Cromo_nuvens

Torne a vida mais colorida!

Até sua saúde vai se beneficiar desta festa de cores.

É verdade.

As cores também são terapêuticas.

A cromoterapia – ou a terapia das cores – tem tratado de vários problemas de saúde em todo o mundo.

E isso não é novidade!

Civilizações antigas, como Índia, China, Grécia e Egito, já se beneficiavam das cores medicinalmente.

Só para você ter uma ideia, veja a utilização terapêutica de algumas ideias:

– vermelho: aguça a energia, o impulso, a sexualidade; combate a anemia, a depressão; aumenta a autoestima e a circulação o sangue

– laranja: estimula o sistema respiratório, a absorção e fixação do cálcio no organismo; combate a insegurança; trata infecções e problemas na bexiga

– amarelo: favorece a memória, a imaginação e o raciocínio; age no sistema nervoso central e np aparelho digestivo, auxiliando no combate a úlceras e à prisão de ventre

– verde: cura dores em geral, bronquite; age no coração; combate o medo e trata a asma

– azul: tem propriedades antissépticas; trata enxaqueca, nervosismo, insônia e ansiedade

– violeta: relaxa o corpo, é calmante e age no sistema nervoso central; trata traumas, medos e fobias

Agora você deve estar se perguntando: “Como utilizar essas cores?”

Há várias técnicas.

Você pode, por exemplo, escolher a cor da sua roupa de acordo com o problema que pretende tratar.

Mas, se preferir, também pode tomar um banho com essências coloridas, que são vendidas em lojas de produtos naturais.

Pintar com a cor mais indicada o ambiente onde você passa a maior parte do dia também é uma boa opção.

Quer algo ainda mais simples?

Mentalize duas vezes por dia, durante 30 segundos, a cor que deseja e o órgão que pretende curar.

Todas essas técnicas, segundo os terapeutas das cores, os cromoterapeutas, funcionam e ajudarão você.

Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br

Parkinson

Se você acompanha os artigos aqui no site, sabe da importância da vitamina D para a sua saúde. Já falei disso várias vezes. Você já descobriu que essa vitamina diminui em 3 vezes o risco de ficar resfriado (clique aqui para ver) e até diminui a possibilidade de impotência sexual nos homens (é sério, clique aqui para ler este surpreendente artigo).

Quando comecei a escrever sobre a vitamina D regularmente alguns anos atrás, muitos podem ter pensado: por que todo este “alarde” sobre um nutriente tão básico?  É claro que agora está evidente que, como frequentemente é o caso, o assunto estava bem acima da curva.

Isso se comprova ainda mais agora, quando surge mais uma informação bombástica relacionada à vitamina D. Toda semana essa vitamina essencial está nas manchetes, geralmente por causa dos benefícios que vocês que me acompanham já conhecem há anos.  Mas, recentemente, a vitamina D acrescentou outro item à sua longa lista de benefícios.

Vitamina D e Parkinson: entenda a relação

Aparentemente, possuir um nível adequado de vitamina D pode proteger contra a doença de Parkinson!

Os pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Emory descobriram que os pacientes com a doença de Parkinson eram mais propensos a ter um nível insuficiente deste nutriente do que as pessoas saudáveis — ou mesmo as pessoas com outras doenças degenerativas, como a doença de Alzheimer.

Os cientistas ainda não concluíram se o nível baixo de vitamina D contribuía para o aparecimento da doença ou se ele acontecia devido à enfermidade. Mesmo assim, os estudos prévios indicam que a área do cérebro mais afetada pela doença de Parkinson “contém um alto nível do receptor de vitamina D, sugerindo que esta talvez seja importante para as funções normais destas células.”

De qualquer maneira, a ligação era forte o suficiente para engatilhar uma pesquisa de acompanhamento, usando a vitamina D para possivelmente reduzir a severidade da doença de Parkinson em pacientes que lutam contra a doença.

Embora os resultados deste estudo ainda não estejam disponíveis, está bastante claro que a obtenção — e manutenção — de um nível adequado de vitamina D deveria ser uma prioridade para todos, não só os pacientes com a doença de Parkinson!


Referências bibliográficas:

  • American Journal of Clinical Nutrition Jun 2007, 85(6):1586-91
  • Medical Hypotheses 2009; 72: 434-443
  • Arch Neurol, 2010; 67(7): 808-11
  • Am J Phys Med Rehabil, 2011, Jan 5;
  • Archives of Neurology, March 2011
  • Am J Clin Nutr, 2013 March 13

azeite-de-oliva-alho

Conheça as propriedades do alho roxo e do azeite extra virgem unidos num unico tratamento onde previne a arteriosclerose e seus riscos, melhora o funcionamento do estômago e do pâncreas, digere-se com maior facilidade do que qualquer outra gordura comestível, não tem colesterol e proporciona a mesma caloria dos outros óleos, acelera as funções metabólicas, produz efeito protetor e tônico da epiderme e estimula o crescimento e favorece a absorção de cálcio e a mineralização.

Azeite de Oliva

Produção do Azeite de Oliva

O método tradicional de produção de Azeite de Oliva é esmagar a azeitona entre duas prensas de pedra com movimentos opostos, até que o fruto fique reduzido a uma pasta. Esta pasta é espalhada sobre finas peneiras, que são colocadas umas sobre as outras e pressionadas com pesos.

Há outros métodos mais modernos, mas os azeites “prensados a frio” são feitos desta forma. O calor permite que se extraia maior quantidade de óleo, mas de pior qualidade.

Também são considerados outros fatores como a cor, o sabor e o aroma, mas a qualidade está extreitamente ligada à percentagem de acidez. O azeite extra-virgem tem apenas 1 grau de acidez e é o mais fino. O azeite virgem deve ter no máximo, 3 graus de acidez.

A História do Azeite de Oliva

A oliveira e o azeite de seu fruto têm sido parte da cultura mediterrânea desde suas origens. Além de ser utilizado na alimentação, servia como remédio e produto de beleza, entre outros. Há cinco mil anos, as mulheres egípcias descobriram os efeitos benéficos do azeite de oliva para sua pele e passaram a utilizá-lo como emoliente. A partir de então, criaram o primeiro sabonete, misturando azeite, essências e cinzas. Os gregos o utilizavam para massagens, confiando em seu poder para aumentar a beleza e a virilidade.

