O estresse tem a ver com o desgaste físico e mental ocorrido  devido ao esforço, comprometendo o organismo e gerando doenças que foram somatizadas diante o comportamento diário repetitivo.

A pressa em realizar as tarefas, a sobrecarga de atividades e o não desligamento das mesmas para um descanso, deixa o cérebro no”pisca alerta” por muito tempo.

Isso acaba criando uma rotina e o indivíduo começa acreditar que isso é normal, e quando em algum momento a pausa é permitida, o mesmo não consegue relaxar e curtir o momento.

O estresse desencadeia um aumento da pressão arterial devido a leitura que o cérebro tem de que o indivíduo está em perigo, os níveis de cortisol no sangue aumentam e a agitação se mantém… até que o corpo não tenha mais condições para alimentar tais reações e entra em exaustão.

A partir disso, tudo tem que ser recomeçado; uma atenção com o corpo, com  a mente, mudanças de hábitos e por aí vai…esse  acúmulo de descuidos e falta de atenção com o corpo e com a vida pede mudanças urgentes para que tudo que você gosta, quer e precisa fazer volte a fazer parte do seu dia a dia de forma saudável e prazerosa.

Neste momento, meu objetivo é ajudar você a descobrir o que pode fazer para se sentir melhor. Pois nesta fase é muito comum estar fixado em alternativas limitadas e bitoladas e não conseguir ter uma visão ampla e criativa quanto as possibilidades.

“Despertar a alegria e o prazer é fundamental.“

Orientações práticas: 

1- Sono da noite: evite estímulos duas horas antes de dormir e vá para cama sem material de trabalho, televisão ou discussões. O sono é fundamental para restabelecer as taxas de hormônios  e neurotransmissores do corpo. Faça  peguntas: a) Acordo sempre cansado? b) Nunca sonho ou não lembro dos sonhos? c) Dizem que ronco ou acordo com meu próprio ronco? Se algumas dessas perguntas você respondeu afirmativo, pode saber que não tem sono de qualidade.

2- Sono do dia: realize sesta de até 20 min. após o almoço. Você pode realizar em casa ou até mesmo no trabalho.

3- Café!!! Não exagere no consumo e evite tomá-lo após as 16h. Ele tem substâncias estimuladoras. Cuide também de sua alimentação.

4- Cuide de sua agenda: a recomendação é que se tenha uma hora por dia para atividades livres e uma hora por dia para atividades físicas. Importante que sejam regulares.

5- Desfrute do tempo livre, sem culpa: leia um livro, assista um filme, curta o ócio.

6- Preste atenção à sua respiração, pense: ” Como estou respirando?” A respiração é vital e essencial para evitar o estresse ou para sair dele. Exercite sua respiração diariamente.

7- Prática de Yoga, relaxamento e meditação: são técnicas fundamentais para redução de hormônios relacionados ao estresse e a melhora e estabilidade do afeto e do humor.

8- Cuide de seu pensamento: preste atenção em como você pensa –   positivo ou negativamente?

9- E o celular!!?? não poderia deixar de relacionar aqui. Como você tem usado? Fique atento a necessidade deste aparelho. Em momentos de cuidados, como refeição, banho, dormir, desligue-se dele. Deixe a curiosidade de lado: Quem será? Qual será a mensagem? Será que alguém quer falar comigo? O que será que está ocorrendo? Neste momento quando você confere o que houve, a sensação prazerosa passa, mas o estresse  e a ansiedade não. Fique atento a esse comportamento. Ele é mais uma forma de deixar sua mente em “estado de alerta”.

10- Procure um profissional: se perceber sozinho não tem conseguido encontrar a melhor maneira de se integrar a você mesmo.  Não adie mais!!! Coragem!!

O relaxamento muscular e o controle da mente deixam o corpo apto para lidar com as adversidades. O desligamento dos agentes estressores é fundamental para restabelecer o equilíbrio e permitir que as emoções se acalmem.

E você como tem reagido diante dos agentes estressores? O que tem escolhido fazer para evitar o estresse e viver com mais qualidade? O que você pode fazer hoje para equilibrar seu estilo de vida?

Desejo uma saudável avaliação e sucesso nas suas ações para que alcance da melhor forma para manter qualidade de vida.

Fonte: Daiane Silveira