A presença dos autistas na Terra está atuando para purificação espiritual da raça, transformação a reconfigurando o DNA humano, para que o futuro humano esteja em condições de elevar-se espiritualmente, o que vinha parecendo impossível de acontecer sem essa ajuda dimensional tão significativamente amorosa, partilhada por espíritos dimensionais, por pessoas rotuladas como autistas.

A informação recebida por mim e partilhada inicialmente apenas para os meus alunos de Reiki, está, igualmente, sendo recebida por muitas pessoas intuitivamente ou por canalização.

Exemplo disso, assisti recente trecho de uma palestra de Divaldo Franco em que ele falou literalmente a mesma informação recebida por mim em 2018, ao dizer que a revelação foi feita pelo espírito de Emmanuel.

Certamente, outras pessoas no Planeta devem estar recebendo essa boa nova, visto que a verdade não pertence a este ou aquele, até porque a verdade espiritual pertence ao Universo, permeando todas as dimensões.

Compartilho esta informação para que mais pessoas saibam ou relembrem o que já podem saber intuitivamente, que os espíritos dos autistas são originados de outras dimensões astrais, deparando, por conta disso, com dificuldades de relacionamento, pois não possuem vivências terrenas anteriores, além de apresentarem frontal distinção da forma de vivenciarem os sentimentos, o que justifica e se faz necessário o acompanhamento de Psicólogo e outros profissionais de terapias convencionais e alternativos, para ajudá-los neste processo de adaptação ao nosso mundo tridimensional.

Pela similitude no que estou tratando neste artigo, quero reproduzir um trecho escrito por Naoki Higashida, nascido em 1992 e diagnosticado em 1998 com um tipo severo de autismo.

Pela dedicação de sua mãe e auxílio de profissionais, ele frequentou escolas e se formou 2011. Publicou diversos textos e ganhou prêmios literários.

De seu livro: “O que faz pular”, reproduzo o que ele escreveu ao responder a seguinte questão: Quais são os seus pensamentos em relação ao autismo? Eis o que ele disse:

“Acho que os autistas nasceram fora do conceito de civilização.

Claro que isso é só uma teoria que inventei, mas acho que há uma profunda crise, resultado de todas as matanças que existem no mundo e da devastação egoísta a que a humanidade submeteu o planeta.

E, de alguma forma, o autismo surgiu daí. Mesmo que sejamos fisicamente parecidos com os outros, somos na verdade diferentes de muitas maneiras.

Como se fôssemos viajantes que vieram de um passado muito, muito distante. E, se a nossa presença servir para ajudar as outras pessoas a lembrar o que é mesmo importante para a Terra, isso nos dará satisfação interior.”

Fonte: https://cidapereira01.wordpress.com/2019/10/21/o-aumento-de-criancas-autistas-numa-perspectiva-espiritual/