Foi comprovado que o azeite de oliva é uma forma natural de manter a beleza da pele, das unhas e dos cabelos.

Ele possui vitaminas A, D, K e E, e é um poderoso antioxidante, o que ajuda a retardar o envelhecimento da pele. A oliveira é uma árvore capaz de regenerar e autoproteger.

Por todas as suas propriedades, ele se revelou como uma estrela da cosmética. Suas aplicações na área da estética e beleza são inumeráveis: funciona como anti-rugas, hidratante e suavizante para peles secas; é purificador, calmante, e serve para amolecer as impurezas da pele e tornar mais fácil a remoção; melhora a elasticidade da pele, dá brilho aos cabelos e é perfeito para banhos relaxantes e massagens.

Propriedades do Azeite de Oliva:

As gorduras representam 33% do total da energia ingerida diariamente. Para uma alimentação saudável, seria essencial substituir o consumo de gorduras saturadas por monoinsaturadas, como é o caso do azeite de oliva, chave para uma saúde melhor.

  • Ajuda a prevenir a arteriosclerose e seus riscos
  • Melhora o funcionamento do estômago e do pâncreas
  • Digere-se com maior facilidade do que qualquer outra gordura comestível
  • Não tem colesterol e proporciona a mesma caloria dos outros óleos
  • Acelera as funções metabólicas
  • Produz efeito protetor e tônico da epiderme
  • Estimula o crescimento e favorece a absorção de cálcio e a mineralização

As últimas novidades nutricionais coincidem em assinalar que o uso de azeite de oliva reduz o colesterol e ajuda a prevenir as doenças cardiovasculares. Isso devido ao seu alto teor de ácidos monoinsaturados.

Além disso, numerosos pesquisadores, médicos e nutricionistas afirmam que o azeite de oliva é uma fonte rica em vitamina E, que protege contra o câncer e as doenças do coração.

Por ser extraído da fruta e especialmente rico em antioxidantes, retarda o processo de envelhecimento celular.

Alho  – Nome Científico: Allium Sativum

O alho é um parente das cebolas e alho-porós, tem o poder de reduzir o colesterol e a pressão arterial, tem ação germicida combatendo infecções além de possuir antioxidantes e flavonóides que combatem o envelhecimento e muitas outras propriedades.

Acredita-se que a maioria dessas propriedades se devem à riqueza de substâncias sulfurosas na sua composição.

A ação mais saudável do alho é sua capacidade de melhorar as condições cardíacas, suas ações germicidas e anticancerígenas.

Enfim, o alho é um dos alimentos acessíveis mais saudáveis.

Não é de hoje que o alho recebe o atributo de alimento bom para saúde. No célebre papiro de Ebbers, de 2.550 a.C., havia mais de 20 receitas à base de alho indicadas para combater infecções, dor de cabeça e faringites. Outros documentos datados de 3.000 anos A.C., elaborados pelos Babilônios, Chineses e Romanos também mostraram o uso do alho como medicamento.

Mas, foi Hipócrates, pai da medicina, o primeiro a demonstrar com detalhes, o uso do alho como diurético e laxante. Plínio e Galeno, médicos romanos, também utilizaram o alho para o tratamento de infecções intestinais, problemas digestivos, pressão alta, senilidade e impotência.

Nas anotações de Marco Polo há várias mostrando o uso do alho pelos chineses para desintoxicação.

Propriedades do Alho

É lógico que a evidência clínica do valor efetivo do alho, tanto na prevenção quanto no tratamento de inúmeras afecções não se justifica apenas pelo seu conteúdo de minerais e vitaminas. Várias pesquisas têm atribuído seus efeitos terapêuticos pela presença de algumas substâncias. As mais importantes delas, quando o assunto é coração, são:

Óxido dialildissulfeto, com capacidade de reduzir os níveis de lipídeos e do colesterol do sangue.

Germânio: elemento condutor de oxigênio com ação revigorante e rejuvenescedora, graças à sua capacidade de conduzir oxigênio, agente hipotensores que ajudam a controlar a pressão arterial sem provocar efeitos secundários.

Selênio: um mineral protetor do coração, pois ajuda a prevenir a formação de ateromas, de coágulos e ainda normaliza a pressão arterial.

Para completar o alho ainda tem alicina, a alina, ambas com efeitos antibactericida e antiinflamatório.

A gordura das artérias, aquela que deve ser eliminada quando em excesso, é chamada de Colesterol e o alho tem as seguintes propriedades:

  • Previne doenças coronárias e circulatórias. Efeito hipotensor devido a vaso dilatação periférica, sobretudo nas pernas, olhos e cérebro. Recomendado para tratar a esclerose cerebral.
  • Previne infartos
  • Reduz a coagulação do sangue
  • Reduz a pressão sangüínea
  • Previne a agregação plaquetária; útil em tromboses e arterioscleroses.
  • Combate infecções bacterianas, viróticas e fúngicas (para tratamento de fungos em dermatofitos que afetam a pele e leveduras, como Cândida Albicans).
  • Diminui o risco de câncer do estômago, gástrico e outros.
  • Reduz os níveis de açúcar e glicose, ajudando no tratamento da diabetes.
  • Efeito hipo-colesterolemiante (tratamento do colesterol).
  • Efeito anti helmíntico suave (Tratamento de parasitas intestinais).
  • Efeito expectorante.
  • Rubesfaciente e vesicante em uso externo.

Também se usa para combater problemas artríticos, inclusive em forma de tintura, ou em outras formas: para uso externo, e ainda em frieiras e verrugas. Em alguns lugares é usado, igualmente, como preventivo do cancro.

O Alho contém fructosanos (cadeias de moléculas de frutose) em abundância que lhe conferem una clara ação diurética.

O seu óleo essencial contém dissulfuro de alilo proveniente da decomposição da alicina por ação duma enzima, a alizinase.

Contém vitamina A, B1, B2, C, uma amina do ácido nicotínico, colina, hormonas, alicetoína I e II, ácido sulfociánico, iodo e vestígios de urânio. Esta complexa composição faz com que o alho tenha uma ação muito diversificada no organismo.

