora. Mantenha estas luzes brilhando. Elas são muito necessárias para manter a nossa ascensão e a integração da 5D para os próximos anos.

A atividade energética mais importante neste mês é o aspecto do Nodo Norte/Plutão, aos 150 graus é um ângulo muito desconfortável que está exato a partir de 25 de Novembro a 5 de Dezembro.

Observe o que está acontecendo na arena política, o “despertar em massa”. Estamos vendo no mundo os escândalos do assédio sexual, os escândalos no governo: este é o resultado deste aspecto. Isto também irá preparar o cenário para o que irá se revelar em Dezembro, assim procure mais relatos de ações sujas para atingir a consciência pública.

A lua nova de 18 de dezembro ilumina Saturno em seu último dia em Sagitário enquanto se prepara para avançar para Capricórnio..

Esta lua nova também envolve Vênus, Eris e Urano, outro lembrete de que o poder da transformação está atrapalhando.

Dezembro traz a promessa de transformação, mas temos de engatar nossos próprios vagões a esta estrela e manter a energia em movimento na direção que queremos.

O primeiro tema de dezembro é a ancoragem, mas isso é menos sobre manter a atual estabilidade de sua própria energia do que aprender como manter essa estabilidade à medida que você se expande, integra, alinha-se e ancora a energia que deseja ver em sua vida.

Se você quer paz, amor, alegria e prosperidade, você deve criar essas frequências energéticas. Elas não são um presente aleatório que aparece magicamente em sua vida. Elas são um potencial..

O potencial precisa ser ancorado em nossa realidade através da intenção e o mundo mudará através da nossa intenção coletiva de criar o mundo em que queremos viver.

O segundo tema de dezembro é a serenidade, que significa mais do que paz, calma e silêncio. Significa ter clareza.

Se quisermos serenidade, devemos remover as coisas que obscurecem a nossa energia, que é o nosso próprio medo, a dúvida e o auto-julgamento. Como seres energeticamente soberanos, temos o controle de nossas realidades individuais e coletivas.

Ninguém nos tira nosso poder, nós o entregamos sem perceber e que, ao fazê-lo, estamos nos roubando a alegria, o amor, a paz e a prosperidade que desejávamos ter.

Estar sereno também significa liberar o trauma de sua alma, a dolorosa memória energética das vidas de traumas que servem ao propósito de criar feridas da alma para nos lembrar da cura cármica que é nosso propósito de vida, mas em algum momento apenas nos arruina energeticamente.

E para avançar mais ao longo do caminho de integração e ascensão da 5D, devemos fazer uma escolha consciente e deliberada para nos liberarmos e a todos os envolvidos neste karma. Este momento chegou. Liberte-se, visualizando os resultados energéticos que deseja em sua vida e deixe-os se realizarem em sua realidade.

Dezembro tem muitas oportunidades para liberação kármica e avanços. Isso vem com alguns desafios, pois a liberação de nossos laços kármicos também muda todos os nossos relacionamentos. Em alguns casos, passamos para novos níveis juntos;

Em outros casos, nos separamos. Não tenha medo do resultado, deixe a energia fluir para onde for necessário para o cumprimento da sua alegria. O que quer que abandone a sua vida será substituído por outra coisa.

Use o potencial energético de Dezembro para limpar os cantos escuros e os espaços assustadores para se preparar para um tempo magistral em 2018 e um novo nível de integração da 5D e de ascensão para todos.

Site original: www.enlighteninglife.com

Direitos Autorais © 2015 de Jennifer Hoffman. Todos os direitos reservados.

Você pode citar, copiar, traduzir e criar um link para este artigo em sua totalidade, em sites gratuitos. Qualquer uso parcial desta informação é estritamente proibido.

Qualquer uso desta informação sem o devido crédito e atribuição da autora também é proibido.

Tradução de Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br