Se você sente dores de cabeça, fraqueza e ansiedade com frequência, fique alerta!

Você pode ter hipoglicemia.

Diabetes, deficiências hormonais, doenças graves e consumo excessivo de álcool são algumas das causas da doença.

A hipoglicemia se caracteriza pela baixa concentração de glicose (açúcar) no sangue, que pode afetar pessoas portadoras de diabetes ou não.

O que muitos não sabem é que há dois tipos de hipoglicemia: a hipoglicemia de jejum (ocorre antes das refeições) e a hipoglicemia pós-prandial ou reativa (ocorre após as refeições).

Mas olha, a boa notícia é que os sintomas, que incluem tremor, fraqueza, dor de cabeça, ansiedade e irritabilidade, palpitações cardíacas, visão turva e formigamento dos lábios, podem ser controlados.

Basta consumir os alimentos corretos.

Para evitar uma crise de hipoglicemia, o ideal é tomar o café da manhã o mais rápido possível depois de acordar, já que os níveis de açúcar no sangue podem ter caído durante a noite.

Coma ovos cozidos e torrada integral, aveia com frutas, sementes de girassol, canela, iogurte grego com frutas, mel e aveia.

Acredita-se que a canela reduz os níveis de açúcar no sangue e pode ser polvilhada em muitos alimentos para o café da manhã.

Além disso, é aconselhável limitar a ingestão de sucos de frutas pela manhã, pois eles podem causar instabilidade nos níveis de açúcar no sangue.

Coma bastante proteína, gorduras saudáveis ​​e carboidratos. Eles continuarão liberando energia lentamente.
Para o almoço, invista em sanduíche de sardinha, frango ou tofu com pão integral, salada de folhas, salada de grão-de-bico e legumes.

Consuma peixe grelhado, batata-doce assada e salada.

A batata-doce é rica em antioxidantes, o que a torna uma escolha melhor do que outros tipos de batata, como as batatas branco-avermelhadas.

Para o jantar, o melhor é fazer pequenas refeições que contenham proteínas e carboidratos.

Anote aí algumas sugestões: frango ou tofu com arroz integral e legumes, salmão com legumes no vapor ou salada, um guisado de feijão com lentilhas, grão-de-bico e cebola.

Pessoas com hipoglicemia devem tentar incluir lanches pequenos e nutritivos entre as refeições para manter os níveis de açúcar no sangue constantes e garantir que eles estejam tendo vitaminas, minerais, gorduras saudáveis, proteínas e carboidratos fibrosos em sua dieta.

Comer um lanche no meio da manhã, outro no meio da tarde e algo pequeno perto da hora de dormir pode ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis ​​durante todo o dia e a noite.

Algumas opções de lanches saudáveis ​​são:

– uma pequena maçã

– uma banana com um punhado de nozes ou sementes

– uma fatia de torrada integral com purê de abacate (guacamole)

– bolachas integrais com sardinha

– cenoura, pimentão e pepino mergulhados em grão-de-bico

– salada

É importante lembrar que as pessoas que se exercitam regularmente podem precisar comer com mais frequência, já que a atividade física pesada ou prolongada pode fazer com que os níveis de açúcar no sangue diminuam.

CURA PELA NATUREZA – LEIA AQUI AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Atenção!

Uma pessoa deve comer um pequeno lanche que inclua carboidratos e proteínas antes de um treino. Boas escolhas incluem:

– um pedaço de fruta ou bolachas integrais

– Iogurte grego

– uma maçã com uma fatia de queijo

– um pequeno punhado de frutas secas e nozes

– um sanduíche de sardinha e geleia sem açúcar em pão integral.

Exercitar-se com o estômago cheio não é aconselhável, por isso é importante manter os lanches pré-exercício pequenos e lembrar-se de manter-se hidratado, bebendo muita água.

Vale dizer que, para controlar a hipoglicemia, uma pessoa que esteja com um pequeno caso de baixo nível de açúcar no sangue pode consumir de 15g a 20g gramas de carboidratos de ação rápida, como um pequeno copo de suco de frutas ou algumas bolachas.

Se ainda apresentar sintomas de baixa taxa de açúcar no sangue após 15 minutos, ela pode comer outra porção de 15g a 20g de carboidratos.

Fazer mudanças no estilo de vida são fundamentais para quem tem hipoglicemia.

Essas mudanças incluem: fazer refeições frequentes, evitar alimentos com alto teor de açúcar, incluindo doces, bebidas açucaradas e sucos de frutas com adição de açúcar, reduzir ou eliminar o consumo de álcool.

IMPORTANTE:

Se não for tratada, os sintomas da hipoglicemia podem se tornar mais frequentes e perigosos.

Eles podem ser confundidos com outras condições de saúde.

Por isso é importante que o médico diagnostique a doença e descarte outras possíveis causas.

https://www.curapelanatureza.com.br/post/10/2018/sintomas-e-tratamento-natural-da-hipoglicemia?email=true