Alho com Azeite de Oliva Extra Virgem

Resultados conhecidos

  • Desaparecem as dores de articulações;
  • Limpeza das artérias devido a presença dos ácidos graxos insaturados do azeite;
  • Dissolve sangue pisado em derrame ocular, trombos.
  • Protege contra gripes e infecções;
  • Melhorar poder das cordas vocais;
  • Limpa pulmões.

Como preparar

Um dente de alho para cada 20 quilos de peso.

Esmagar os dentes alho cru, e colocá-los dentro do Azeite de Oliva Extra-Virgem (um ou duas colheres da sopa) por um prazo mínimo de 30 minutos.

Pode-se colocar a mistura no alimento habitual, ou em caldos quentes.

Como usar

O tratamento é feito à noite, pois sobrevém uma sonolência e depois sono profundo e reparador.

Esse tratamento deve ser feito durante 4 meses seguidos.

Depois desse período descansa uma semana por cada mês.

Outros a serem complementados por aqueles que fizerem esse tratamento com fé.

Deve ser combinado com outros tipos de alimentos saudáveis.

Relato de Alberto Barbosa Pinto Dias

Este relato é verídico e confirmado pelo nosso site.

“Prezados Amigos,

Em abril de 2005 fui acometido por uma cegueira total no olho esquerdo, causada por derrame de sangue. Verificada a pressão sanguínea estava a 19/ 11.

 Um cardiologista do Einstein (Doutor Roderick) recomendou na emergência a tomar diurético e Adalat em dose dupla para fazer baixar a pressão de imediato.

O oculista disse que não havia nada a fazer senão esperar, possivelmente por 6 meses, para depois verificar o que fazer.

Consultado o cardiologista do Sabin (Climed-Atibaia), foi feito o eletrocardiograma, exames de sangue e chapa do tórax.

Verificados os resultados, alem da pressão alta, havia para serem considerados: a artéria aorta sinuosa as taxas elevadas de colesterol, triglicérides e ácido úrico. Passei a tomar Betalor (vasodilatador) e Hidrion (diurético).

Com o olho direito ainda bom, li um artigo no jornal divulgado na Internet, Ambiente Brasil, um artigo a respeito das propriedades antiinflamatórias do azeite de oliveira.

Lendo a respeito de azeite, associei com a idéia de alho.

Procurei dados a respeito das propriedades do alho e verifiquei a existência da Alicina que, favorece a circulação impedindo trombos e a existência de outras substâncias, algumas contendo enxofre na molécula e mais outras que apresentariam ação antivirótica e antibacteriana alem de agir sobre determinados tipos de câncer.

Como não há dados a respeito de dosagem, resolvi experimentar e verificar qual a dosagem por dentes de alho cru que mostraria algum efeito fisiológico evidente.

Ultrapassando a dose de um dente de alho cru por 20 quilos de peso corpóreo, verifiquei uma sensação de afogueamento e calor evidenciando vaso dilatação juntamente com uma sensação estranha.

Reduzida a dose para um dente de alho para cada 20 quilos de peso, torna-se bem suportável, principalmente se o alho, sendo esmagado e cru, for deixado no azeite extravirgem de primeira espremedura a frio (uma a duas colheres de sopa) por um prazo mínimo de 30 minutos.

Pode-se colocar a mistura no alimento habitual, sendo que passei a apreciar, vertendo uns caldos quentes, ferventes, mas não fervendo, sobre a mistura a ser tomada como sopa com pão integral.

O tratamento é feito à noite, pois sobrevém uma sonolência e depois sono profundo e reparador de noite inteira.

Esse tratamento foi feito direto por 4 meses, pois alem de desaparecerem as dores de articulações, eu esperava que se limpassem as artérias devido a presença dos ácidos graxos insaturados do azeite.

Depois descanso uma semana ou menos cada mês.

Resultados: O alívio de dores articulares foi progressivo, sendo evidente em 30 dias.

O sangue pisado foi clareando e em dois meses já enxergava sem nitidez, mas em três meses havia nitidez e em quatro meses transparência cristalina.

Animado com os resultados continuei firme.

Completados dez meses, voltei ao cardiologista do Sabin.

Novamente os exames e:

  • Radiografia de Tórax- Tudo limpo e normal. Aorta normal.
  • Exame de sangue: ácido úrico baixou, colesterol baixou, triglicérides baixou.
  • Eletrocardiógrafo: tudo normal com ligeiro bloqueio no ramo direito do Feixe de Hiss que me acompanha desde moço.

Continuo com Betalor e Hidrion.

Note-se: As berrugas caíram.

Não tenho gripes nem resfriados nem infecções desde que iniciei esse hábito alimentar.

Bom dia para vocês.

Fraternalmente, Alberto Barbosa Pinto Dias.”

fonte: http://www.florais.com.br/si/site/0941

Canela

Você certamente já sabe que consumir pelo menos 2 litros de água por dia é essencial para manter o bom funcionamento do organismo e até mesmo turbinar o processo de emagrecimento.

Se já abandonou a água aromatizada industrializada e enjoou da conhecida mistura da água com limão, saiba que pode inovar e mudar o paladar apostando na canela como ingrediente que, adicionado à água, também pode contribuir para a perda de peso.

A sugestão é da nutricionista funcional Andrezza Botelho que, em seu perfil no Instagram, explica que a canela atua no controle da glicemia, auxiliando na prevenção ao diabetes. Além disso, a especiaria possui compostos fenólicos, que possuem ação antioxidante, combatendo os radicais livres.

Com poderosa ação termogênica, a canela ainda é aliada da dieta por acelerar o metabolismo, auxiliando a queima de gordura. A especialista ainda afirma que alguns estudos mostram que o alimento ainda pode ajudar no combate contra infecções, no controle do colesterol e também pode estimular a memória.

MODO DE PREPARO

Para preparar a água com canela que emagrece, adicione um ou dois paus da especiaria na água e, se quiser garantir uma mistura mais diferenciada de sabor, pode incluir ainda raspas de casca de uma laranja na bebida, que oferece uma quantidade extra de vitamina C para seu cardápio diário.

Fonte: http://receitasnacozinha.com.br/

Dormir-tarde

Você tem o costume de dormir tarde?

E se eu te dissesse que você pode perder peso só de fechar os olhos?

