Pêndulos dos Chakras

Durante toda a vida desenvolvemos nossa capacidade intelectual, mas ignoramos a sensibilidade de outros níveis de consciência.

Assim, é frequente nos surpreendermos com intuições inexplicáveis que se concretizam com sentimentos de antipatia por pessoas que mal conhecemos ou por fortes e rápidas ligações afetivas que estabelecemos com outras.

Da mesma forma, descobrimos com razoável facilidade o que é bom ou mau, mas não estamos conscientes dessa força na maior parte do tempo.

Fatos como esses indicam que as possibilidades do sistema nervoso humano são infinitas, mas não sabemos aproveitá-las.

É por isso que a radiestesia pode vir a ser um dos meios para aqueles que desejam empreender uma caminhada no sentido de adquirirem equilíbrio e harmonia pessoais.

Várias teorias e concepções existem para explicar o fenômeno da radiestesia. De forma geral, podemos dizer que a radiestesia está ligada às manifestações da mente.

A mente está dividida em duas partes distintas: o consciente e o inconsciente.

No consciente está o racional e no inconsciente o instinto e a intuição.

Para a surpresa de muitos, é neste último que se encontra toda a sabedoria do ser humano, pois é aí que são armazenados os conhecimentos auferidos na vida.

Para aqueles que acreditam, é no inconsciente que estão os conhecimentos de vidas passadas e os provindos, também, de nossos pais através da hereditariedade.

Na prática da radiestesia, utilizam-se vários instrumentos, sendo que o mais comum é o pêndulo.

O pêndulo é um dos meios de que dispomos para falar com nossa mente inconsciente.

Teoricamente, o pêndulo não erra, porque o inconsciente dá sempre respostas acertadas, desde que a pergunta seja feita à nossa Mente Inconsciente de forma precisa, para que a resposta seja positiva ou negativa, ou ainda com outras combinações previamente treinadas.

Desde a famosa vara de Jacó, de muitas outras citações na Bíblia (incluindo a vara de Moisés) e até os nossos dias, a radiestesia desperta interesse e os livros específicos citam fatos que comprovam sua eficácia.

Dois padres franceses, os abades Bouly e Mermet, desenvolveram seus estudos sobre o poder do pêndulo durante muitos anos e inclusive organizaram congressos e relataram experiências fantásticas.

As aplicações da radiestesia são inúmeras: em prospecções, procedimentos agrícolas, medicina, localização de pessoas e objetos desaparecidos, arqueologia, meteorologia e outras.

Existem muitas organizações estudando e praticando a radiestesia em muitos países como a França, Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e outros. Inclusive a radiestesia é considerada como profissão, com todas as implicações inerentes à vida profissional.

Para se ter sucesso com a radiestesia, é preciso que a encaremos como arte e ciência ao alcance de todos. Temos que estudar e entender a nossa mente, mas como este é um estudo profundo, as pessoas pouco gostam de fazê-lo, e então, justificam os resultados obtidos a dotes paranormais.

Por isso, passam a dizer que a radiestesia é um produto do sobrenatural, que não está ao alcance de meros mortais, o que não é real.

Tal concepção não deve afetar quem estiver interessado em aprendê-la, pois ela nada mais é do que a manifestação do nosso inconsciente, faculdade que todos temos.

As pessoas não utilizam os conhecimentos que estão no recôndito de suas mentes (inconsciente), desprezando assim o que não é racional e nem lógico. Portanto, a radiestesia não tem conotação mística e nem é de exclusividade de uns poucos iluminados.

É preciso não perder de vista que tudo aquilo que é lógico e racional não é obrigatoriamente o melhor e nem o verdadeiro. A intuição é uma manifestação do inconsciente e ela prima por contrariar o nosso consciente, o que para nós é lógico e racional, não obstante, nossas intuições são sempre certas como a experiência nos ensina.

A radiestesia praticamente é o ato de transformar em efeitos físicos essas manifestações intuitivas. O que o interessado tem a fazer é desenvolver o método de entendimento do seu inconsciente.

O principal fator é o aprimoramento pessoal do operador, adquirindo uma sensibilidade que pode e deve ser desenvolvida, a qual é conseguida através de um aprimoramento pessoal com o estudo, cursos e a leitura de livros adequados que levam o indivíduo a uma nova.

Veja isto e mais no nosso Curso de Radiestesia – Básico ou Avançado – informações espacodosol@gmail.com ou 41 – 999582303 – whatsapp