Nome BotânicoVetiveria zizanioides, Andropogon muricatus.

Família Botânica: Poaceae. (Palmarosa, Citronela, Capim-limão).

Nome em inglês: Vetivert

Tipo de Planta: Erva alta com raízes fortemente aromáticas

Óleo Extraído de: Raízes secas da planta.

Aparência do óleo: Transparente avermelhado/denso.

Aroma: Quente e defumado. O óleo possui um cheiro adocicado de terra.

Origem: Java, Índia, Madagascar, Haiti.

Propriedades:

Calmante, afrodisíaco, antidepressivo, clareador/tônico mental, antiespasmódico, estimulante da circulação, sedativo nervoso.

Principal Utilização:

Sistema Circulatório e Muscular:

É excelente para estimular a circulação local. Trata má circulação e aquece membros frios. Age contra as dores musculares, rigidez, artrite, reumatismo, fibromialgia, lumbagos e torcicolo.

O Vetiver é ótimo para aquecer e relaxar a musculatura tensa e dolorida.

Tratamento da pele:

O vetiver é eficaz na hidratação da pele, trara a pele madura, seca, com rugas e desidratada. Tem ação emoliente e rejuvenecedora.

Outras Utilizações:

Cãimbras Menstruais e Estomacais.

Psicologicamente:

Profundamente confortante e fortalecedor para o emocional. Combate a estafa, depressão e ansiedade. Possui um leve efeito afrodisíaco.

É conhecido no Ocidente como “óleo da tranqüilidade”, por causa de sua ação calmante.

O aroma de terra do vetiver, é muito indicado e eficaz para pessoas com dificuldade de concentração e falta de coragem para tomar decisões. É considerado um óleo aromático com o poder de nos “aterrar e trazer para a realidade”.

Combinações:

Capim-limão, Citronela, Palmarosa, Limão, Cedro, Sândalo, Ylang Ylang, Lavanda, Manjerona, Alecrim, Patchouli, Petitgrain, Hortelã, Laranja.

O aroma de terra do vetiver é muito usado em perfumes, principalmente  nas fragrâncias masculinas, além de ser um bom fixador.

O óleo de vetiver é um estimulante da circulação local, por esse motivo aquece, relaxa e alivia as dores dos  músculos e das articulações do corpo

Fonte: http://oleosaromaticos.blogspot.com/p/vetiveria-zizanioides-nome-botanico.html

As raízes do vetiver, de onde é extraído o seu óleo essencial, são extremamente longas.
Após sua colheita, as raízes são lavadas e secas. E a partir daí é iniciado o processo de extração do óleo, que possui um forte aroma adocicado de terra, uma consistência encorpada e uma cor de caramelo.