Você começaria a parecer e se sentir melhor – e este segredo todo não te custaria um centavo!

E aí, aceita o meu desafio para perder peso?

Bem, você pode começar hoje à noite deitando a sua cabeça no seu travesseiro e contando as ovelhas. É isso mesmo. O segredo é o sono!  Eu sei que isso parece bom demais para ser verdade, mas mais e mais pesquisas estão demonstrando a relação entre dormir o suficiente e manter um peso saudável.

Dormir mais cedo é o caminho para emagrecer

De acordo com um estudo recente publicado na Sleep, os pesquisadores descobriram que ir para a cama cedo e dormir bem à noite é uma forma natural para perder peso.

Os cientistas da Universidade da Califórnia, Berkeley, seguiram 3.400 pessoas de 1996 a 2009 e rastrearam os seus hábitos de alimentação, sono, exercício e TV. Os pesquisadores descobriram que para cada hora que elas ficaram acordadas até mais tarde durante a semana, elas tiveram um aumento de 2% no índice de massa corporal.

E nem importava se elas dormissem oito horas. Ficar acordadas até mais tarde significava quilogramas extras. E enquanto esta pesquisa focou principalmente as pessoas mais jovens, os resultados podem ser piores ainda na medida em que você envelhece e o seu metabolismo fica mais lento.

Veja, ficar acordado até mais tarde desorganiza os seus hormônios e pode te deixar com mais fome. Pode até forçar o seu corpo a reter gordura! E, é claro, te deixa lerdo e com menos probabilidade de ser ativo no dia seguinte.

Então, se você realmente quer perder aqueles quilogramas indesejados, desligue a sua televisão, deixe os seus apetrechos de computador de lado e vá dormir mais cedo.

Você pode ver aquele peso derreter-se, sem ter que cortar uma única caloria. Que tal emagrecer dormindo?

Referências bibliográficas:

  • Weight gain tied to later bed times (nytimes.com)
  • Sleep. 2006 Aug;29(8):1009-14.
  • The Lancet March 25, 2014
  • International Journal of Obesity March 26, 2014
  • JAMA Internal Medicine May 28, 2012
  • Sleep Medicine February 3, 2014  

Fonte: http://www.drrondo.com/

Cientista de Harvard fazendo súplica contra o leite para o público. “Leite faz mal”

O médico David Ludwig, especializado em nutrição, publicou diversos artigos acadêmicos focados nos efeitos nocivos de bebidas adoçadas e do leite. 

menino tomando leite

O consumo excessivo de açúcar é diretamente ligado à obesidade, Diabetes, dores inflamatórias, entre outras. Vários órgãos de saúde tem se pronunciado contra o consumo de de bebidas adoçadas, inclusive nos EUA, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos e a Academia Estadunidense de Pediatria.

Menina tomando leite

Apesar desta boa iniciativa, o público é ludibriado por informações e anúncios que nada tem de racionais ou científicas, segundo Ludwig, que dá um exemplo: “Hoje em dia é recomendado que se beba diariamente 3 copos de leite com baixo teor de gordura.”
img-343221-sotaque-frances-no-mercado-leiteiro

Havíamos acostumado a acreditar que o leite é o melhor alimento para crianças e bebês, que é imprescindível para o crescimento  saudável e forte para nossos ossos.  Mas já há muito tempo que várias visões discordantes têm pontuado que nem sempre isso é verdade e que pode até ser o contrário. Como mostra este caso da “Súplica de Ludwig”

o gray Cientista de Harvard David Ludwig questiona a veracidade dos benefícios do leite. Em seu artigo recente, publicado no jornal americano Medical Association Pediatrics, ele abordou especificamente o tema “beba diariamente 3 copos de leite com baixo teor de gordura.”

leite-NOPATIO

◉ Desde os primórdios

o verde Leite de vaca ao contrário do que se pensa, entrou a pouco tempo na alimentação humana. Cerca de 10.000 anos. Ele era utilizado apenas o de vaca ou cabra, que só era consumido por bebês cujas mães não puderam amamentar.  Crianças e adultos não bebiam leite por um motivo simples: não lhes fazia bem, pois a maior parte das pessoas ainda não havia desenvolvido as enzimas necessárias para digerí-lo. Muitos hoje ainda optam por leite sem lactose ou leite em pó.

amamentacao-e-mamoplastia-1

A assimilação do leite não-humano foi um processo lento e gradativo e até hoje muitas pessoas têm problema em digeri-lo corretamente.

Os argumentos contra o leite, apontam que o único leite adequado para o os humanos é o leite materno e que somos o único animal que toma leite depois de crescido, além de ser o único a tomar leite de outras espécies.

1307471122aurora-_pinhalzinho_producao

 ◉ O que vem junto com o leite hoje?

Medicamentos, industrialização e muco.
“Nosso organismo não foi criado para digerir o leite, mesmo quem não tem sintomas de intolerância a lactose pode apresentar consequências ao ingeri-lo que vão além da alergia”

Defende David Ludwig. O leite é formador de muco, ou seja, não é uma boa ideia consumir durante um resfriado!

industrializacao-leite-de-cabra-cursos-cpt

o vermelhoutra grande preocupação é a industrialização do leite de vaca. O processo de pasteurização, ao mesmo tempo em que elimina bactérias nocivas, mata também  parte das propriedades nutritivas do leite. Além disso, as vacas tratadas com antibióticos e muitas vezes hormônios e outros medicamentos produzem um leite recheado destas substâncias, ou seja, bebemos todos estes medicamentos por tabela.

hqdefault

quando a obesidade atingiu proporções epidêmicas, produtos de baixo teor de gordura tornou-se muito popular e amplamente divulgado.

No entanto, a gordura é retirada, mas é substituída por açúcares que podem ser potencialmente mais prejudiciais do que a gordura animal.

 O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) e daAcademia Americana de Pediatria tem formulado diretrizes para que as  pessoas limitem o consumo de bebidas adoçadas com açúcar, mas essa recomendação não se estende ao leite com baixo teor de gordura, infelizmente.

1295

Dr. Ludwig questiona a justificativa para promover leite com baixo teor de gordura, os semi-desnatado ou desnatado.

◉ Dr. Ludwig aponta que os seres humanos não têm nenhuma exigência nutricional do leite animal.

B azuleber leite é um ato relativamente recente, e os primeiros seres humanos evoluíram e sobreviveram por milênios sem ele. Se olharmos para ele em um grama de base, alguns outros alimentos têm mais cálcio do que o leite, por exemplo, brócolis, couve, rúcula, espinafre ou todos têm mais de 160 mg por porção. Boas fontes também são sardinhas, nozes, sementes e grãos.

ludwigalwayshungrydavid

Alguns estudos têm demonstrado que, quando as pessoas consomem leite reduzido teor de gordura, elas se sentem menos saciadas. e compensam comendo mais de outros alimentos o que faria aumentar sua ingestão calórica.

Quando se trata de leite de gordura reduzida (teor de gordura de 0% a 2%), o argumento torna-se ainda mais claro. De acordo com Ludwig, existem poucos ensaios clínicos randomizados mostrem os efeitos do leite com baixo teor de gordura em comparação com leite integral. Seja quanto ao ganho de peso e outros resultados de saúde. Alguns estudos têm demonstrado que, quando as pessoas consomem leite reduzido teor de gordura, elas se sentem menos saciadas.Consequentemente, elas compensam comendo mais de outros alimentos o que faria aumentar sua ingestão calórica.

algumas pessoas tomam leite integral pelo seu conteúdo de gordura saturada(60% da gordura do leite). Este tipo de gordura aumenta a lipoproteína (LDL)de baixa densidade, que é o mau colesterol ligado com doença cardiovascular.No entanto, as gorduras saturadas no leite também aumenta o bom colesterol – lipoproteína de alta densidade (HDL), que tem um efeito de proteção cardíaca. O que apenas compensaria.

Ludwig-Photo-3

◉ Uma opção

Para quem não quer abrir mão do leite mas quer evitar os principais problemas é adotar uma série de medidas simples mas eficientes:

  • Optar por leite orgânico: mesmo sendo mais caro, vem livre de hormônios e medicamentos
  • Alternar com outros tipos de leite, como o de cabra, leite de soja ou amêndoas
  • Evitar leite quando estiver com gripe, tosse, bronquite ou sinusite, para evitar formação de muco
  • Tentar obter leite de criadores conhecidos ou direto da fonte: hoje em dia é cada vez mais comum que os pequenos produtores passem a vender diretamente aos consumidores

 Keedele apurou do site: http://www.portrasdamidiamundial.com/2015/07/cientista-de-harvard-suplica-evite-o.html

cideli7 (60)

A maçã é mesmo uma rainha das frutas. Com tanta valiosas qualidades nutritivas. Ela é indicada para todas as pessoas, especialmente  para indivíduos que sofrem de transtornos de saúde.

Anti-séptico, Feridas e Contusões – Ralar a maça e aplicar no locar afetado. Observação as frutas usadas deve ser sadias, sem nenhuma deterioração.

Artrite – Substituir uma refeição do dia por maçãs de preferência o café da manha (pequeno almoço como diz em Portugal) fazer durante um a dois meses.

Asma  e Bronquite- Fazer uma refeição por maçã assada, comer ainda quente, e outra refeição a maçã crua, por alguns dias. Outra forma é cozer a maça picada em pouca água e mel, deixar cozer até a maçã tiver completamente cozida. Tomar este caldo varias vezes por dia. O chá das flores da maceira também é otimo.

Aterosclerose – Comer maçãs frequentemente e com abundância, ajuda a preveni.

Problema de bexiga – É indicado o abundantemente o suco natural de maçã. Nada dos sucos artificias.

Como Calmante – Fazer o chá da casca da maça e tomar com mel. O chá deve ser morno e nada de açúcar.

Problemas Cardíaco – É indicado tomar o xarope de maçã. Como fazer: cozinhar a maçã com mel até ficar uma calda, deve levar uns 40 minutos. E tomar varias vezes por dia.

Cárie Dentária – Para preveni cárie recomenda comer com  frequência, e substitui uma refeição de vez em quando.

Cálculos Renais e Vesículas – Tomar suco natural de maçã três vezes ao dia.

Catarro – Cozinhar maçã picada, colocar pouca água e mel, deixar ficar uma calda. Tomar este caldo quente, varias vezes por dia.

Cólera – Cozer bem a maçã até ficar um caldo, e tomar este caldo varias vezes ao dia. Também comer maçãs cruas e cozida.

Colite -Tomar suco natural de maças com frequência. Ainda recomenda-se fazer um dia por semana, uma refeição exclusiva de maçã.

Conjuntivite, Inflamações dos Olhos- Lavar os olhos de duas a três vezes por dia com o suco de maçã, usa um algodão molhado. Pode-se fazer cataplasmas  com a maçã ralada.

Constipação Intestinal, Prisão de Ventre – Comer maçãs com a casca deve ser acompanhada com mamão, mel e pão integral. As frutas deve ser bem lavada. Comer também as sementes da maçã e mamão, mas deve ser bem mastigada.

Convulsões – Recomenda-se fazer uma dieta com maça um a dois dias por semana.

Depurativo ou Desintoxicar – Fazer refeição exclusiva de maçã de um a dois dias por semana, durante uns dois meses.

Dermatoses e Problema de Pele – Substituir uma refeição (de preferência o café da manhã). de um a dois dias na semana por um período de dois a três meses.

Diabete – Recomenda-se substituir uma refeição por maçã de um a dois dias por semana. Mas antes de tomar esta decisão procura orientação do seu medico.

Diarreia, Desenteria  – Cozinhar maçãs e tomar o caldo. Fazer uma refeição com maçãs assada ou crua.

Dores de Garganta – Fazer gargarejo com suco morno de maçã. Também é bom fazer uma refeição exclusiva com maçã.

Stress, Esgotamento nervoso – Comer maçãs com maior frequência, e de preferência fazer uma refeição só com maçãs.

Febre – Tomar bastante suco natural de maçã. Também é muito bom o xarope de maçã. Modo de fazer o xarope: Cozinhar o suco de maçã com mel de abelha e deixar apurar bem, leva uns 40 minutos.

Flatulência – Comer de uma a três maçãs com casca por dia durante uma semana ou mais. Se comer com casca deve lavar muito bem a maçã e mastigar bem ou ralada.

Gota, Reumatismo – Substitui uma refeição do dia por maçãs, melhor opção o café da manhã, por uns dois meses.

Gravidez – Bom tomar suco natural de maçã.

Hemorróidas – Comer maçãs com muita frequência.

Perda de peso, Obesidade – Recomenda fazer refeições exclusiva com maçãs de um a três de por semana. De preferência o jantar.

Pneumonia, Refreados, Tosse, Sinusite e Rouquidão – Fazer uma refeição com maçã assada, quente com  torradas; e outra refeição com maçã crua. Por vários dias. Uma outra forma é cozer maça picada com pouca água e acompanhada com mel, tomar este caldo varias vezes no dia. O chá das flores da macieira, tomar morno. Comer maça ralada com mel.

As maçã é uma das árvores mais antigas, pertencente da família Rosáceas, e é originarias da Ásia. E era uma das frutas preferidas dos Gregos e os Romanos. E foram os romanos que trouxeram a maçã para a Inglaterra, depois os ingleses introduziram na América, principalmente no Brasil, a Região Sul é um estado de grande produtor de maçãs. Hoje a China é o maior produtor mundial. Depois vem os Estados Unidos, Turquia, Itália e Polónia. Existem mais de 7000 espécies cultivada em todo mundo. As mais comuns são: Royal Gala, Fugi, Red e Golden Delicious.

Maçãs porque razão devemos comer-las?

As maçãs pode ser aproveitada por inteira. A sua maior concentração de vitamina C esta na casca, e esta parte que é desperdiçada pela maioria das pessoas. Rica em vitaminas (A, B1, B2, C e E). e sais minerais tais como: cálcio, cobre, ferro, fosforo, magnésio e potássio. E ainda é rica em fibras, solúvel e insolúvel e mais dois terços desta fibras e antioxidante também esta na casca, é mais um motivo para comer a maçã com a casca. E contém fotoquímico como: os fenólicos, betacaroteno,  flavonóides, incluindo quercetina e floridzina (os quais tem um papel importante no combate ao câncer e doença cardíaca.

Qualidades Alimentares e Indicações Terapêutica

    Artrite

    Acido úrico

    Câncer do cólon

    Cálculos renais e vesícula

    Asma

    Bronquite

    Catarro

    Depurativo do sangue

    Diarreia (principalmente em criança)

    Diabetes

    Distúrbio intestinal

    Dores menstruais

    Enfarte (na prevenção)

    Excesso de colesterol

    Feridas e machucados

    Gota

    Hipertensão arterial

    Inflamações de garganta

    Inflamações nos olhos

    Melhora a digestão

    Perda de peso

    Reumatismo

    Saúde cardíaca

    Saúde cerebral

    Tabagismo

Acido úrico – A maçã contem sais alcalinos e ao tanino ( um antioxidante que tem a função de inibir determinadas enzima, isto graça o seu teor de proteínas enzimática)

Câncer do cólon  – Um estudo sobre células de câncer do cólon, os flafonóides associados às maçãs como inibidora o crescimento e proliferação das células cancerígenas.

Cálculos Renais e de Vesícula – O suco de maçã também tem um papel fundamental no combate as cálculos renais, de vesícula, caso de febres, inflamações na bexiga e do aparelho urinário e transtorno da gravidez.

Colesterol – Sua fibra possui propriedades que ajuda eliminar o má colesterol.

Combate ao Reumatismos  e Gota – Indicado comer 100g de maçã pode dia, de preferência pela manha o corpo absorve com mais eficácia.

Dores Reumáticas – Cozinhar bem a maçã e depois fazer tipo geleia, em seguida aplicar no local afetado. Pode fazer massagem ou fazer cataplasma com auxilio de uma atadura.

Diabetes – Experiência mostraram que diabéticos que consumiam maçãs tinham níveis de glicose menores, devido ao conteúdo de fibra solúvel das mesma.

Diarreia – A maçã eficaz na diarreia isto porque suas vitaminas, acido malico, o tanino, os fermentos e a pectina colaboram para isto.

Distúrbio intestinais – Por ser rica em fibra possui propriedades reguladores do intestino, e é indicado comer crua ou cozida e preferencial em jejum.

Depurativo do sangue – O seu conteúdo com acido malico e pectina auxilia na eliminação das toxinas e detritos provenientes do metabolismo.

Feridas e machucados – Aplicar maça ralada  no local afetado.

Inflamações na garganta – Uma dieta de maçã acompanhada de gargarejos de suco ou caldo de maça. O caldo quente melhora o rouquidão.

Inflamações nos olhos – Lavar os olhos duas vezes por dia com o algodão molhado com suco de maça. Em alguns países usam as maçãs bem madura em forma de cataplasma nos casos de inflamações. A polpa pode ser aplicada diretamente nos olhos bem fechados deixando de uma a duas horas.

Mau hálito – A maça desinfecta a boca, ela é considerado com uma escova natural dos dentes, ao morder uma maçã elimina até 80% das bactérias existente na boca.

Nas vias respiratória – O caldo ou suco natural de maça ajuda a eliminar catarro. E maça assada ou crua é indicado nos casos de asma, bronquite e tuberculose.

Perda de peso – Uma pesquisa feita na Universidade Estadual do Rio de Janeiro revelou que mulheres com excesso de peso que incluíram três maças por dia na sua alimentação pobre em gorduras perderam mais peso do que as mulheres que não incluíram.

Saúde cardíaca – É indica duas maçãs por dia pode ajudar e manter problemas cardíaco. Pesquisadores descobriram que cada dez grama de fibras consumida reduz cerca de 14% na doença cardíaca. Outros pesquisadores acompanharam homens com o risco desta doença durante cinco anos. Descobriram que os antioxidantes e flavonóides existente na casca da maçã contribui para a diminuição do risco de desenvolver este problema cardíaco.

Saúde cerebral – A maçã é um alimento excelente para atividades do cérebro, por uma simples razão é rico em ácido fosfórico, sendo facilmente digerível. Estudos revelaram o habito de comer maçã e seus derivados pode proteger contra perda de memória. O suco de maçã concentrado previne um aumento de danos por oxidação dos tecidos cerebrais.

Não é de admirar que a maçã recebe o nome de rainha das frutas, ela tem tanto benefícios para a saúde que certos medico disse frases como estas: ” Comer uma maçã pode dia faz o medico mendigar pelo seu pão” ou “Uma maçã pode mantém o medico distante.”

Forma de Utilização da maçã:

A maçã pode ser consumida de diversas maneiras: Crua, assada, suco, caldo, doce, geleia, compota, bolos, tartes, pudins, crepes, vinagre e muito mais. Bem é quase infinito a utilização  da maçã.

Fontes de pesquisas:

O Poder Curativos dos Alimentos: Michael T. Murray

Guia dos alimentos e vegetais: Jean-Claude Rodet

Viva Melhor: Antonio J. Leal Chaves

chakras1

Óleo essencial de lavanda
1 – Chakra da coroa/coronário/pineal

Vontade de servir, intuição.

Disfunção: observação, fobia, neurose, possessão, medo da doença, hipersensibilidade, negativismo.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota no topo da cabeça ou o máximo de 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra coronário.

Óleo essencial de laranja
2 – Chakra da fronte/frontal/3º olho/pituitária

Liderança e poder.

Disfunção: arrogância, ganância, perseguição, ressentimento, compulsão, ânsia, dependência, abuso de drogas.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota nas têmporas ou o máximo de 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra frontal.

Óleo essencial de tangerina
3 – Chakra da garganta/laríngeo/tireóide

Vontade de criar.

Disfunção: medo do fracasso ou sucesso, frustração, mágoa oculta ou reprimida.

Resfriados, gripes, herpes, problemas no sistema linfático.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota nas têmporas ou o máximo de 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra da laringe.

Óleo essencial de eucalipto
4 – Chakra do coração/timo

Idealismo, altruísmo. Quase nunca desequilibra, a não ser que esteja em fase de grande transição.

Disfunção: palpitação, taquicardia, pânico, sentimento de perda, separação.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota no tórax ou o máximo de 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra cardíaco.

Óleo essencial de alecrim
5 – Chakra do plexo solar/pâncreas/baço

Vontade de saber.

Disfunção: ansiedade, paranóia, agitação mental, obsessão, falta de concentração, dúvida, rigidez mental.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota na base do crânio ou o máximo de 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra do plexo solar.

Óleo essencial de hortelã-pimenta
6 – Chakra sacro

Desperta boa vontade, amor, desejo de segurança.

Disfunção: possessividade, ganância, medo de perdas, abandono, ciúme, inveja, ressentimento, solidão. Cãibras, cólicas, desordens respiratórias e gastrointestinais.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota no meio da testa ou até 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra sacro.

Óleo essencial de gerânio
7 – Chakra de base/básico

Centro da vontade de ser.

Disfunção: raiva, dor, culpa, vergonha, impaciência, intolerância, orgulho. Fadiga, anemia, pressão baixa, frigidez.

Aromaterapia: Aplicar 1 gota na base do crânio ou até 3 gotas diluídas em 1 litro de água para banho, massageando o chakra de base.

FLORAIS_BACH

O ser humano não é apenas corpo físico. Possui corpos denominados “sutis”, feitos de substância energética não detectável por nossos equipamentos e instrumentos de medição e constituídos de uma espécie de “matéria” de frequência vibratória mais alta do que a que constitui o corpo físico.

As essências Florais trabalham neste campo sutil, e são uma poderosa ferramenta utilizada na medicina vibracional, e a energia das plantas e flores é usada para trabalhar os níveis da consciência, ora transformando condições desarmoniosas (medo, raiva, ressentimento, culpa), ora ampliando as condições positivas (aumento da auto-estima, da criatividade, da alegria, da cooperação). As essências florais de Bach se enquadram nas que trabalham as condições negativas.

Embora trabalhem no campo sutil, elas causam impacto energético também no corpo físico e podem ser usadas como auxiliar no tratamento das doenças físicas, sem que, no entanto, os tratamentos médicos ou psicoterapêuticos sejam dispensados. Na nossa anatomia sutil há o chamado “fluido etérico” – parte do corpo etérico que rodeia cada célula do corpo físico e que leva/mantém a energia vital nas células. É nesse fluido etérico que se fixa a essência floral, possibilitando o impacto a nível celular no corpo físico.

O pensamento e o sistema de crenças são pura energia, tem poder e geram a nossa realidade e os nossos sentimentos. Uma das primeiras reações quando se começa a trabalhar com as essências Florais é uma maior consciência daquilo que se pensa, e consequentemente, se sente. Que por consequência é uma das causas energéticas da doença. Isto pode trazer um certo desconforto, porque a maioria das pessoas desconhece o seu padrão de pensamento e sentimento.

A trajetória das essências florais no corpo é instantânea, mas os seus resultados podem não ser imediatos, às vezes decorrendo meses e muitas prescrições até se desmontar um padrão desarmonioso.

PORQUE AS ESSÊNCIAS FLORAIS SÃO TOMADAS SOB FORMA SUBLINGUAL

A região abaixo da língua é uma poderosa zona reflexa e permite uma rápida absorção dos remédios florais.

QUANTIDADE DE FLORAIS

Estudos realizados por eminentes terapeutas florais recomendam que seja usado num composto realmente somente as essências necessárias para o tratamento imediato dos sintomas apresentados, sem exageros desnecessários que poderão abrir portas com as quais a pessoa não está preparada para administrar.

As essências florais são escolhidas mediante uma variedade enorme de processos que vão da radiestesia à cineologia, da astrologia aos questionários sobre a vida, os hábitos e os sentimentos do paciente.

Neste trabalho, o tipo de abordagem é o de “análise de sintomas”, trabalhando-se com o que se chama de “metafísica da doença”, isto é, os aspectos sutis do ser e de suas manifestações no corpo.

Diferentemente dos remédios alopáticos e das tinturas, os florais não causam intoxicações ou outras reações físicas desagradáveis. Com base no princípio de que “o floral não faz mal”, abusos de dosagem tem sido cometidos , sobretudo no que diz respeito à quantidade de essências prescritas. Uma quantidade enorme de essências indica, em geral, ignorância dos princípios da cura vibracional e, em especial de atuação dos florais.

Como as essências trabalham no nível da consciência, sua atuação se auto-ajusta. Uma quantidade excessiva de florais terá os seus efeitos anulados, seja no plano físico, por incompatibilidade de ação, seja no plano da consciência, por ela não se abrir à atuação. Isto significa desperdício em todos os níveis. Das essências, do tempo e da confiança do paciente.

É importante que ao formular o composto floral para si ou para os outros, a pessoa tenha a consciência e a responsabilidade de saber que está atuando também no físico, porque este é o plano onde o campo energético sutil de cada ser se manifesta.

Quando um paciente apresentar um quadro que exija cuidados em muitas áreas, o princípio do uso responsável das ferramentas vibracionais manda que ou se trabalhe por partes, cuidando dos problemas mais emergentes, ou se faça uma “limpeza das toxinas”, de modo que, limpo o campo sutil, o que seja mais importante apareça e enseje uma prescrição correta e responsável.

Os curadores vibracionais têm suas responsabilidades capituladas nas leis da consciência e, consequentemente, do carma.

A FORMULAÇÃO

As essências florais são apresentadas nos chamados “frasco de estoque”.

A fórmula de uso do floral de Bach consta de:

30 ml de água pura mais 5 ml de brandy para conservação mais 4 gotas da essência do “frasco de estoque”.

Para alguns tipos de florais, esses dados são alterados, sendo importante que aquele que vai usar outro sistema se informe quanto às suas especificidades.

No caso de pacientes que estejam se submetendo a tratamentos com psicotrópicos ou de pacientes viciados, recomenda-se substituir o brandy por vinagre ou glicerina vegetal.

A maioria das essências pode ser usada em cremes e loções, e também em banhos e aspersões em ambientes.

Para banhos, podem ser usadas sete gotas de essência diluídas em uma quantidade de água que baste para molhar o corpo todo. Qualquer banho com essência deve ser tomado após o banho normal.

Cremes e loções devem ser preparados em farmácias de manipulação, de acordo com a indicação específica.

A DOSAGEM

A dosagem recomendada para os florais de Bach é de 4 gotas, sob forma sublingual, quatro vezes ao dia. Essa dosagem pode, porém ser alterada. Em casos de emergências, as essências podem ser tomadas com intervalos de até 15 minutos.

ONDE E COMO ADQUIRIR OS FLORAIS

As essências florais podem ser adquiridas de duas formas:

  • O Kit com o “frasco de estoque”, pode ser adquirido junto aos representantes no Brasil ou em algumas farmácias.
  • O frasco com a dosagem de tratamento (uma única essência ou um composto) é preparado em farmácias homeopáticas e lojas de produtos naturais ou, eventualmente, por terapeutas que preferem fazer eles próprios a formulação.

A “CRISE DE CURA”

Como os Florais trabalham no plano sutil, pode haver, em algum momento do tratamento, uma exacerbação dos sintomas, sejam físicos ou emocionais. Isto é chamado de “crise de cura”. A essência está atuando e trazendo para a consciência as emoções subjacentes à doença.

Nesse período, haverá a confrontação de sentimentos dolorosos para o desbloqueio. É importante que a pessoa seja orientada a observar seus sentimentos e pensamentos durante o período de uso dos florais. Os sonhos podem ser igualmente uma fonte importante de informações nesse período.

Durante a crise de cura, o paciente pode ter sentimentos de desamparo, cabendo ao terapeuta apoiá-lo ou, quando for o caso, remetê-lo ao profissional competente da Medicina ou da Psicologia.

(Texto do livro Os florais de Bach e as síndromes do feminino de Maria Duques)

Quer saber mais: Temos o Curso presencial de Florais de Bach – agende seu horário

espacodosol@gmail.com

Alimentos nat

As cores dos alimentos são determinadas pela presença dos pigmentos. Estas substâncias, além de colorir desempenham freqüentemente, papéis importantes na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas.

Uma dieta colorida tem mais chances de ser mais saudável.

Veja a seguir o que está por trás das cores dos alimentos.

Alimentos Brancos

Os alimentos de cores brancas como o leite, queijo, couve-flor, batata, arroz, cogumelo e banana são as melhores fontes de cálcio e de potássio. Estes minerais são importantes para o funcionamento do organismo, porque:

  1. Contribuem na formação e manutenção dos ossos.
  2. Ajudam na regulação dos batimentos cardíacos.
  3. São fundamentais para funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.

Alimentos Vermelhos

O licopeno é uma substância que age como antioxidante e é responsável pela cor vermelha do morango, tomate, melancia, caqui, goiaba vermelha, framboesa, cereja.

 Mais recentemente foi apontado como um protetor eficaz contra o aparecimento de câncer de próstata. Os alimentos vermelhos contêm, ainda, antocianina que estimula a circulação sangüínea.

Alimentos Amarelos

O mamão, a cenoura, a manga, a laranja, a abóbora, o pêssego e o damasco são alimentos de cores amarela ou alaranjada que são ricos em vitamina B-3 e ácido clorogênico.

São substâncias que mantêm o sistema nervoso saudável e ajudam a prevenir o câncer de mama.

Para completar, eles também possuem beta-caroteno, um antioxidante que ajuda a proteger o coração.

Alimentos Arroxeados

 Os alimentos azulados e arroxeados, como a uva, a ameixa, o figo, a beterraba ou repolho-roxo contêm ácido elágico, substância que:

  1. Retarda o envelhecimento.
  2. Neutraliza as substâncias cancerígenas antes mesmo delas alterarem o código genético

Alimentos Verdes

Os alimentos de cor verde como os vegetais folhosos, o pimentão, o salsão e as ervas contêm clorofila e vitamina A, substâncias com os seguintes efeitos:

  1. Desintoxicam as células.
  2. Inibem os radicais livres — substâncias que danificam as células e causam doenças com o passar do tempo.
  3. Tem efeito anticancerígeno e ajudam a proteger o coração.
  4. Protegem o cabelo e a pele.

Alimentos Marrons

 As fibras e vitaminas do complexo B e E são, principalmente, encontradas nas nozes, aveia, castanhas e cereais integrais, que por sua vez tem uma cor marrom. Tais substâncias e nutrientes têm importâncias vitais no organismo:

  1. Melhoram o funcionamento do intestino.
  2. Combatem a ansiedade e a depressão.
  3. Previnem o câncer e as doenças cardiovasculares.